Home / Helena Pinto

Helena Pinto

Psicóloga Clínica e Psicoterapeuta Formadora da Ordem dos Psicólogos Portugueses (Situação profissional dos Psicólogos; Ética e Deontologia, Intervenção em Situação de Emergência e catástrofe) e Membro do Conselho de Representantes da Ordem dos Psicólogos Portugueses. Consultora da área da Gestão de Carreira

Educação… a base do desenvolvimento

Passado o mês de março e as comemorações do 190º aniversário de João de Deus, poeta lírico e exemplar pedagogo, considerado à época o primeiro do seu tempo, é bom falarmos de educação. O direito à educação foi uma das grandes preocupações deste homem, grande defensor da instrução pública popular, que assumiu a missão de erradicar o analfabetismo e dar a todos pelo menos as ferramentas básicas do saber ler e escrever. Consciente das dificuldades e diferenças individuais no processo de aprendizagem cria um método simplificado de ensino a Cartilha Maternal, para que a todos fosse fácil aprender, sublinhando que …

Ler Mais »

Lidar com as adversidades

Caros leitores permitam-me que partilhe convosco uma pequena história que partilharam comigo e que nos leva a algumas reflexões importantes sobre um tema tão presente nas nossas vidas – as adversidades. A vida é feita de momentos bons e menos bons, ambos devem ser considerados momentos de aprendizagem, promotores do desenvolvimento pessoal no caminho de transformação que nos torna melhores pessoas. “Certo dia, o filho contou ao pai como a sua vida era difícil e que por vezes, sentia vontade de desistir, estava cansado de estar permanentemente a lutar. Quando um problema parecia estar resolvido, surgia de imediato outro para …

Ler Mais »

Viver e fazer Hoje!

Na entrada de um novo ano fazem-se votos de que seja pleno de coisas boas e dificuldades superadas. Contudo, o ano não vai mudar se não mudarmos. As promessas feitas no seu início vão cair por terra e no final de mais doze meses estaremos de novo a dizer que neste novo ano é que vai ser, que até aqui não foi possível porque choveu, ou fez sol, ou por isto ou por aquilo… Talvez o caminho seja iniciarmos o ano focando nas coisas que reconhecemos terem valor na nossa vida, tendo a noção de que a vida não é …

Ler Mais »

Dezembro, mês de repensar a família

Dezembro, é mês de Natal e esse facto leva-nos de reencontro à família. Os que estão longe regressam, sempre que possível, ao lar de origem, os que estão por cá preparam a noite de consoada para receber quem chega. Estão, assim, criadas as condições para repensarmos as nossas relações familiares e fortificar as raízes, ultrapassando diferenças e mágoas, originadas pelas opções se foram fazendo ao longo dos caminhos da vida. Somos o resultado das opções que fazemos, pelo que podemos sempre mudar de rumo, no que depende exclusivamente de nós, quando este não nos leva a um espaço de felicidade …

Ler Mais »

Outono… Estação de transformação

Retomando o tema do outono, enquanto símbolo de mudança e renovação, de que simbolicamente falámos na edição do mês passado, gostaria de partilhar com os leitores mais algumas ideias. A queda das folhas no outono origina um despir das árvores, mas simultaneamente “veste” as ruas e campos com uma passadeira dourada, transformando os caminhos. Esta passadeira de cores outonais, como que convida a seguir em frente, sem medo, mas deixando o que é velho e já não faz sentido continuar nas nossas vidas. A beleza dos processos de transformação é essa mesma, aproveitar os ensinamentos do caminho já percorrido, levando …

Ler Mais »

Estações do ano… Estações da vida!

Com o outono a dar os seus primeiros sinais, preparamo-nos para uma nova estação. Cada nova estação tem a sua beleza, com uma paleta de cores muito própria, onde se descobrem harmonias, memórias, vidas. Caem as folhas velhas para que tudo se renove na primavera com mais força e vitalidade. Este despertar do outono, trouxe-me à memória um poema de Maria Aparecida Giacomini Dóro, que gostaria de partilhar com os leitores, recordando que é preciso deixar cair as “folhas” velhas para que as novas estações da vida possam ser vividas em pleno. OUTONO… Tão real! Existencial… Caem as folhas, ficam …

Ler Mais »

Educar com sentido para a vida!

Em plena reentre do novo ano letivo, ultimam-se os preparativos para que as aulas se iniciem com tudo organizado. A expetativa do reencontro com os colegas, a curiosidade sobre quem serão os professores, as memórias de umas férias, que parecem sempre curtas, junta-se a um misto de alegria e nostalgia. Será que para lá dos materiais, estamos com tudo o resto preparado? Como está a motivação de pais, filhos e professores para com a escola? A vida difícil dos Professores, traz curiosidade e expetativa, pois muitos partem para uma nova escola, uma nova região, resignação a quem queria ficar mais …

Ler Mais »

Tempo de férias

Em tempo de férias para a maioria, recuperam-se energias e idealmente reduz-se o ritmo dos dias. Acostumamo-nos a viver no ritmo da sociedade e esquecemo-nos de que ainda há muita coisa para conhecer. Paramos de prestar atenção ao redor e acabamos por perder muitas coisas boas que a vida coloca no nosso caminho. Porque correm tanto as pessoas? Porque precisa tudo de ser tão depressa? Não precisa de ser assim. A vida passa e muitas vezes não demos conta, não percebemos o quanto perdemos no caminho, o quanto nos deixámos dominar pela rotina e não apreciámos as pequenas coisas, o …

Ler Mais »

Brincar é um direito

Na edição deste mês, e tendo em atenção que terminámos maio com a celebração do Dia do Brincar e iniciámos junho com o Dia Mundial da Criança, dedicarei este pequeno espaço à partilha de algumas ideias sobre a importância do brincar. Vivemos num mundo demasiado focalizado no sucesso académico, despejando conteúdos atrás de conteúdos, em aulas que se tornam pouco motivadoras e onde o sentido do que se aprende não encontra muitas vezes reflexo na vida quotidiana. Mas aprender não se faz apenas através da assimilação de conteúdos numa sala de aula, sem espaço para pensar e sem aprender a …

Ler Mais »

A base do sucesso

Na edição deste mês proponho uma reflexão sobre a questão do sucesso. A que está afinal ligado o sucesso? O que precisamos para ser bem-sucedidos? A generalidade das pessoas tem tendência a considerar que para ter sucesso é necessário ser muito inteligente, possuir algum dom /talento ou ser bafejado pela sorte. Contudo, estudos recentes (Dweck, Carol – Universidade de Stanford) apontam para o papel fundamental do reforço positivo, ressaltando as conquitas, avanços e recuos. As pessoas inteligentes, não sentindo o seu trabalho reconhecido, podem desmotivar e deixar cair por terra a sua motivação e vontade de aprender. A pesquisadora referida, …

Ler Mais »