Home / Vida / Pessoas / GNR leva a cabo “Operação Carnaval 2020”

GNR leva a cabo “Operação Carnaval 2020”

A Guarda Nacional Republicana informa que  entre os dias 21 e 25 de fevereiro, irá realizar uma operação de intensificação do patrulhamento e fiscalização rodoviária intensiva em todo o continente, orientada para as vias que conduzem aos locais onde tradicionalmente ocorrem festividades carnavalescas, com o objetivo de combater a sinistralidade rodoviária, regular o trânsito e garantir o apoio a todos os utentes das vias, proporcionando-lhes uma deslocação em segurança.

As festividades associadas ao Carnaval provocam um aumento significativo do tráfego rodoviário em consequência das deslocações de inúmeras pessoas dos locais de residência habitual para os locais onde tradicionalmente têm lugar os festejos, sendo este um período propício a um maior consumo de bebidas alcoólicas e/ou substâncias psicotrópicas, particularmente nos locais de diversão noturna, envolvendo, por vezes, a utilização de veículos como forma de regresso às residências.

Durante a operação, a GNR, através da Unidade Nacional de Trânsito e dos Comandos Territoriais, irá direcionar as ações de fiscalização para a deteção das seguintes infrações:

· Condução sob a influência do álcool e de substâncias psicotrópicas;

· Excesso de velocidade;

· Falta de habilitação legal;

· Manobras perigosas, especialmente no que respeita à manobras de ultrapassagem, mudança de direção e cedência de passagem;

· Incorreta ou não utilização do cinto de segurança e/ou sistemas de retenção;

· Excesso de lotação;

· Anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização;

· Utilização incorreta do telemóvel durante a condução;

· Falta de inspeção periódica;

· Falta de seguro de responsabilidade civil.

 

Partilhe nas redes socias:
Share on Facebook
Facebook
0Pin on Pinterest
Pinterest
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

Veja Também

Educação… a base do desenvolvimento

Passado o mês de março e as comemorações do 190º aniversário de João de Deus, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *