Home / Vida / Pessoas / Clube da Batucada, de Messines, com Menção Honrosa no Prémio Maria José Nogueira Pinto

Clube da Batucada, de Messines, com Menção Honrosa no Prémio Maria José Nogueira Pinto

O “Clube da Batucada”, projeto desenvolvido pela Casa do Povo de São Bartolomeu de Messines, foi distinguido com uma Menção Honrosa, na 7ª edição do Prémio Maria José Nogueira Pinto em Responsabilidade Social.
A entrega desta distinção aconteceu no dia 4 de julho, no Teatro Thalia, em Lisboa, numa cerimónia que teve a presença do presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e outras entidades estatais e representantes de instituições.
Pela Casa do Povo de Messines esteve o seu presidente, José Carlos Araújo, que recebeu o prémio que distinguiu o projeto do “Clube da Batucada”: «Um projeto que apoia utentes portadores de doença mental ou incapacidade física e motora. Apresenta uma vertente social e terapêutica, não só a nível emocional e de bem-estar, mas também com foco no controlo, estimulação e coordenação motora. A metodologia utilizada inclui uma aprendizagem experiencial que potencia a autonomia e autoestima dos doentes, através de aulas de música inclusivas e comunitárias, onde todas as pessoas, independentemente das suas incapacidades ou limitações, se encontram num lugar comum para tocar e fazer música.»

O presidente da Casa do Povo, José Carlos Piasca recebendo o Prémio (à direita) – Foto MSD

Este ano, o Prémio Maria José Nogueira Pinto em Responsabilidade Social analisou 107 candidaturas, de projetos inseridos em várias áreas de intervenção social, provenientes de instituições privadas de vários pontos do país.
O Projeto de Apoio Domiciliário à Demência (PADD) da Santa Casa da Misericórdia de Mogadouro foi o grande vencedor desta edição. Tem como objetivo o diagnóstico, acompanhamento e monitorização dos vários casos de demência sinalizados na região para adiar a institucionalização dos doentes.
Nesta edição, o Júri decidiu atribuir também quatro Menções Honrosas aos seguintes projetos: “Ser mais Família”, da Associação de Ajuda ao Recém-Nascido; “Oficinas do Sabor”, da Associação Vale de Acór; “Clube da Batucada”, da Casa do Povo de São Bartolomeu de Messines; e “Horto Monástico”, da InovTerra – Associação para o Desenvolvimento Local.
Este ano, o Prémio Maria José Nogueira Pinto em Responsabilidade Social analisou 107 candidaturas, de projetos inseridos em várias áreas de intervenção social, provenientes de instituições privadas de vários pontos do país.
Este Prémio é atribuído anualmente com o valor pecuniário de 10.000€ ao Grande Vencedor e 1.000€ a cada uma das Menções Honrosas. Instituído em 2012 pela MSD, o prémio pretende distinguir o trabalho desenvolvido por pessoas, individuais ou coletivas, que se tenham destacado no contexto da responsabilidade social.

O grupo de instituições premiadas- Foto MSD

Veja Também

Horóscopo Semanal, por Maria Helena

Horóscopo Semanal por Maria Helena Carneiro Horóscopo Diário Ligue já! 760 10 77 31 Carta …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *