Nova espécie de planta descoberta na zona de São Bartolomeu de Messines

Foi descoberta uma nova espécie de planta cuja existência em Portugal era ainda desconhecida. A Onobrychis caput-galli, uma leguminosa que ocorre apenas numa área bastante restrita do barrocal algarvio, em prados e clareiras de matos calcícolas.
A descoberta foi realizada em março de 2021 por André Carapeto, na freguesia de São Bartolomeu de Messines, entre o sítio das Cortes e Gregórios.
Depois do primeiro registo, foram encontrados mais exemplares, numa área de cerca de 20 km2.

Aspecto de Onobrychis caput-galli. Foto: André Carapeto

Segundo o artigo publicado na Acta Botânica Malacitana (46) a presença desta espécie no Algarve representa “uma disjunção geográfica relevante, visto que a subpopulação mais próxima conhecida ocorre perto de Tabernas, na província de Almeria (Espanha), cerca de 500 km a leste”.

Esta investigação foi realizada no âmbito do projeto “Caracterização de locais de interesse no Geoparque Algarvensis”, financiado pela Câmara Municipal de Silves.
Ainda segundo o referido artigo, esta espécie foi encontrada em solos “argilosos de tonalidade avermelhada” e a sua abundância em alguns sítios, sugere que é nativa de Portugal “embora tenha passado desapercebida até ao presente”, talvez por ser frequentemente encontrada nas proximidades de outras semelhantes.

Dada a área restrita de ocupação e o pequeno número de localizações, e a existência de várias ameaças, como abandono da pastorícia, uso de herbicida em bermas de estradas e intensificação agrícola é sugerido que se considere a sua futura adição à Lista Vermelha da Flora Vascular Portuguesa, que contém a lista das plantas em perigo de extinção.

Das orquídeas mais raras do mundo
De passagem, lembre-se que a freguesia de São Bartolomeu de Messines é também conhecida por ter no seu território algumas das orquídeas mais raras do mundo, dadas a conhecer pelo messinense Pedro Mascarenhas. O que levou a Associação de Orquídeas Silvestres a organizar aqui um encontro nacional, em maio de 2019.

Veja Também

Exposição “Contágio” de Inês Cabrita, em Messines

A exposição fotográfica “Contágio”, de Inês Cabrita, pode ser vista no Café da Sociedade de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *