Home / Vida / Pessoas / Padre Manuel Coelho comemora 50 anos de ordenação sacerdotal

Padre Manuel Coelho comemora 50 anos de ordenação sacerdotal

O padre Manuel Coelho, pároco de Alcantarilha e Pêra, comemora 50 anos de ordenação sacerdotal, com uma eucaristia de ação de graças que terá no lugar no dia 27 de julho, na Igreja Matriz de Alcantarilha.

Segue-se um almoço, no Centro Pastoral de Pêra, para o qual estão abertas as inscrições, até ao dia 24 de julho. O almoço tem um custo de 15€ (adultos) e de 7,5€ (para crianças dos 4 aos 10 anos). As reservas podem ser feitas para o: 917183864.

Padre Manuel Coelho

Segundo o jornal Folha do Domingo, que publica uma entrevista com o sacerdote, o padre Manuel de Almeida Coelho, de 78 anos, “faz parte de uma leva de padres que na década de 1960 veio de vários pontos do norte do país para a Diocese do Algarve”, tendo sido ordenado no dia 27 de julho de 1969, na Sé de Faro. Depois de ordenado foi nomeado coadjutor da paróquia de São Bartolomeu de Messines, tendo sido ainda professor da telescola. Nas décadas seguintes passou por várias paróquias no Algarve, até que, em 2003, assumiu as paróquias de Alcantarilha e Pêra.

Em Pêra promoveu a recuperação da Igreja de São Francisco e da Igreja Matriz e a construção do Centro Pastoral, a recriação da paixão de Cristo ao vivo, realizada a cada dois anos. Foi ainda provedor da Santa Casa da Misericórdia de Alcantarilha, durante 10 anos.

Recorde-se que, em setembro de 2016, a Câmara Municipal de Silves aprovou por unanimidade, a atribuição de um voto de louvor ao padre Manuel Almeida Coelho, “pelo exemplo de vida e serviço do atual Prior das Paróquias de Nossa Senhora da Conceição de Alcantarilha e do Divino Espírito Santo de Pêra.”
O voto destaca o papel do pároco e o serviço que desenvolveu em prol das comunidades em que desenvolveu a sua atividade sacerdotal e de quem tem grande proximidade, desempenhando funções “quer como Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Alcantarilha, quer como responsável pelo Centro Paroquial de Pêra, onde sem regatear esforços está atento às necessidade do outro, bem como à prossecução do bem comum”.
Salienta-se, ainda, “a defesa que sempre fez do património do concelho, de onde ressalta a recente recuperação integral da Igreja Paroquial de Pêra”, bem como a “sua disponibilidade de participação nos eventos que ocorrem nas suas paróquias e no concelho” e a “a defesa que sempre fez, daqueles que lhe foram confiados”.

Veja Também

Mãos que partilham, em São Bartolomeu de Messines

Um grupo de residentes estrangeiros criou, recentemente, em São Bartolomeu de Messines, uma associação de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *