Home / Economia & Emprego / DECO informa: Como prevenir ataques de phishing?

DECO informa: Como prevenir ataques de phishing?

“Como prevenir ataques de phishing?”

De certeza que já recebeu um e-mail que, num tom urgente, lhe pedia dados pessoais para concluir uma encomenda que não fez, ou que clicasse num link para atualizar os dados da sua conta, num banco que, se calhar, nem era o seu.
Se estranhou e apagou o email, tomou a decisão certa.
Na maioria dos casos de phishing, os atacantes enviam emails em massa, disfarçando-se de entidades com as quais as vítimas lidam habitualmente, seja o fornecedor de eletricidade ou o banco. Estes e-mails reencaminham as vítimas para websites falsos, que imitam os autênticos.
A informação pessoal aí inserida será “pescada” e usada para fins ilícitos.

O problema é particularmente sensível quando o remetente se faz passar pelo banco, solicitando dados confidenciais, como os códigos de acesso à conta ou de autenticação de operações. Dados que, em circunstância alguma, as instituições bancárias solicitam deste modo. Há elementos que ajudam a perceber se o e-mail que recebeu é fraudulento.
Mas, se ficar na dúvida, contacte o banco e esclareça a situação, ou arrisca-se a deixar a sua conta à mercê de criminosos.

Ainda que seja difícil ficar completamente imune a estes ataques, há alguns cuidados que podem minimizar o risco de ser vítima de phishing:

• Nunca introduza dados pessoais em páginas cuja autenticidade não consiga comprovar;
• Não utilize o e-mail para enviar informação confidencial;
• Nunca use no homebanking a palavra-passe que utiliza em ligações que requerem menor segurança, como o e-mail ou as redes sociais;
• Se houver pagamentos envolvidos, certifique-se de que a entidade em causa está autorizada a prestar serviços bancários ou a realizar transações através da internet consulte periodicamente os movimentos da sua conta bancária;

O plano não é infalível, mas, se seguir estas recomendações, pode ser que não se deixe “pescar”.

PartilharShare on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Email this to someonePin on Pinterest0

Veja Também

Empresários de Faro otimistas com o crescimento económico

De acordo com a terceira edição do Estudo Nacional de Competitividade Regional, elaborado pela plataforma …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *