Home / Concelho / Rede de Apoio ao Autocaravanismo avança no concelho

Rede de Apoio ao Autocaravanismo avança no concelho

O Município de Silves viu recentemente aprovada, no âmbito do CRESC Algarve, a candidatura da rede de apoio ao autocaravanismo na região do Algarve. Trata-se de uma operação conjunta entre o Município de Silves, a Associação In Loco (beneficiário principal), e os Municípios de Tavira e de São Brás de Alportel e que representa um investimento total que ascende os 590 mil euros, com uma comparticipação comunitária do FEDER (Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional) de 70%.
Como informa a Câmara Municipal de Silves, no que se refere ao concelho “foi alvo de candidatura a criação de uma área de serviço de autocaravanas (ASA) para 30 lugares (5,45 x 8) em São Bartolomeu de Messines, com possibilidade de expansão que inclui receção, placard informativo, estação de serviço, vedação e espaços ajardinados, instalações sanitárias, pavimentação redes de água e iluminação pública. Com uma área total de cerca de 5.500 m2, esta ASA integra a primeira fase de intervenção no espaço, onde se localizará ainda o Terminal Rodoviário e o espaço de Feiras, Mercados e Eventos/Parque de estacionamento automóvel, constantes das restantes duas fases.” Estima-se que esta intervenção esteja concluída até ao final de 2020.

Esta área de serviço de autocaravanas de São Bartolomeu de Messines irá integrar-se na chamada Rota Serrana, que irá contar com 14 parques de apoio, no interior do Algarve.

A Rota Serrana foi apresentada recentemente, na Bienal de Turismo da Natureza que decorreu em Aljezur, organizada pela Associação Vicentina. A mesma prevê a concretização de áreas de apoio ao autocaravanismo em Silves, Alcoutim, Aljezur, Loulé, Monchique e Tavira.

Para Silves está prevista a construção da área de São Bartolomeu de Messines, que já está a avançar, e uma outra em São Marcos da Serra que também já foi anunciada pela Câmara Municipal.
De referir que o projeto na sua generalidade visa não só o “alargamento e a consolidação de uma rede de equipamentos de apoio ao autocaravanismo através da criação de diversas áreas para o acolhimento dos turistas” mas também a criação da “apetência para a exploração de recursos associados à natureza e ao património cultural, dinamizando a atratividade do território e a sua visitação.” A ideia é que os turistas não se limitem a estacionar nos locais, mas que sejam convidados a explorar o território e todos os seus recursos e ofertas.

Veja Também

Município de Silves fez ação de limpeza no Rio Arade

“Pneus de grandes dimensões, grelhas, caixas, tubos de rega e até papeleiras foram alguns dos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *