Home / Helena Pinto

Helena Pinto

Psicóloga Clínica e Psicoterapeuta Formadora da Ordem dos Psicólogos Portugueses (Situação profissional dos Psicólogos; Ética e Deontologia, Intervenção em Situação de Emergência e catástrofe) e Membro do Conselho de Representantes da Ordem dos Psicólogos Portugueses. Consultora da área da Gestão de Carreira

Livro da Vida, Episódio VII – Emoções e Sentimentos

Com a chegada do verão as emoções agradáveis ganham mais força, como se o calor do sol lhes desse uma nova energia. A emoção é uma resposta do nosso organismo diante de um estímulo externo. São as emoções que permitem que uma pessoa reaja de uma determinada forma diante de algum acontecimento, de maneira muito pessoal, pois elas podem ser sentidas de formas diferentes por cada pessoa. As emoções são a base do comportamento humano, por isso cuidar bem do nosso estado emocional é o princípio básico para que cada episódio da nossa vida seja maioritariamente equilibrado. A etimologia da …

Ler Mais »

Livro da Vida – Episódio V – Realização Pessoal e Profissional

Maio inicia-se com o Dia do Trabalhador, dia em que se festeja o trabalho, o direito ao emprego com justa retribuição e idealmente com sentimento de realização profissional. Idealmente, porque infelizmente nem todos conseguimos trabalhar no que mais nos realiza e faz felizes, no que mais nos permite manter o equilíbrio entre vida profissional e vida pessoal. Pode não parecer fácil alcançar a realização pessoal e profissional mas ela depende, essencialmente, de nós mesmos, das escolhas que fazemos ao longo da vida, da forma como pensamos, sentimos e agimos a cada momento. A autorrealização não é ponto de chegada, mas …

Ler Mais »

Livro da Vida… Episódio IV – Liberdade e Democracia!

Abril é mês de comemoração da Liberdade e da Democracia. Estes são dois pilares fundamentais da nossa sustentação individual e social, garantindo os direitos básicos que nos permitem escolher os trajectos de vida que consideramos melhores, assumindo a responsabilidade individual face às consequências dessas escolhas. “A igualdade de oportunidades para homens e mulheres é um princípio essencial da democracia. Você é livre para fazer suas escolhas, mas é prisioneiro das consequências; Somos o que fazemos, mas somos principalmente o que fazemos para mudar o que somos. A experiência não é o que acontece com o homem: é o que o …

Ler Mais »

Livro da Vida… Capítulo 2018 – Episódio II

Com a chegada de Janeiro, primeiro mês do ano, abriu-se a primeira página deste novo capítulo – Episódio I. Deixei aos leitores a sugestão de o iniciar dedicando algum tempo à reflexão, fazendo o exercício de ler o seu livro para si próprio, numa viagem interna, por forma a apreciar as páginas escritas até ai. Nesta perspetiva, desenvolvemos um processo de aprendizagem, refletindo de forma genuína, sobre os bons e maus momentos, para assim podermos escrever novas páginas, partindo de um processo de transformação interna que promova uma atitude proactiva, por forma a sermos escritores e atores da nossa própria …

Ler Mais »

Um novo capítulo no Livro da Vida…

Com a chegada do Novo Ano, o Livro da Vida que vamos escrevendo em cada ano, inicia um novo capítulo cheio de páginas em branco. Um novo início, um novo recomeço. Tudo é colocado nas nossas mãos, para que em cada página em branco possamos escrever o que quisermos. Quando cada ano começa ele é todo nosso, a maioria das coisas vão depender das nossas atitudes, decisões e opções. Abriu-se a primeira página! Hoje dia 1 de janeiro, à hora a que partilho com os leitores estes pensamentos, já não podemos escrever mais nada, já não podemos alterar nada, pois …

Ler Mais »

Feliz Natal e Feliz Ano Novo

É Natal, é tempo de família, de partilha, é tempo de gestos mais solidários. No Natal renasce a esperança, renasce a nossa crença de que o mundo pode ser um lugar melhor, regressamos a casa, à essência de nós mesmos, voltamos a sonhar e a acreditar como em criança (mesmo que seja a brincar) no Pai Natal. Mas com o Natal vem a correria, as compras, o consumo, tantas vezes excessivo. Em vez de amor, dão-se cada vez mais bens materiais e no seu valor tenta-se criar a diferenciação. Mas o verdadeiro Natal não é esse. O verdadeiro Natal chega …

Ler Mais »

Optar e decidir

Caros leitores, após o término de um período em que cada um teve oportunidade de fazer as suas opções, no que concerne à escolha face aos destinos da sua terra e do seu concelho, um novo período se inicia. É agora mais uma vez tempo para optar, mas também para decidir e agir! Mais uma vez cabe a cada um optar por manter-se à margem para ver o que acontece, ou simplesmente criticar, ou poder envolver-se e agir, participando nas decisões da vida comunitária e fazer parte do processo construtivo do presente e futuro próximo das suas terras, contribuindo com …

Ler Mais »

Cidadania, Responsabilidade e Compromisso

Esta é uma edição muito dedicada ao ato eleitoral do qual acabamos de sair, por isso gostaria de partilhar com os leitores, algumas ideias e reflexões sobre a importância do mesmo e suas implicações. Como Presidente de uma das mesas eleitorais de Messines, foi com agrado que ao longo do dia fui assistindo a uma crescente participação dos eleitores na minha mesa. Apesar da percentagem de abstenção em cada ato eleitoral ainda ser demasiado grande, nesta freguesia ficou nos 43.30% e também no concelho ficou abaixo dos 50%. Isto significa que as pessoas se envolvem mais quando sentem a mudança …

Ler Mais »

Resiliência

Caro leitor, permita que lhe pergunte: O que faz quando se depara com um problema? Foge, chora ou enfrenta? Dependendo da sua resposta, podemos afirmar se é ou não uma pessoa resiliente. Mas afinal, o que é a resiliência? A resiliência é a capacidade humana de superar as adversidades, transformando os momentos difíceis em oportunidades para aprender, crescer e mudar. As pessoas resilientes conseguem não apenas amadurecer emocionalmente, como também ficam mais fortes depois de ultrapassada a fase negativa. Os comportamentos resilientes contribuem para lidar com situações de desgaste e encontrar equilíbrio em momentos de adversidade na vida. Perante uma …

Ler Mais »

A arte da mudança

Caros leitores, acabámos de deixar o mês de Abril, mês que nos recordou a grande mudança que aconteceu com a revolução do 25 de Abril de 1974, que transformou a vida de Portugal. A partir deste acontecimento deram-se mudanças em diferentes sentidos, permitindo o início de um processo de descoberta e crescimento enquanto pessoas, enquanto sociedade, enquanto país, redescobrindo a nossa própria identidade como povo. Mas as mudanças são fáceis ou difíceis? A mente pode mudar? O ser humano é um animal de hábitos, como tal é-lhe difícil desistir do caminho que está habituado a percorrer e que, mesmo que …

Ler Mais »