Home / Opinião

Opinião

Metropolitano de Silves

Nestes últimos meses, levantei-me cinco vezes, quase de madrugada, às sete da manhã, para ir para a porta do Registo Civil. A primeira vez foi para renovar o passaporte, a segunda para levantar o passaporte, a terceira foi para renovar o cartão de cidadão (ou de cidadania, para os/as mais inclusivos/inclusivas). Na quarta vez, segunda-feira de carnaval, deparei-me com a porta fechada, apesar da presença de um conjunto de resistentes, na esperança de resolverem os seus afazeres, com um anúncio de greve, em letras bem visíveis. Qual é a credibilidade do movimento sindical que só marca greves às sextas-feiras ou …

Ler Mais »

João de Deus 190 anos

Mais uma volta redonda no calendário da eternidade de João de Deus. Regressa, como sempre, pela cauda do Inverno. Celebram-se 190 anos sobre o seu nascimento. Está bem vivo. Muitos reparam. Outros, nem por isso. Podiam procurá-lo. Passar lá por casa. Entrar na sua intimidade. Conhecê-lo melhor. Merece. 1815. São Bartolomeu de Messines. Isabel Gertrudes, da Amorosa, e Pedro José, de Alcantarilha, aqui encalham. Não tarda, celebram casório. Amores firmados, filharada a rodos. Concebem uma dúzia. Perdem um terço. João de Deus, nascido a 8 de Março, recebe o nome do irmão mais velho, falecido pouco depois do nascimento. Dar …

Ler Mais »

A lama no centro da discussão

Todas as vilas e cidades têm assuntos em que se ciclicamente retornam à superfície do debate publico. Para a cidade de Silves, esse assunto é o desassoreamento do Rio Arade, que aparentemente já anda a ser discutido há cerca de um século; em São Bartolomeu de Messines, e embora esteja a ser discutido “apenas” há uma década, é a implantação da Central de Tratamento das Lamas. A Central de Tratamento de Lamas começou a ser discutida no longínquo ano de 2008, quando o projeto foi alvo de desenvolvimento por parte da empresa Biosolum, e que foi alvo de aprovação camarária …

Ler Mais »

Contas Certas

O conceito de contas certas quando aplicado às contas públicas, designadamente ao Orçamento de Estado, pode proporcionar leituras e ilações completamente opostas, atento os pressupostos, as medidas e as políticas que lhe estão subjacentes. Sendo racional e sensato numa boa gestão atingir o equilíbrio orçamental, garantindo a cobertura da despesa pela receita, evitando derrapagens e o crescimento do endividamento, também é fundamental saber como lá se conseguiu chegar, se foi por via do corte cego da despesa, das cativações e redução do investimento público, do aumento de impostos ou do sacrifício do serviço público em áreas como a saúde e …

Ler Mais »

Retratos

Habituei-me a ver na parede de casa, uma fotografia antiga da minha mãe e da minha tia Elvira, aquelas fotos só com o busto das duas mulheres, mas não tinha ideia de que a referida foto era mais velha do que eu. Nascemos no mesmo ano, mil novecentos e sessenta e dois, mas certamente em meses diferentes e ela, a fotografia, nasceu primeiro, pois eu nasci quase no final desse ano. Esta foto, de duas das irmãs, associei-a a uma outra foto, minha e do meu irmão mais velho, naturalmente mais recente, mas ainda assim bastante antiga, provavelmente eu teria …

Ler Mais »

Ronaldinhos

Cristiano Ronaldo fez 35 anos. Até poderia fazer menos. O vigor não seria menor. Surpreende? Claro. Ronaldo é um rico atleta. E um atleta rico. Muito rico. Modelo para menino que se preze, na parte do rico atleta. Na parte do atleta rico, é mais exemplo para pai de menino. O currículo de Ronaldo impressiona. Não vale a pena esmiuçá-lo. Toda a gente o conhece. O pai do menino, melhor do que ninguém. E o menino também. A parte do currículo que interessa ao menino é boa. Espevita-lhe os sonhos no silêncio da noite. Estádios a abarrotar. Vê-se em fintas …

Ler Mais »

Trabalhar no interior

O Governo lançou muito recentemente a iniciativa “Trabalhar no interior”, que consiste numa série de medidas de incentivo à mobilidade geográfica de trabalhadores para o território do Interior. O incentivo mais visível e destacado é o apoio de até 4827 euros para trabalhadores que empreendam a mudança para o território do interior. São igualmente previstos majorações nas comparticipações dos estágios do IEFP nesses territórios e está prometida a abertura de 13 novos Centros de formação para adultos. Foram apresentados planos para um programa de habitação acessível no interior e um leque de incentivos de fundos comunitários, especialmente desenhados para a …

Ler Mais »

Perplexidades

Sempre causou espanto a ligeireza ou mesmo desfaçatez a habilidade como alguns protagonistas e forças políticas na região, para não estender a análise do fenómeno ao todo nacional, se descartam da gestão autárquica dos seus antecessores, com a mesma filiação partidária, sacudindo para trás das costas responsabilidades que são únicas e coletivas do grupo que não deixaram de integrar, apresentando-se à opinião pública como nada tendo a ver com o desempenho do período transato. O mote da conversa foi despoletado por afirmações vindas a público oriundas da liderança do Município de Vila Real de Santo António que se queixa da …

Ler Mais »

Laçarotes

Finda a época festiva, mas ainda a tempo de vos desejar um excelente ano de dois mil e vinte, interrogo-me sobre o valor da riqueza, particularmente sobre o índice do produto interno bruto, aquele valor que indica o quanto rico é um país. Claro que estou a reduzir um país à sua dimensão económica, o que é uma forma simplificadora de entender uma nação e um povo. A cultura, a natureza, a vida, a política, a felicidade, são outros fatores do entendimento do que é um país. Um país é uma complexidade de tudo, incluindo a economia, o social, o …

Ler Mais »

O novo Parque de Feiras em Messines – Oportunidade perdida?

A 27 de outubro do ano passado centenas de messinenses saíram à rua para assistir à inauguração do parque de feiras e exposições da vila. Não era para menos, desde a difícil expropriação dos terrenos pela Câmara de Silves, aí por 1997, que a expetativa existia. Todavia, somente nos últimos anos a obra arrancou, culminando no passado dia 23 de dezembro com a realização do primeiro mercado no novo recinto. Os mercados mensais ou as feiras anuais da freguesia têm, desde há muitos anos, larga afluência. Em 1909 escrevia Athaíde Oliveira na sua «Monographia de S. Bartolomeu de Messines»: «como …

Ler Mais »