Home / Sociedade / História & Património / Faleceu Monteiro Cardoso, coautor de “A Guerrilha do Remexido”

Faleceu Monteiro Cardoso, coautor de “A Guerrilha do Remexido”

A historiografia nacional ficou mais pobre no passado dia 11 de janeiro com o falecimento precoce do Professor Doutor António Monteiro Cardoprof. monteiro cardososo.

Natural de Freixo de Espada à Cinta, onde nasceu a 08/09/1950, era licenciado em Direito, pela Faculdade de Direito da Universidade Clássica de Lisboa e Doutorado em História Moderna e Contemporânea pelo ISCTE, em 2005.
Publicou diferentes obras de investigação sobre Direito da Comunicação Social e sobre história de Portugal, sobretudo na primeira metade do século XIX. Nesta última temática insere-se o estudo pioneiro (comcapa a guerrilha.1o a maioria dos seus trabalhos) sobre “A guerrilha do Remexido”, publicado em 1981, de que foi coautor. Ainda hoje um estudo imprescindível e determinante sobre o Remexido e por consequência sobre São Bartolomeu de Messines, em particular.

 

António Monteiro Cardoso esteve em S. B. de Messines, em outubro de 2007, no âmbito do ciclo de conferências integradas na exposição dedicada a “Remexido”, promovida pela Junta de Freguesia. A sua intervenção, emocionada, foi brilhante a vários níveis, desde o conhecimento profundo sobre o tema, até à própria história de S. B. de Messines, que nunca havia visitado. Entre nós estabeleceu-se uma longa amizade com a troca frequente de informações relacionadas com o rebelde Remexido, até porque o professor se encontrava a trabalhar numa biografia do guerrilheiro, que não pode concluir. À família apresentamos sentidas condolências. Professor, muito obrigado pelos seus ensinamentos. Até sempre. R.I.P.

PartilharShare on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Email this to someonePin on Pinterest0

Veja Também

“Lojas com História” reunidas em publicação lançada pela Câmara Municipal

“Lojas com História” é o nome da publicação lançada pela Câmara Municipal de Silves no …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *