Resenha das eleições autárquicas no Concelho de Silves – de 1976 a 2017

1976

Rui Silva de Morais

Foi o ano das primeiras eleições autárquicas. Foi eleito como presidente da Câmara Municipal de Silves (CMS) o candidato do PS, Rui Silva de Morais com 39,78% dos votos. A FEPU (atual CDU), conseguiu 26,58%, enquanto o PPD (atual PSD), conseguia 20,84%. A abstenção foi de 35,34%.
O PS venceu em todas as freguesias, exceto em Pêra que foi ganha pela FEPU.

1979

José Viseu

O PS, com 37,39% dos votos, elege José Viseu como presidente da CMS. Os restantes partidos mantém a posição anteriormente alcançada, enquanto a abstenção regista o valor mais baixo de sempre: 26,55%.

1982
O PS continua a vencer a CMS, com José Viseu, com um resultado praticamente igual ao conseguido nas eleições anteriores: 37,93. O mesmo acontece à APU (ex-FEPU e atual CDU), e ao PSD que registam diferenças mínimas.

1985

José Viola

Inverte-se a posição dos três partidos principais, a APU (atual CDU) consegue com José Viola, a sua primeira vitória e conquista a CMS com 42,58%. Segue-se o PSD com 31,04% e o PS com 19,27%.

1989

Francisco Matos

O PS recandidata José Viseu (que viria a falecer a meio do mandato, sendo substituído por Francisco Matos) e recupera a CMS, com 34,44%, uma pequena margem sobre o PCP/PEV (CDU) que alcança 33,05%. O PSD obtém 28,26%.

1993

O PCP/PEV (CDU) alcança de novo a vitória, na CMS, com o ex-presidente José Viola, que consegue 33,90% dos votos. Já o PSD tem 31,39% e o PS 28,17%.
O PS vence nas freguesias de S. Marcos da Serra, SB Messines, Armação de Pêra e Alcantarilha. A CDU vence em Silves e Tunes e o PSD em Pêra e Algoz.

1997

Isabel Soares

O PSD tem a sua primeira vitória na CMS, com Isabel Soares, alcançando 38,22% dos votos, enquanto o PCP/PEV (CDU) fica nos 32% e o PS nos 22,34%.
Nas freguesias, a CDU vence em S. Marcos da Serra, SB Messines e Silves, enquanto o PSD vence em Tunes, Algoz, Pêra, Armação de Pêra e Alcantarilha.

2001

Isabel Soares recandidata-se à presidência da CMS e obtém nova vitória para o PSD, com 42,21%, enquanto a CDU obtém 31,44% e o PS 18,10%. Surge pela primeira vez uma candidatura do Bloco de Esquerda que consegue 1,01%.
Nas freguesias o PSD vence em Algoz, Armação de Pêra, Pêra, SB Messines e Tunes. A CDU vence em Silves e o PS em Alcantarilha e S. Marcos da Serra.

2005

O PSD, com Isabel Soares, conquista a sua terceira vitória e a segunda maioria absoluta, na CMS, com 44,18% dos votos. O PS passa para segundo lugar, com 27,54% e a CDU desce para 19,26%.
Nas freguesias, o PSD vence em S. Marcos da Serra, Algoz, Tunes, o PS em SB Messines, Alcantarilha e Pêra e a CDU em Silves.

2009

Rogério Pinto

O PSD desce a votação mas conquista a CMS, com 39,54% dos votos e Isabel Soares é de novo eleita (saiu no final de 2010, dando o lugar ao vice-presidente Rogério Pinto). O PS consegue 31,89% e a CDU 18,67%. A abstenção é a grande vencedora deste ano, com um valor de 42,63%.
Nas freguesias, o PSD vence em Tunes, Pêra, Algoz e Armação de Pêra, enquanto o PS vence em Alcantarilha e S. Marcos da Serra e a CDU em Silves e SB Messines.

2013


A CDU vence as eleições para a CMS, com Rosa Palma, alcançando 35% dos votos, enquanto o PSD teve 27%, o PS teve 26% e o BE ficou com 6%. A abstenção volta a subir, para os 44,4%.
Nas freguesias, o PSD vence em S. Marcos da Serra, Armação de Pêra, União de Freguesias Algoz-Tunes, a CDU vence em Silves e SB Messines e o PS na União de Freguesias de Alcantarilha-Pêra.

2017

A CDU volta a ganhar as eleições para a CMS, elegendo de novo Rosa Palma, com 52,76% dos votos, o que garante a maioria absoluta. O PSD tem 21,6% dos votos e o PS consegue14,4%. O BE tem 3,2%. A abstenção teve o maior número de sempre, na ordem dos 47%.
Nas freguesias, o PSD vence em Armação de Pêra, S. Marcos da Serra, União de Freguesias de Algoz-Tunes. O PS vence na União de Freguesias de Alcantarilha-Pêra e a CDU em Silves e SB Messines.

Nota: No Portal da Comissão Nacional de Eleições não se encontram disponíveis os dados relativos às freguesias anteriores às eleições de 1993.

 

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE SILVES 1976-2017

1976- Presidente do PS –  Fernando da Conceição Santos

1979- Presidente do PS – José Júlio Martins

1982- Presidente do PS – Rui Morais

1985- Presidente da CDU – José Leal

1989- Presidente do PS – Paulo Rocha Martins

1993- Presidente do PSD – Domingos Garcia

1997- Presidente do PSD – Domingos Garcia

2001- Presidente do PSD – Maria José Encarnação

2005- Presidente do PS – João Ferreira

2009- Presidente do PSD- Maria José  Encarnação

2013- Presidente da CDU- Analídio Braz

2017- Presidente da CDU – Vítor Rodrigues

(Nota: Refira-se que nem sempre os cabeças de lista dos partidos mais votados exerceram a presidência da Assembleia Municipal, em resultado de coligações feitas pelos partidos. Uma situação possível uma vez que a mesa da Assembleia Municipal é escolhida por voto direto dos membros deste órgão autárquico.)

Veja Também

Roberto Cabrita vence em Alcantarilha e Pêra e Sérgio Antão em Algoz e Tunes

Roberto Cabrita, do PS, que se candidatou pela primeira vez, foi eleito presidente da Assembleia …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *