Urgência pediátrica de Faro em risco

A manutenção e a qualidade do atendimento da urgência pediátrica no Hospital de Faro estão em risco por falta de médicos, uma situação que foi denunciada pelos mesmos.
Em documento enviado à administração do Centro Hospitalar e Universitário do Algarve (CHUA) e que tem sido divulgado hoje pela imprensa regional, os subscritores do mesmo, referem o envelhecimento do corpo clínico e a saída de médicos como a principal causa para esta situação.
Em relação aos especialistas que trabalham neste serviço o mesmo é constituído “por 13 pediatras, dos quais seis têm mais de 55 anos” pelo que podem pedir dispensa da realização de serviço de urgência e um outro médico, com mais de 50 que pode dispensado do serviço de urgência noturna. E, segundo os subscritores do referido documento, a urgência poderia ter já parado, caso estes clínicos não continuassem a efetuar o serviço de urgência, tanto mais que existem dois pediatras ausentes por baixa médica.
Assim, neste altura, a urgência de pediatria, que funciona todos os dias, 24 horas por dia, é assegurada apenas por quatro pediatras, o que tem levado a uma grande sobrecarga de trabalho. “E a este ritmo é provável que outros acabem por ficar indisponíveis”.
De acordo com os subscritores da carta, as escalas têm sido preenchidas com recurso a médicos de Medicina Geral e Familiar, estando em causa a assistência pediátrica na unidade de Faro do CHUA (composto ainda pelas unidades de Portimão e Lagos), que assiste uma população de 57.000 utentes até aos 18 anos e que recebe em média 41253 episódios de urgência e 748 internamentos em unidade de internamento de curta duração, além de 940 internamentos em enfermaria.
Em resposta a estas questões, o Conselho de Administração do CHUA reconhece o problema e afirma-se “empenhado em encontrar soluções não só pontuais, mas, essencialmente, de fundo, para suprir a carência de recursos médicos, que é crónica”.
Para tal, esta entidade diz já ter contactado com a Administração Regional de Saúde e o Ministério da Saúde para obter reforço de profissionais.

Veja Também

Comitiva com mais de 300 pessoas entrega Livro de Candidatura de Faro Capital Europeia da Cultura

Faro apresentou este domingo, dia 21 de novembro, a Candidatura a Capital Europeia da Cultura …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *