Home / Concelho / Município concluiu arruamento em Silves, na Avenida António Sérgio

Município concluiu arruamento em Silves, na Avenida António Sérgio

O Município de Silves informa que foi concluída a empreitada de construção do arruamento que liga a Avenida António Sérgio ao Bairro da Caixa d´Água (a norte da EB 1 n.º 1 de Silves). O investimento ascendeu a 140 mil euros.
A autarquia esclarece que a empreitada contemplou trabalhos de pavimentação, passadeiras, construção de passeios, estacionamentos, iluminação pública, drenagem de águas pluviais, rede de abastecimento de água, plantação de árvores, espaços verdes, rede de rega, instalação de mobiliário urbano e sinalética.
De acordo com o Município, a empreitada vem requalificar mais uma zona da cidade, proporcionando melhores acessibilidades e melhores níveis de bem-estar.

Veja Também

Inaugurado o Parque de Feiras e Exposições de SB Messines

Foi inaugurado o Espaço Multiusos do Parque de Feiras e Exposições de São Bartolomeu de …

Um Comentário

  1. Que é um MOVIMENTO COOPERATIVO ?
    É um movimento associativo, que gera Cooperativas.

    Que é uma COOPERATIVA ?
    É uma instituição colectiva formada por pessoas, que se associam para um certo fim.
    No caso mais usual, falamos de COOPERATIVAS DE CONSUMO, onde os sócios – que pagam uma quota mínima – fazem as suas compras, sendo que o lucro reverte para a própria Cooperativa, que, depois, o acumula e aplica em benefício dos próprios sócios, na venda de produtos, a preços mais baixos do que em qualquer grande superfície, visto que o objectivo perseguido não é o lucro em si, mas, sim, beneficiar aqueles que se associam em Cooperativa, a fim de que esse lucro, que iria para estranhos, reverta para eles próprios.

    Os lucros acumulados pela Cooperativa, além da possibilidade de venda dos produtos a preços mais baixos, poderão reverter para benefícios dos associados, sob diversas formas que estes entendam, reunidos em Assembleia, onde são soberanos na sua aplicação, seja na compra de livros escolares para os filhos, seja para finalidades culturais, as mais diversas, seja, enfim, numa fase mais ambiciosa da Cooperativa, para a construção de algum edifício para a colectividade, onde serão propiciadas actividades desportivas, devidamente enquadradas por pessoas habilitadas, benefícios que só têm como limite a imaginação dos associados e, evidentemente, os montantes dos lucros que vão sendo acumulados.

    Basicamente, foi este o movimento, de que foi impulsionador e criador, no nosso país, o grande ANTÓNIO SÉRGIO, um pedagogo e filósofo de excepção – provavelmente o nosso maior pensador do século XX -, cujo nome poucos conhecerão, o que é dramático e um bom índice para avaliar o estado cultural de algum do nosso povo, desde logo, da nossa Juventude, a quem, na escola, é sonegado, lamentavelmente, o conhecimento de alguns dos nossos maiores vultos, sendo que ANTÓNIO SÉRGIO é um deles.

    Falamos de um homem de cerviz direita, terso, para quem carácter e dignidade eram termos que constavam do seu dicionário e de que fazia normal, na relação com os seus semelhantes.
    Fez parte de uma plêiade de grandes figuras, de quem era próximo, tais como, entre outros, Jaime Cortesão, Raúl Proença ou Bento de Jesus Caraça.

    NOTA: Numa primeira impressão, este comentário parece não se enquadrar no teor da notícia da “conclusão de um arruamento”.
    Vendo, porém, melhor, a essa artéria foi dado o nome de um grande Português.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *