Home / Sociedade / Cultura / Novo grupo de teatro amador nasce em Silves

Novo grupo de teatro amador nasce em Silves

“Maria…Maria como as outras” é o nome do primeiro trabalho do novo grupo de teatro recentemente constituído em Silves, “Os Indefinidos”.
A sua primeira apresentação pública aconteceu na 4ª edição do evento “Palco Aberto”, no Teatro Lethes, no dia 31 de março.
O Terra Ruiva falou com Aurora Silva, uma das mentoras deste projeto, que explicou a origem e percurso do mesmo. Segundo nos contou, os membros do grupo de teatro conheceram-se em outubro de 2016, em workshops realizados pela Companhia Al- Teatro, em Silves. Desse trabalho resultou o espetáculo “Oxalá”, apresentado no verão de 2017, na Casa da Cultura, em Silves.
Mais tarde, no inverno de 2017, seriam retomados os workshops de teatro com a companhia Al- Teatro, “mas fomos abandonados pela mesma, no início de 2018, quando já estávamos a iniciar o ensaio de uma peça que nos foi proposta pela referida companhia de teatro. Após aguardarmos uma explicação que não veio, achámos que nós próprios deveríamos dar continuidade ao nosso sonho enquanto grupo de teatro amador. Intitulamo-nos “Os Indefinidos”.
“Contra ventos e marés”, o grupo foi sempre reunindo onde podia, desenvolvendo trabalho, que resultou num convite para fazer animação de rua no Mercado Fora d’Horas, iniciativa da Junta de Freguesia de Silves, no verão de 2018.
“Para tal, ensaiámos na rua, em bares, em mesas de restaurantes com maqueta da planta do mercado feita em papel sendo as personagens tampas de garrafa de água. Mas não desistimos. Fizemos as nossas atuações e a nossa paixão por todas as artes cénicas ainda ficou mais acirrada. Prometemos não desistir e começámos a pensar seriamente em nos organizarmos como associação.”
Do pensamento passou-se para a ação e juntando “um grupo de cidadãos de várias artes e com várias apetências” formou-se, a 6 de março de 2019, a “Resmalhar”, Associação Cultural para a Sustentabilidade Local, que tem um projeto muito amplo de intervenção, além do teatro. Foi eleita para presidente da Direção, a designer silvense, Alexandra Santos e José Paulo Vieira como presidente da Assembleia Geral.

Os Indefinidos

Entretanto, até chegar ao espetáculo no Teatro Lethes, Os Indefinidos passaram por um percurso, no qual têm sido acompanhados por Víctor Pires, encenador e ator com 32 anos de experiência no extinto Teatro d’O Semeador, de Portalegre. Para o seu primeiro trabalho escolheram fazer uma adaptação da peça “A Verdadeira História de Andreia Belchior”, de Fernando Rebelo, que é co-fundador da Oficina de Teatro de Almada e trabalha com o Teatro Extremo.
Ao seu trabalho deram o nome de “Maria… Maria como as outras”… Maria é o nome próprio da personagem/mulher, que como tantas outras, propõe ao público uma viagem pela sua vida. “Maria é, ou pode ser a nível imagénico um espelho onde todos nos poderemos rever, ver ou dizermos um uníssono,“NÃOOOOOOO!”
Trata-se de uma peça pensada para adolescentes e não só, um trabalho que o grupo pretende depois divulgar por todo o concelho.
Fazem parte deste grupo de teatro amador: Ana Clara Agapito, Ana Correia, Diana Marques, Fátima Inácio, José Paulo Vieira, Luís Reis, Patrícia Domingues e Aurora Silva.

Veja Também

Sean Riley em concerto em Silves

Já estão à venda os bilhetes para a próxima sessão do Lado B, evento organizado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *