Home / Vida / Pessoas / GNR faz “Operação regresso às aulas 2018”

GNR faz “Operação regresso às aulas 2018”

A Guarda Nacional Republicana (GNR), na sua área de responsabilidade, no período de 12 a 21 de setembro, realiza um conjunto de ações de sensibilização dirigidas aos diversos intervenientes no ambiente escolar, desde professores, alunos e encarregados de educação.

Neste período, “as Secções de Prevenção Criminal e Policiamento Comunitário irão desenvolver diversas ações de sensibilização no âmbito da segurança em casa, na rua e ainda segurança rodoviária, destacando-se os temas da violência escolar e dos novos desafios da internet, em particular, das redes sociais.”

«A GNR tem à sua responsabilidade mais de 5 mil estabelecimentos de ensino, onde cerca de 1 900 militares irão promover estas ações e transmitir alguns conselhos de segurança, designadamente:

· Aos jovens estudantes

o Na deslocação de e para a escola circula sempre que possível acompanhado ou em grupo e evita passar em locais isolados ou com pouca luz;

o Nem sempre o caminho mais perto é o caminho mais seguro;

o Memoriza no telemóvel o número do Posto da GNR local, num dos números de marcação rápida;

o Espera pelos teus pais, por algum familiar ou amigo, dentro da escola;

o Na internet:

§ Escolhe bem os conteúdos que publicas;

§ Palavras-passe: não as deixes acessíveis, não as mostres a amigos, altera-as e usa diferentes para vários serviços;

§ Se te sentires ameaçado na internet, pede ajuda a outra pessoa;

§ Qualquer pessoa pode estar online. Não acredites em tudo o que te dizem ou mostram;

§ Não te isoles. Se te acontecer algo perturbador online, denuncia.

o Sempre que tiveres um problema, informa os teus pais ou encarregados de educação ou pede ajuda a um professor ou a um auxiliar da escola.

· Aos pais:

o Acompanhe o desenvolvimento escolar do seu filho e as suas rotinas;

o Ensine o seu filho a colocar o número do Posto da GNR local, num número de marcação rápida;

o Sempre que tiver conhecimento ou suspeita de que o seu filho ou colegas estejam a ser vítimas de ameaças, agressões ou outro tipo de crime, informe de imediato a GNR. A nossa ajuda poderá ser decisiva!»

Veja Também

Diagnóstico atempado podia evitar 60 por cento dos casos de perda de visão

Um estudo realizado pela Universidade Nova de Lisboa revela que dos mais de dois milhões de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *