Home / Concelho / Rede de Apoio ao Autocaravanismo avança no concelho

Rede de Apoio ao Autocaravanismo avança no concelho

O Município de Silves viu recentemente aprovada, no âmbito do CRESC Algarve, a candidatura da rede de apoio ao autocaravanismo na região do Algarve. Trata-se de uma operação conjunta entre o Município de Silves, a Associação In Loco (beneficiário principal), e os Municípios de Tavira e de São Brás de Alportel e que representa um investimento total que ascende os 590 mil euros, com uma comparticipação comunitária do FEDER (Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional) de 70%.
Como informa a Câmara Municipal de Silves, no que se refere ao concelho “foi alvo de candidatura a criação de uma área de serviço de autocaravanas (ASA) para 30 lugares (5,45 x 8) em São Bartolomeu de Messines, com possibilidade de expansão que inclui receção, placard informativo, estação de serviço, vedação e espaços ajardinados, instalações sanitárias, pavimentação redes de água e iluminação pública. Com uma área total de cerca de 5.500 m2, esta ASA integra a primeira fase de intervenção no espaço, onde se localizará ainda o Terminal Rodoviário e o espaço de Feiras, Mercados e Eventos/Parque de estacionamento automóvel, constantes das restantes duas fases.” Estima-se que esta intervenção esteja concluída até ao final de 2020.

Esta área de serviço de autocaravanas de São Bartolomeu de Messines irá integrar-se na chamada Rota Serrana, que irá contar com 14 parques de apoio, no interior do Algarve.

A Rota Serrana foi apresentada recentemente, na Bienal de Turismo da Natureza que decorreu em Aljezur, organizada pela Associação Vicentina. A mesma prevê a concretização de áreas de apoio ao autocaravanismo em Silves, Alcoutim, Aljezur, Loulé, Monchique e Tavira.

Para Silves está prevista a construção da área de São Bartolomeu de Messines, que já está a avançar, e uma outra em São Marcos da Serra que também já foi anunciada pela Câmara Municipal.
De referir que o projeto na sua generalidade visa não só o “alargamento e a consolidação de uma rede de equipamentos de apoio ao autocaravanismo através da criação de diversas áreas para o acolhimento dos turistas” mas também a criação da “apetência para a exploração de recursos associados à natureza e ao património cultural, dinamizando a atratividade do território e a sua visitação.” A ideia é que os turistas não se limitem a estacionar nos locais, mas que sejam convidados a explorar o território e todos os seus recursos e ofertas.

Partilhe nas redes socias:
Share on Facebook
Facebook
0Pin on Pinterest
Pinterest
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

Veja Também

Nova sede da Junta de Armação de Pêra vai ser inaugurada

A nova sede da Junta de Freguesia de Armação de Pêra vai ser inaugurada no …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *