Home / Economia & Emprego / Economia / Universidade Pensar Global Agir Local, em Silves

Universidade Pensar Global Agir Local, em Silves

Decorrerá no dia 11 de julho, na Biblioteca e Mercado Municipal, em Silves, mais uma edição da Universidade “Pensar Global, Agir Local”, organizada pela Associação In Loco, em parceria com a Câmara Municipal de Silves e Junta de Freguesia de Silves.
A edição deste ano tem como tema “Produção: Um retrato do território” e “pretende apresentar um retrato global da produção agroalimentar na atualidade, discutir o Estatuto da Agricultura Familiar – recentemente apresentado pelo governo, e propor, através de workshop’s e visitas a explorações agrícolas, uma reflexão com os pés na terra sobre formas eficazes de criar territórios mais sustentáveis.”
O evento contará com a presença de “entidades representativas dos vários intervenientes setoriais” e também com a presença do secretário de Estado das Florestas e Desenvolvimento Rural, Miguel Freitas
Haverá também um programa cultural em paralelo, onde serão organizadas ações de rua, demonstrações de gastronomia saudável & acessível e exibição de filmes comentados, em estreita articulação com o “Mercado Fora D’horas”, que decorre nesse mesmo dia, no Mercado Municipal de Silves.
A participação é gratuita e aberta, mas há inscrições obrigatórias que devem ser feitas no site da associação In Loco.

Programa- Produção Agrícola – Um retrato do território

9h- Receção dos participantes
9h15-Sessão de abertura
Rosa Palma / CM Silves
Tito dos Santos Coelho/ Junta de Freguesia de Silves
Artur Gregório / Associação In Loco
Miguel Freitas / Secretaria de estado das Florestas e Desenvolvimento Rural

9h30- O que produzimos… ou o que deixámos de produzir… retrato de um território
Joaquim Mealha

10h- O estatuto da pequena agricultura familiar no contexto rural
O olhar político / Miguel Freitas e Fernando Severino (Diretor da DRAPALG)
O olhar dos investigadores / Agostinho de Carvalho
O olhar dos agricultores / APAGARBE, Rui Sousa, ASCAL

10h45- Pausa

11h- O estatuto da pequena agricultura familiar no contexto rural
O olhar dos distribuidores
O olhar dos consumidores / Cláudia Gonçalves (Fruta Feia)
O olhar das organizações da sociedade civil / Nossa Terra, Luís Chaves (Federação Minha Terra)

12h- 30- Debate
13h- Pausa para almoço livre

15h- Preparação de posição conjunta sobre estatuto da agricultura familiar

16h – Workhop’s paralelos
“Como dimensionar a horta para a produção de alimentos” Para subsistência familiar e para alojamento local- Visita a uma horta, com a colaboração de Carlos Cabrita
2 – “Como dimensionar a produção para abastecer uma cidade e uma escola” (em sala), com a colaboração de Samuel Niza, do Instituto Superior Técnico da Universidade de Lisboa

Local: Mercado Fora d’ Horas – no Mercado Municipal de Silves:

19h- A ação de rua – “é daqui?!”, com Adelaide Fonseca
21h30- Filmes comentados – “Olhar o território através da produção de alimentos”, com Joaquim Mealha
22h- A ação de rua – “é daqui?!”, com Adelaide Fonseca
22h- Momentos gastronómicos– “É daqui e da época!”, com os chefes Abílio Guerreiro e Margarida Vargues

Partilhe nas redes socias:
Share on Facebook
Facebook
0Pin on Pinterest
Pinterest
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

Veja Também

TAP nada faz pelo Algarve, acusam os deputados do PSD eleitos pela região

Os deputados do PSD eleitos pelo Algarve, Cristóvão Norte, Rui Cristina e Ofélia Ramos, entendem …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *