Entrevista a João Garcia, candidato do PSD à Câmara Municipal de Silves

João Garcia

Candidato do PSD à Câmara Municipal de Silves

 

1-Quais as razões da sua candidatura?

As principais razões da minha candidatura, são as Pessoas! Foi, é e será por elas que sou candidato!

São elas a principal razão que me levaram a aceitar o convite para liderar uma lista candidata à presidência do Município de Silves, associado a um sentimento de disponibilidade para o exercício de cidadania que todos devemos ter e cultivar.

Sou natural de Silves, aqui vivo, trabalho e tenho as minhas raízes, não podia deixar de dar o meu contributo a este concelho que tanto amo e que tanto tem para dar.  Assim decidi avançar com uma alternativa séria, competente e solidaria ao concelho onde nasci.

Os valores, a educação, os exemplos e os conhecimentos que me foram transmitidos em 42 anos de vida, são o suporte e foram determinantes para a decisão consciente e responsável de abraçar este projeto.

Esta candidatura não se esgota nem se centra exclusivamente no “candidato”, mas sim num projeto, que queremos que seja um movimento aglutinador e gerador de sinergias, entre uma equipa que se pretende que seja tão ampla e plural como o território ao qual nos candidatamos, porque  “Silves Merece Mais e Melhor!”

 

2-Que balanço faz do mantado que terminou? (O melhor e o pior)

Silves perdeu competitividade com este executivo. É necessário, sentir e compreender os anseios das pessoas, trabalhando todos os dias com humildade e dedicação para o bem de todos.

A saída de inúmeros quadros técnicos do Município e assistentes operacionais ao longo destes 8 anos demonstra a falta de liderança deste executivo, descapitalizando todos os seus serviços e a capacidade de resposta deste Município.

A falta de comunicação, é uma realidade deste executivo na qual não concordamos, consideramos que é necessário ouvir a população antes de agir, tornar a vida ativa dos nossos concidadãos mais participativa, dando voz a todos, procurando esbater as assimetrias entre o interior (mais desertificado) e as zonas mais habitadas. É necessário implementar uma política de coesão e integradora para com a população mais envelhecida, e ao mesmo tempo, salvaguardar o futuro das próximas gerações.

De salientar as obras e os investimentos efetuados no concelho para o bem de todos os munícipes, sendo os mesmos realizados à custa do endividamento do Município.

 

3- Que prioridades define para a sua atuação, em termos do concelho, caso seja eleito?

 A principal prioridade nesta candidatura é fazer aquilo que este executivo não foi capaz de fazer, saber ouvir antes de agir. É importante, sentir e compreender os anseios das pessoas, trabalhando todos os dias com humildade e dedicação para o bem do concelho de Silves.

Dentro das prioridades que eu e a minha equipa definimos para o concelho, diria que os eixos do Emprego, Acção social, Saúde, Educação, Agricultura e Turismo (associado a uma forte componente patrimonial), poderão constituir-se como 5 eixos prioritários e fundamentais para alavancar o nosso território.

A ação social, pois pretendemos valorizar o nosso maior ativo, que são as pessoas. Queremos ser um concelho inclusivo e que possa proporcionar oportunidades para todos, independentemente da sua cor partidária e condição sócio-económica.

Queremos ao mesmo tempo apoiar os nossos empresários e comerciantes (nos mais diversos sectores) com a criação de um gabinete técnico, que seja dinâmico e criativo, que promova o investimento e a criação de mais emprego sustentado no concelho de forma a atrair mais investimento, que resulte na criação de emprego, pois só com a criação de postos de trabalho, é que podemos fixar e atrair pessoas, e um território necessita de vivência e de cidadania para conseguir prosperar.

O turismo será sempre um sector estratégico no nosso concelho sendo necessário a sua valorização, quer a nível patrimonial com a dinamização de toda a história do nosso concelho como a nível de turismo de natureza com elevado potencial no nosso território.

Sendo a Saúde um eixo prioritário desta candidatura, queremos valorizar e ajudar aqueles que mais precisão, principalmente nesta fase tão difícil das nossas vidas, com esta pandemia que tanto tem mudado o nosso dia a dia.

Assim queremos melhorar o apoio à saúde em todas as freguesias do  concelho ,   defendendo sempre a presença dos Centros de Saúde em todas as freguesias e a Criação de Unidades de Saúde Familiar  em colaboração com a ARS, possibilitando acesso a serviços de saúde para todos, reduzindo o seu tempo de espera, contrariando a realidade de hoje, onde cada vez mais esse acesso é condicionado e difícil .

Vamos Criar  uma estratégia municipal para combater o isolamento social: com a implementação de um projecto “Silves + Perto”; onde vamos chegar junto das populações  e ajudar naquilo que mais precisam, com a implementação de rotas de apoio social onde as pessoas com mais dificuldades de mobilidade podem se deslocar a Silves para tratar de todos os seus assuntos ( como: ir comprar alimentos, ir a uma consulta,  ou ir a uma instituição pública) .

Vamos apoiar a educação, porque é e será sempre a base e os alicerces para o futuro, e qualquer território, deverá pugnar por uma educação de qualidade, inclusiva e acessível para todos.

Vamos dar melhores condições educativas às nossas crianças e jovens que tão esquecidas tem sido nestes últimos 8 anos, melhorar as condições do parque escolar, dotar os espaços escolares de infraestruturas e de espaços de recreio dignos para a pratica de desporto e lazer.

A agricultura é sem dúvida um eixo estratégico no nosso concelho, queremos dinamizar os nossos produtos de excelência (laranja de silves, os vinhos de silves entre outros…) assim como incentivar a agricultura biológica e familiar com a criação de um gabinete de apoio ao agricultor e um Banco de Terras Municipal.

A sustentabilidade ambiental deve ser um tópico na agenda do Município de Silves, onde a promoção da qualidade de vida e bem-estar da população seja uma realidade, com a criação de medidas e projetos concretos, mensuráveis, que possam garantir o futuro do nosso concelho, implementando medidas para aumentar a cobertura de abastecimento de água, limpeza urbana e saneamento em todo o concelho com a Criação de uma plataforma digital Smart city, “AMBISILVES”, assim como implementar postos de reciclagem em todas as freguesias.

 

4- Indique uma prioridade para cada freguesia.

Garantir a descentralização dos serviço do município para junto das populações é transversal a todas as freguesias, sendo essa a nossa prioridade, assim vamos ajudar o dia a dia dos nossos munícipes com a Descentralização de serviços e a  criação do Balcão Único Municipal em todas as freguesias do concelho evitando a deslocações à sede de freguesia garantindo um trabalho de maior proximidade  com as populações.

 

5- Complete a frase: “Desejo que o Concelho de Silves ……”

 

Desejo que o concelho de Silves seja mais atrativo e competitivo pois este é o momento de acreditar que é possível retirá-lo do estado de conformismo em que se encontra.

Devemos e temos condições para ser um território mais dinâmico e pró-ativo na captação de investimento e consequentemente de emprego, pois só assim será possível melhorar as condições e qualidade de vida da população no presente e ao mesmo tempo salvaguardar as gerações futuras.

Para terminar uma mensagem de esperança e compromisso a todos que acreditam que existe outro caminho, outras opções e outro rumo.

Temos uma alternativa para este concelho, queremos dar voz às suas gentes, ao seu património e a sua cultura.

Não nos conformamos com o razoável, nem com o médio, queremos mais, muito mais pelo nosso Concelho de Silves.

Serei o candidato de todos e para todos!

Consigo acreditamos!

 

Veja Também

Câmara de Silves investe nos recreios das escolas do 1º ciclo

As escolas do 1º ciclo de Tunes, Amorosa, Armação de Pêra e São Marcos da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *