Home / Concelho / Protesto contra o encerramento da Segurança Social em Messines

Protesto contra o encerramento da Segurança Social em Messines

Apesar da chuva que caía de manhã, cerca de três dezenas de pessoas concentraram-se hoje (dia 27 de dezembro) frente à Junta de Freguesia de S. Bartolomeu de Messines para protestar contra o encerramento do balcão da Segurança Social (que funciona no mesmo edifício).

Como o Terra Ruiva noticiou anteriormente, o referido balcão encontra-se encerrado desde o início da semana passada e assim irá permanecer até ao final do ano. Ao que a tutela informou, esta situação deve-se à falta de funcionários para assegurar o serviço, uma vez que um se encontra de baixa e o outro de férias.

No entanto, quer a população quer os autarcas locais da Junta de Freguesia de S. B. Messines e Câmara Municipal de Silves temem que no início do ano este serviço não volte a abrir, ou que abra com algumas restrições, sendo que uma das possibilidades que está a ser equacionada é que o balcão passe a abrir apenas dois dias por semana. 

Por isso, juntaram-se ao protesto a vereadora da Câmara Municipal de Silves, Luísa Conduto Luís, e a secretária da Junta de Freguesia de Messines, Carla Benedito, para manifestar não só o seu apoio à população, mas também para expressar a indignação e contestação das autarquias que representam. Para estes órgãos autárquicos é inaceitável que um serviço público de tanta importância possa encerrar ou funcionar apenas parcialmente, principalmente quando se encontra numa freguesia tão grande e com tanta população dispersa e idosa que tem grandes dificuldades de deslocação ou de tratar os seus assuntos pela internet. Este foi aliás um dos pontos mais ouvidos junto dos populares, que lembravam que nem todas as pessoas têm carro ou disponibilidade financeira para se deslocarem a Silves e que muitos não sabem ou não conseguem resolver os seus problemas nas plataformas eletrónicas. 

Esta é uma situação que a Câmara Municipal de Silves e a Junta de Freguesia de S Bartolomeu de Messines garantem que irão acompanhar, na defesa dos serviços públicos  e da população da freguesia e do concelho. No início de 2018 se verá se e como o balcão da Segurança Social de Messines, que em novembro de 2013 perdeu o serviço de tesouraria, irá funcionar.

Veja Também

Repavimentadas ruas em Alcantarilha e Pêra

O Município de Silves informa que foi concluída a empreitada de repavimentação de vários arruamentos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *