Home / Economia & Emprego / Economia / Mulheres empreendedoras de Portugal e Espanha em encontro para impulsionar projetos

Mulheres empreendedoras de Portugal e Espanha em encontro para impulsionar projetos

A Fundação Tres Culturas Del Mediterráneo, fundada em Sevilha e dedicada há 20 anos ao enriquecimento socioeconómico transfronteiriço, realizou, no passado dia 17, o encontro empresarial B2B Juntas Somos Mais, “com o objetivo de impulsionar e internacionalizar projetos desenvolvidos por mulheres empreendedoras em Espanha e Portugal.”

O encontro, que teve lugar na cidade de Faro e que contou com uma duração de dois dias, integra-se no projeto INTREPIDA – Internacionalização das Mulheres Empresárias de Espanha e Portugal para a Inserção, Desenvolvimento e Alianças – visa potenciar a Cooperação Transfronteiriça entre os dois países.

Em nota de imprensa, a organização adianta que foram mais de 60 as empresárias de Espanha e Portugal, que estiveram reunidas  “para dar a conhecer os seus projetos, partilhar conhecimentos e detetar novas oportunidades de negócio, contando em simultâneo com formação a nível de competitividade, internacionalização e economia digital.”

As empresárias, responsáveis por PME’s localizadas no território transfronteiriço da Andaluzia, Algarve e Alentejo, uniram-se pela cooperação empresarial através do apoio da Fundação “Tres Culturas Del Mediterráneo”. Este encontro contou com o apoio local da Câmara Municipal de Faro, do Ninho de Empresas de Loulé – REGIOTIC, da Associação Empresarial da Região de Portalegre – NERPOR-AE, e do Núcleo Empresarial da Região de Évora-NERE.

A Fundação, através do seu projeto INTREPIDA, disponibiliza também às empresárias um guia digital que conta já com mais de 500 empresas inscritas e que se apresenta como uma ferramenta gratuita onde é possível registar as especificidades de cada projeto, serviço ou produto, de modo a cruzar necessidades com outras empresas, criando assim sinergias e potencializando novas oportunidades de negócio entre Espanha e Portugal.

Financiado pelo Programa INTERREG POCTEP Espanha e Portugal, aprovado pela União Europeia para o Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, o projeto INTREPIDA desenvolve outras atividades como Fóruns de Trabalho, Visitas a Empresas e Sensibilização Pedagógica em empreendedorismo nas escolas.

Para José Manuel Cervera Gragera, Diretor da Fundación Tres Culturas, “estes encontros, realizados no âmbito do projeto INTREPIDA, espelham a importância da partilha de conhecimentos e de novos modelos de negócios transfronteiriços, evidenciando o elevado impacto do trabalho das empresárias para o desenvolvimento socioeconómico das regiões de Andaluzia, Algarve e Alentejo”.

Rogério Bacalhau, Presidente da Câmara Municipal de Faro, considera que “são cada vez mais evidentes, para algarvios e andaluzes, os benefícios de uma cooperação sustentável e efetiva e da prática de relações económicas de vizinhança e proximidade. As nossas comunidades estão destinadas a crescerem juntas, tão fortes e sinceros são os laços que as unem: geográficos, culturais, históricos, económicos e outros. Sermos chamados a apoiar esta iniciativa, que coloca em destaque o potencial realizador do nosso tecido empresarial, no feminino, é motivador e verdadeiramente estimulante.”

A Fundação Tres Culturas Del Mediterráneo, para o projeto INTREPIDA, conta também com a colaboração da Fundación Universidad Empresa de la Provincia de Cádiz (FUECA) e Diputación de Huelva, na qualidade de parceiros oficiais.

Sobre a Fundação “Tres Culturas Del Mediterráneo”

Fundación Tres Culturas Del Mediterráneo, com sede em Sevilha, Espanha, é uma instituição internacional sem fins lucrativos que atua desde 1998 a nível Euro-Mediterrâneo, através de diferentes linhas de ação e de múltiplas iniciativas. A Fundação pretende criar uma maior proximidade e respeito entre cidadãos e instituições apostando na diversidade como um princípio basilar. As suas iniciativas contribuem para um maior enriquecimento socioeconómico através da promoção de projetos relacionados com cultura, geopolítica, empreendedorismo, educação e participação ativa dos cidadãos.

 

Veja Também

Universidade do Algarve entre as melhores do mundo em Tourism Management

São vários os atrativos que colocaram Portugal no mapa dos melhores destinos do mundo. Mas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *