Home / Algarve / Oito espécies de cetáceos avistadas no Algarve em 2016

Oito espécies de cetáceos avistadas no Algarve em 2016

Em 2016, foi possível avistar oito espécies de cetáceos nas águas do Algarve, contabilizadas pela Dream Wave, empresa que se dedica à organização de passeios para observação de cetáceos.
As espécies mais observadas foram o roaz-corvineiro (Tursiops truncatus) e o golfinho-comum (Delphinus delphis). O boto-comum (Phocoena phocoena), espécie presente durante todo o ano, mas de difícil observação devido à sua timidez, o grampo (Grampus griseus) e a orca (Orcinus orca) também foram avistados.

Roaz- Corvineiro ( Foto Dream Wave)
Roaz- Corvineiro ( Foto Dream Wave)

No caso de misticetos, a Dream Wave registou a ocorrência de três espécies, baleia-comum (Balaenoptera physalus), baleia-sardinheira (Balaenoptera borealis) e baleia-anã (Balaenoptera acutorostrata).

Algumas delas, recorde-se, foram avistadas junto à costa de Armação de Pêra.
Nos últimos anos, acrescenta esta empresa, “o interesse público na observação de cetáceos tem crescido de forma significativa nos últimos anos”. Mas este interesse pode ser afetado pela quantidade de lixo e de detritos de origem humana que se encontra no mar, e que afeta particularmente cetáceos, tartarugas e aves marinhas.
Nesse sentido, a Dream Wave preocupa-se para que as tripulações a bordo das embarcações tentem “ cumprir com o seu papel cívico e recolhem a maior parte desse lixo”. Uma atitude que a empresa promete manter em 2017, “com dedicação, profissionalismo e um profundo respeito pelo mar”.

Veja Também

Sindicato da Hotelaria apresenta soluções para a falta de mão-de-obra no Algarve

Perante as queixas que têm vindo a público de empresários de hotelaria sobre a falta …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *