Home / Vida / Pessoas / Sara Santos, a Menina Artista do Algoz

Sara Santos, a Menina Artista do Algoz

Fui encontrar-me com a Sara Santos no salão de cabeleireira de sua mãe Carla, na rua da Moinheta, em Algoz.
A Sara é uma menina bem-disposta muito simpática e bonita, com seu cabelo pintado em tons de azul, não fosse a sua mãe cabeleireira, o que lhe dá um certo ar irreverente. A Sara parece saber muito bem o que quer fazer apesar dos seus 11 anos. É a mais nova de três irmãs, sendo as outras duas a Rita e a Kátia.
Como diz o seu signo Capricórnio, pareceu-me ambiciosa e disciplinada mas prática, prudente, paciente e cautelosa, senti que é uma menina inteligente e perspicaz e com um bom sentido de humor.

Sara Santos
Sara Santos

A Sara começou a sua vida de artista com nove anos, concorreu a um festival da canção da nossa zona e o bichinho das canções instalou-se e nunca mais a deixou. Desde então tem atuado em dezenas de palcos um pouco por todo o Algarve, designadamente em Algoz, Tunes, Silves (Fissul), Lagoa, Estômbar, Guia, Albufeira. No dia 15 de agosto deste ano num espetáculo que a cantora Nikita deu em Estômbar, a Sara foi convidada a atuar com aquela cantora o que muito agradou à assistência e em particular à Sara.
A Sara, como muitas meninas, também tem um sonho maior, o dela é ser cirurgiã-plástica, no entanto refere que gostaria de conciliar a profissão de cantora com a profissão de cirurgiã, o que francamente não é incompatível já que temos vários exemplos disso na nossa sociedade, Kátia Guerreiro só para exemplificar. Para já pensa em frequentar aulas de canto para aperfeiçoar a sua voz.sara-santos-cartaz
A Sara atua com as suas duas bailarinas, a Rita sua irmã e a sua amiga Érica. Se estiver interessado no espetáculo Sara Show poderá fazê-lo através do Facebook, ou contactar Paulo Polana, seu pai, pelo tel. 962 343 148.

 

 

Texto: João Pina Pereira
Fotos cedidas por Sara Santos

Veja Também

Diagnóstico atempado podia evitar 60 por cento dos casos de perda de visão

Um estudo realizado pela Universidade Nova de Lisboa revela que dos mais de dois milhões de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *