Conselho Regional elegeu Comissão Permanente e representante do Algarve no CES

O Conselho Regional do Algarve aprovou, na reunião que decorreu no dia 27 de outubro, a nova composição da respetiva Comissão Permanente e os representantes do Algarve no Conselho Económico e Social (CES).

A eleição da Comissão Permanente do Conselho Regional decorreu da necessidade de substituição de membros, dado o falecimento do anterior presidente da Câmara Municipal de Albufeira, Carlos Silva e Sousa, que detinha o cargo de vice-presidente, bem como da cessação de funções da ex-presidente da Câmara Municipal de Lagos, Joaquina Matos, e do ex-presidente da ACRAL,  Vítor Guerreiro.

O Conselho Regional do Algarve é o órgão consultivo da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve (CCDR Algarve) representativo dos vários interesses e entidades relevantes para a prossecução dos seus fins, sendo presidido por Vítor Aleixo (presidente da Câmara Municipal de Loulé), e é integrado pelos presidentes das câmaras municipais e dois representantes das freguesias e cerca de uma vintena de instituições do tecido económico e social da região, podendo participar todos os membros do Conselho de Coordenação Intesetorial, embora sem direito a voto.

Reunião da Comissão Permanente

Aprovada por maioria, a nova Comissão Permanente é composta pelo presidente da Câmara Municipal de Loulé, Vítor Aleixo, que preside a este órgão, pelo presidente da Câmara Municipal de Albufeira, José Carlos Rolo, com as funções de vice Presidente, e por Ana Paula Martins (presidente da Câmara Municipal de Tavira), Rogério Bacalhau (presidente da Câmara Municipal de Faro), Osvaldo Gonçalves (presidente da Câmara Municipal de Alcoutim), Vítor Neto (presidente do NERA – Associação Empresarial do Algarve) e Paulo Alentejano (presidente da ACRAL – Associação de Comércio e Serviços do Algarve), que ocupam as posições de vogais.

A eleição de representantes no Conselho Económico e Social, que decorre da Lei n.º 108/91 de 17 de agosto, traduziu-se na designação de Luís Encarnação, presidente da Câmara Municipal de Lagoa, como membro efetivo, e de Augusto Amaral, presidente da Câmara Municipal de Castro Marim, como membro suplente, sendo a mesma igualmente aprovada por maioria.

No final dos trabalhos, o presidente do Conselho Consultivo propôs um Voto de Louvor ao presidente da CCDR Algarve, Francisco Serra, sublinhando a sua entrega à causa pública, capacidade de diálogo e emprenhamento na criação de pontes entre os serviços públicos e a sociedade civil ao longo dos quatro anos e meio do seu mandato, o qual foi aprovado por unanimidade.

Fonte: CCDR Algarve

Veja Também

ACRAL diz que Governo não pode ignorar a recessão económica que se vive no Algarve

A Associação do Comércio e Serviços da Região do Algarve (ACRAL) divulgou os dados de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *