DRAP Algarve em visita ao Perímetro Hidroagrícola de Silves

As potencialidades e estratégias de promoção do regadio agrícola na região do Algarve foram o tema da reunião e dos encontros promovidos pela Direção Regional de Agricultura do Algarve (DRAP Algarve), no passado dia 14 de Junho.
Estes surgiram na sequência da indicação da ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, que, “considerando a importância que o regadio tem para a agricultura em Portugal e pretendendo dar continuidade ao Programa Nacional de Regadios (PNRegadios)” em curso “determinou a elaboração de um estudo de âmbito nacional, tendo em vista o levantamento das necessidades de investimento e do potencial de desenvolvimento do regadio coletivo eficiente, num período de investimento até 2030.”

Neste contexto, a DRAP Algarve reuniu, na parte da manhã, com a equipa técnica da EDIA – Empresa de Desenvolvimento e Infra – estruturas do Alqueva, S.A., coordenadora do estudo. No período da tarde a DRAP Algarve e a EDIA reuniram com a Associação de Regantes e Beneficiários de Silves, Lagoa e Portimão (ARBSLP) e com a Associação de Regantes e Beneficiários de Alvor (ARBA), em visita às obras a decorrer no Perímetro Hidroagrícola de Silves, Lagoa e Portimão.

“O PNRegadios, que arrancou em 2018 com uma dotação de 560M€, veio reforçar os instrumentos de apoio ao investimento no regadio, particularmente no que respeita às componentes de reabilitação e modernização de regadios e de construção de novas áreas a regar.
Em 2023 entrará em vigor a próxima fase do programa, que prevê um investimento de 750 milhões”, afirma a DRAP Algarve.

Veja Também

28 milhões de euros para concurso da medida Vida Ativa destinados a desempregados de longa duração

O PO ISE (Programa Operacional Inclusão Social e Emprego), anuncia a abertura de candidaturas para …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *