Home / Opinião

Opinião

De predador a perdedor

Homem do sexo masculino é predador. E de predador a perdedor vai um passinho. Suave ou abrupto. Longo ou curto. Acontece. Sempre. Não o deseja. Nem acredita na mudança. Almerindo, assim que lhe despontou o buço, começou a ser notado. Bonitinho. Espigado. Pérolas magnéticas nos olhos. Era desejado. Ou assim se sentia. Com 15 anos, chegou às primícias da carne. Não como o seu pai, já que os tempos eram outros. Papá foi, pela mão do avô, franquear a porta da casa de meninas da rua do Carapeto. Era o costume. Iniciação rápida. Profissional. Papá entrou petiz. Saiu, minutos depois, …

Ler Mais »

Marés e orçamentos

Se há período com animação no Parlamento, é aquando da negociação do Orçamento do Estado, o documento que define a vida financeira do país nos próximos 12 meses. Debatem-se alternativas, apresentam-se propostas, vociferam-se recusas, aplaudem-se moções. É a democracia através da negociação das diferentes propostas em prol da aprovação do orçamento. Pelo menos deveria ser; o que se tem assistido nos anos mais recentes, de sobremaneira, é um animal algo diferente dos demais. As primeiras propostas a serem apresentadas no hemiciclo foram, à falta de palavra melhor, absolutamente absurdas. Desde reduções de taxas de IRC para 8% até à criação …

Ler Mais »

Poderes

Num sistema democrático, tão relevante é quem governa, como a oposição. Uns e outros devem pautar a sua ação pelo sentido do dever público, exercendo as funções com competência e conhecimento dos dossiers, atuando com responsabilidade e credibilidade, ética e bom senso, mantendo o respeito mútuo, fazendo prevalecer, fundamentalmente, os interesses das comunidades e das populações. Em democracia é salutar a divergência de opinião, o confronto de orientações políticas e conceções ideológicas, revelando-se a oposição absolutamente necessária, enquanto força de pressão que critica com fundamento e impede o adormecimento e as práticas rotineiras de quem governa. Entre poder e oposição …

Ler Mais »

Nós Mastigamos Fome

O homem da bicicleta, sentado no paredão, olha para os barcos ou simplesmente para o vazio. Tudo em frente é oriente. Nas suas costas carrega África, desde esta linha fronteira entre a cidade de Maputo e o mar, o Oceano Índico (estive em Maputo, capital de Moçambique, antiga Lourenço Marques). O homem recorda as histórias do seu avô, da segregação de Mafalala (bairro de lata onde nasceu o Eusébio), que para trabalhar no porto ou nos caminhos de ferro tinha um salvo conduto para cruzar a fronteira entre o seu bairro de madeira e zinco (nas nádegas dos zincos, nas …

Ler Mais »

De costas para ti

Amo-te. Deixa-me estar frente a ti. A repousar meus olhos. Tua boniteza atrai-me. Desde sempre. Intimidas-me. És grande. E frio. Raro me dás um afago morno. Por estes dias, não me atrevo a descer até ti. Tens bramidos que parecem vir do fundo da alma de homens malvados. Sacolejas-te muito. Enfureces-te, não raro. Teus perdigotos salpicam-me o rosto. Perturbas-me. Quando te olho, enterneço-me. Nada vejo para além de ti. A não ser a ténue linha ao fundo. A do teu silêncio. Onde te dobras. Finges desaparecer. E continuas mais além. Onde imagino que te não deixas prender. Fazes parte de …

Ler Mais »

A pobreza do Natal

Ah, o Natal. A época festiva que reúne famílias à mesa para repastos bem regados e guarnecidos com peru, bacalhau, polvo ou lá o que é costume comer nesta época do ano. A celebração natalícia evoca a família, a gratidão pelo que temos e também a solidariedade para com outrem. O espírito natalício apela à solidariedade para com os menos afortunados, tal e qual como mandam os preceitos cristãos. Não obstante considerar que a solidariedade para com os outros deva ser um valor praticado durante todo o ano, e não só durante a quadra natalícia, creio que seja importante haver …

Ler Mais »

Contratempos orçamentais

O orçamento do Município de Silves para o próximo ano é portador de enorme ambição, da parte da liderança autárquica de maioria CDU que governa o concelho desde 2014, tanto na razão direta dos seus valores globais como fundamentalmente em matéria de investimento, cujo volume de execução em última análise determina o nível de qualidade da gestão municipal. Com efeito, o valor geral previsto ascende a cerca de 51 milhões de euros, enquanto que o investimento rondará os 19 milhões de euros, correspondendo nas duas componentes a um crescimento de 4 milhões de euros, se comparado com o ano transato. …

Ler Mais »

Síndrome do riso

Gosto da estética cinematográfica dos subúrbios mal iluminados, com prédios degradados e degradantes, com amontoados de lixo pelas ruas, com pichagens nas paredes, montras, transportes públicos, tudo está esteticamente pensado, no lugar certo, no grande plano da tela do cinema. O metro circula numa direção solitária, rasgando a cidade cinzenta de arranha céus, o autocarro transporta gente amargurada, preocupada com a sobrevivência diária, as ruas são a origem e o fim de tudo. Tudo começa nas ruas, tudo acaba nas ruas. É neste ambiente de exaltação da degradação urbana que acontece o filme Joker, de Todd Phillips, que conta com …

Ler Mais »

Cãogalhão

Um cão é um cão e a sua circunstância. A circunstância do cão é o cãogalhão. Ortega y Gasset, antropocêntrico, só viu que “o homem é o homem e a sua circunstância”. Nunca pisou a circunstância do cão. Cãogalhão. Objecto urbano salutar. Obus, portanto. Não voa. Só desliza e aterra. Decora calçadas, jardins, terraços. Até dentro de um lar doce lar é plantado. Aqui, os donos resignam-se. Até à plantação seguinte. À volta de um cãogalhão, há sempre um charco fragrante. O charco seca. A fragrância mantém-se. É a persistência idiossincrática lusa do cãogalhão. O cãogalhão é obstinado. Transmuta-se. Volta …

Ler Mais »

Coesão Territorial? É matéria de opinião!

Recentemente foram anunciadas obras de requalificação do troço do IC1 que liga São Marcos da Serra a São Bartolomeu de Messines, com o objetivo, expresso pelas Infraestruturas de Portugal IP, de reforçar “as condições de segurança e circulação do IC1”. As obras incidirão sobre a reabilitação do pavimento, e sobre a melhoria da sinalização existente, do sistema de drenagem e contenção. Numa outra notícia recente foram anunciadas obras de substituição das condutas de água e esgoto na “Ponte Romana” da cidade de Silves que, igualmente, permitirão obras muito necessitadas de restauro no monumento. Para finalizar, foi finalmente inaugurado o Parque …

Ler Mais »