Home / Sociedade / História & Património

História & Património

Geoparque Algarensis Loulé-Silves-Albufeira já prepara candidatura à UNESCO

Teve lugar no dia 2 de dezembro, na Câmara Municipal de Loulé, a cerimónia de assinatura do protocolo de colaboração celebrado entre os municípios de Loulé, Silves e Albufeira e a Universidade do Algarve / Centro de Investigação Marinha e Ambiental, no âmbito da elaboração e realização do processo de candidatura a Geoparque Mundial da UNESCO – Geoparque Algarvensis Loulé-Silves-Albufeira. Já no dia 7 de dezembro, o projeto foi apresentado publicamente em Loulé, na conferência “Geoparque Algarvensis, desafios e oportunidades”, na qual participaram os presidentes dos municípios envolvidos, bem como os oradores convidados: Artur Sá (coordenador da Cátedra UNESCO em …

Ler Mais »

Memórias Breves (20)- De Demócrito ao Século XXI

TEMOS um percurso muito longo e variado desde o Grego Demócrito, um estudioso da Democracia, um filósofo da política, considerado “O Pai da Ciência Moderna”, que vem da antiguidade grega, antes da era cristã. Não vamos a estudos prolongados, numa pequena memória que vem de 420 A.C. Avancemos muito mais próximo do nosso tempo. Fiquemos na Revolução Francesa de 14/07/1789. É um marco, um início da idade contemporânea, em que a Europa cria esperanças e reserva ódios. É o tempo da família real portuguesa se auto exilar para a América do Sul- Brasil – nessa continuidade em preservar o absolutismo, …

Ler Mais »

O cemitério de S. B. de Messines, um olhar pela sua história ou o calvário de sucessivos autarcas!

O dia 2 de novembro é consagrado pela Igreja Católica, desde o século XIII, aos fiéis defuntos, sendo também conhecido por Dia de Finados. Nesta altura do ano, por todo o mundo Católico, os cemitérios enchem-se de pessoas que para ali convergem com o objetivo de honrar a memória dos seus antepassados. Na verdade, inicialmente essa homenagem não ocorria nos cemitérios, até porque eles são, entre nós, uma realidade «recente», com pouco mais de 200 anos. O primeiro construído no Algarve foi o de Vila Real de Santo António, em 1776, aquando a fundação daquela vila que, recorde-se, nasceu planeada …

Ler Mais »

Exposição sobre combatentes em Tunes

A Junta de Freguesia de Tunes acolhe a exposição itinerante que tem vindo a dar a conhecer, por todas as freguesias, os silvenses que participaram na I Grande Guerra e que, fazendo parte do Corpo Expedicionário Português (CEP), foram mobilizados para França. A mostra estará patente ao público até dia 30 de novembro, nos dias úteis. Uma listagem dividida pelas freguesias, onde consta o nome do combatente, posto e serviço que desempenhou, a data de embarque e desembarque em Lisboa e observações, como se recebeu louvores, se foi medalhado e condecorado, se foi ferido, se participou na Batalha de La …

Ler Mais »

III Jornadas da Rede de Museus do Algarve discute “Entre Passado e Futuro onde ficam os Museus?”

“Entre Passado e Futuro onde ficam os Museus?”, será o tema das III Jornadas da RMA-Rede de Museus do Algarve, que este ano terão lugar no Auditório Municipal de Albufeira, no dia 18 de Novembro e nas quais se procurará debater o lugar e a responsabilidade dos museus enquanto instituições, onde o seu PRESENTE se revela através de uma permanente, intemporal e dinâmica relação cultural, científica e social, entre PASSADO e FUTURO. “Pretende-se refletir sobre a necessidade de uma nova política e ação museológica, que simultaneamente se posicione entre a salvaguarda, valorização e comunicação da diversidade de coleções e tipologias …

Ler Mais »

No Dia de Todos os Santos, quando as crianças corriam as casas da vizinhança

O Rancho Folclórico de São Bartolomeu de Messines publicou hoje este texto, lembrando o dia que se comemora e como era vivida essa tradição. Por ser importante não esquecer a nossa tradição, aqui se reproduz, com a devida vénia, a publicação do rancho messinense:   Hoje é dia de Todos os Santos, dia em que as crianças corriam as casas da vizinhança e pediam: “Bolinhos e bolinhos Para mim e para vós, Para dar aos finados Qu’estão mortos, enterrados, À porta da bela cruz Truz! Truz! Truz! A senhora que está lá dentro Assentada num banquinho. Faz favor de s’alevantar …

Ler Mais »

Memórias Breves (19) “La Crosse et le bâton”

Bruno Leal, Doutor em História, é um jovem luso-francês, professor na Universidade de la Rochelle-França. Em 2004 publicou a tese sobre a Inquisição no reino do Algarve, 1630- 1750. Um estudo raro na nossa História político-religiosa, que foi editado, em apoio, pelo Centro Cultural- Calouste Gulbenkian. Bruno veio ao Algarve para o seu fim: Estudar a Inquisição no Algarve. Visitou, desde o Arquivo do Paço Episcopal de Faro, Anais do Município de Faro, livros sobre a temática de pouco conteúdo, numa busca “escondida” pelos séculos, no que teve  de informativo, nessa necessidade para concluir o seu longo estudo de  595 …

Ler Mais »

Centenário da Escola Secundária de Silves- Breve resumo histórico

Em Silves, no edifício da Câmara, esteve patente, no mês de setembro, a Exposição do Arquivo Municipal com o tema “Centenário da Escola Industrial e Comercial, atual Secundária de Silves.”. Como habitualmente, o Terra Ruiva publica um resumo do texto relativo a esta exposição do Arquivo Municipal de Silves. A versão integral, com o texto e as imagens, está disponível aqui:Expo_DM_setembro_2019 Em outubro e novembro, a exposição nos Paços do Concelho tem como tema “A Escola Industrial e Comercial, atual Secundária de Silves, Cem anos em recortes de jornais”. Centenário da Escola Industrial e Comercial, atual Secundária de Silves. Breve …

Ler Mais »

Rota das Ermidas e Nova Sinalética para o Património

No âmbito das Jornadas Europeias do Património, que também se comemoraram em Silves, a autarquia apresentou publicamente o projeto para a Rota das Ermidas e a nova sinalética informativa colocada nos monumentos nacionais existentes no concelho. A apresentação do projeto da Rota das Ermidas aconteceu no dia 27 de setembro, no Museu Municipal de Arqueologia de Silves. A intervenção principal esteve a cargo do técnico do Município, Jorge Correia, que falou dos objetivo de criação desta rota, que parte da evidência do território do concelho ser “herdeiro de uma vasta e rica história e de um valioso património religioso, ligado …

Ler Mais »

Messines honrou a N. Sr.ª da Saúde com a imagem recuperada

As festividades em honra de Nossa Senhora da Saúde, há vários anos a principal cerimónia religiosa de São Bartolomeu de Messines, ficaram este ano marcadas pela particularidade da imagem religiosa ter sido apresentada, pela primeira vez, após a intervenção de que foi alvo, com o objetivo de recuperar parte da magnitude artística da obra. A imagem de Nossa Senhora da Saúde é uma extraordinária escultura de vulto perfeito, de madeira policromada, de tamanho próximo do natural, da segunda metade do século XVIII ou mesmo anterior. Terá sido, provavelmente, encomendada em Lisboa, ao famoso escultor Joaquim Machado de Castro. Recorde-se que …

Ler Mais »