Home / Vida / Saúde & Bem Estar / Concelho de Silves é dos mais carenciados a nível de Saúde – Em fevereiro são esperados mais meios

Concelho de Silves é dos mais carenciados a nível de Saúde – Em fevereiro são esperados mais meios

A carência de profissionais de saúde, em particular de médicos no Concelho de Silves, tem sido motivo de protestos da população.
Ainda no mês passado, algumas dezenas de populares manifestaram-se junto à Extensão do Centro de Saúde de Messines, contra as condições precárias em que o mesmo tem funcionado, sem médicos suficientes para atender os utentes.
De S. Marcos da Serra, Silves, Algoz, Tunes, Armação de Pêra, Alcantarilha e Pêra chegam também reclamações.
A tutela reconhece que vivemos numa das áreas mais carenciadas de médicos, no Barlavento algarvio.

No sentido de apurar quais as carências que se vivem no Concelho, o Terra Ruiva contactou a Administração Regional de Saúde (ARS) Algarve que confirma a experiência dos utentes: “A Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados (USCP) de Silves (Centro de Saúde de Silves e sete Extensões de Saúde – Alcantarilha, Pêra, Algoz, Armação de Pêra, S. Bartolomeu de Messines, S. Marcos da Serra e Tunes) é, em termos médicos, uma das mais carenciadas da área de influência do ACES Algarve II – Barlavento, sendo que existe ainda um número elevado de utentes inscritos que não têm médico de família atribuído.”
No concelho, a exceção são as Extensões de Saúde de Alcantarilha e de Pêra, nas quais “todos os utentes têm médico de família atribuído”.
Segundo a ARS Algarve, “para fazer face a esta crónica carência de recursos médicos, têm sido abertos diversos concursos nos últimos anos, no entanto as vagas abertas para a UCSP de Silves têm ficado desertas, sendo que apenas, e muito recentemente, foi possível alocar um recém-especialista na sede desta Unidade”.
Em termos de Extensões de Saúde, “as mais carenciadas de recursos médicos são, atualmente, a de S. Marcos da Serra e a de S. Bartolomeu de Messines”. Nesta última, na qual a queixa de falta de médicos tem sido constante nos últimos dois anos, estão ao serviço dois profissionais que são apoiados três dias (intercalados) por semana, por médicos do Centro de Saúde de Silves e das Extensões de Saúde de Alcantarilha e Pêra.

Mais meios em fevereiro

Ainda que se refere à falta de médicos no concelho, a ARS Algarve afirma que está, “no âmbito dos meios legalmente ao seu alcance, a envidar todas as diligências para inverter a presente situação de carência e assim reforçar o número de horas médicas nos locais onde está referenciada essa necessidade, designadamente, no Centro de Saúde de Silves, Extensões de Saúde de Algoz, Armação de Pêra, S. Bartolomeu de Messines e S. Marcos da Serra”.
No mês de fevereiro está prevista a “abertura do concurso nacional para integração de recém especialistas em Medicina Geral e Familiar” e “no decorrer de 2018” irão ser desenvolvidos outros concursos” que permitirão “colmatar as necessidades identificadas na área de influência do Concelho de Silves”.
Brevemente serão colocados quatro enfermeiros na Unidade de Cuidados na Comunidade (UCC) Rio Arade e um enfermeiro na UCSP de Silves.

Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados (UCSP) de Silves
(Centro de Saúde e as sete Extensões)

Médicos: 10 médicos do Serviço Nacional de Saúde; 1 médico no âmbito do protocolo com Cuba
Enfermeiros: 18
Assistentes Técnicos: 13
Assistentes Operacionais: 14
Psicólogo: 1
Assistentes Sociais: 2
Higienista Oral: 1
Terapeuta Ocupacional: 1
Fisioterapeuta: 1
Radiologistas: 2
Técnico de Saúde Ambiental: 1

Unidade de Cuidados na Comunidade (UCC) Rio Arade
( Abrange toda a população do Concelho de Silves)

Enfermeiros : 9
Assistentes Técnicos: 2
Assistentes Operacionais: 3
Fisioterapeuta: 1
( Conta ainda com outros recursos humanos da UCSP, em regime de partilha de horas)

Veja Também

Maria da Luz de Deus Ramos homenageada com rua em Messines

O centenário do nascimento de Maria da Luz de Deus Ramos, neta do poeta/pedagogo João …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *