“Crónicas de uma Terra Ruiva” foi apresentado em Messines

O livro “Crónicas de uma Terra Ruiva”, da autoria do nosso colaborador António Eugénio Guerreiro foi apresentado, no dia 1 de outubro, na Sociedade de Instrução e Recreio Messinense, em S. Bartolomeu de Messines.

A apresentação contou com uma intervenção inicial de Tiago Custódio, presidente da Sociedade de Instrução e Recreio Messinense, que agradeceu ao autor a presença no dia em que esta coletividade reabriu o seu espaço de cafetaria e destacou a importância de eventos desta natureza se repetirem nesta casa aberta à cultura.

Tiago Custódio e António Eugénio

Este livro reúne o conjunto de textos de António Eugénio Guerreiro, publicados no jornal Terra Ruiva na década de 2009-2019. “Versando primariamente sobre temas económicos, mas muitas vezes sobre coisas verdadeiramente importantes, esta obra apresenta uma perspetiva sobre os vários acontecimentos e peripécias que se desenrolaram em geografias variáveis: desde a Europa, a Portugal, ao Algarve, ao concelho de Silves e à freguesia de São Bartolomeu de Messines”, explica o autor.
“Dito isto, os artigos de opinião que encontrarão coligidos neste volume dificilmente almejarão corresponder a um ideal ou estética de grandeza. Correspondem, grosso modo, aos devaneios e reflexões de um indivíduo que escreveu formatado e constrangido por uma dimensão geográfica bem definida. Esse espaço geográfico? Portugal, Região do Algarve, Concelho de Silves, a vila de São Bartolomeu de Messines, uma terra ruiva, o substantivo que, incidentalmente é também o nome da publicação onde foram publicados os textos”.
No seu caso, acrescenta o autor, os artigos por si publicados “constituem opiniões e diatribes de um economista que olhou para a realidade com um leque de ferramentas e lentes muito próprias da profissão.”
Quanto à sua participação no jornal Terra Ruiva, desde o ano de 2009, lembrou que começou com um convite do diretor financeiro, Francisco Martins, e que continua, mais de uma década depois… e que se assim prosseguir este talvez tenha sido apenas o primeiro volume de uma coleção, como disse a gracejar.

A diretora do Terra Ruiva, Paula Bravo, com o colaborador António Eugénio

António Eugénio Guerreiro é natural de São Bartolomeu de Messines, nascido em 1983. É licenciado em Economia e Mestre em Marketing pela Faculdade de Economia da Universidade do Algarve, tendo efetuado pós-graduações na área das Finanças Empresariais e da Fiscalidade e dos Sistemas de Informação Geográfica na UAlg e de Avaliação de Ativos Imobiliários no ISEL.
Concluiu a parte curricular do Programa de Doutoramento em Gestão de Inovação e do Território na Universidade do Algarve.
É membro efetivo da Ordem dos Economistas e da Ordem dos Contabilistas Certificados. É Gestor de profissão, com experiência em retalho e imobiliário e interessa-se especialmente por desenvolvimento regional, ordenamento do território, inovação e empreendedorismo. É escritor e colunista ocasional, com vários artigos publicados na imprensa regional e mantém um espaço de opinião num jornal regional.

O livro está disponível nas diversas páginas da Amazon, sendo que, para o público português, é preferível a aquisição na página da Amazon.es. Os interessados podem também contactar o autor.

Veja Também

Voluntários do Banco Alimentar Contra a Fome de regresso às lojas, no próximo fim de semana

No próximo fim de semana, dias 27 e 28 de novembro, a Campanha de Recolha …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *