Home / Concelho / Projeto de Central Fotovoltaica em Messines está em Consulta Pública

Projeto de Central Fotovoltaica em Messines está em Consulta Pública

Está em Consulta Publica, até ao dia 22 de maio, o projeto da “Central Fotovoltaica de Silves”, a construir no Ribeiro Meirinho, na freguesia de São Bartolomeu de Messines.
Os documentos estão disponíveis, aos cidadãos e entidades que queiram participar neste processo, no site da CCDR Algarve e no site www.participa.pt .

A Central de Produção de Energia Elétrica Solar Fotovoltaica ficará instalada no sítio do Ribeiro Meirinho, num prédio rústico com 133.940 m2, cujo acesso se faz através da estrada da Fonte João Luís.
O promotor é a empresa Enforce – Engenharia de Energia, S:A., com sede na Covilhã.
A nova central terá 34 200 módulos fotovoltaicos policristalinos, instalados em estruturas metálicas e 5 estações. A potência pico instalada é de 11,286 MWp.
O projeto de viabilidade prévia foi apresentado em julho de 2018 à Câmara Municipal de Silves que o considerou viável, desde que a instalação da Central fosse feita “na faixa classificada pelo PDM como espaços industriais”, uma área de 725m2.

No entanto, os promotores pretendem ocupar uma área mais extensa, onde existe um povoamento de sobreiros, árvores que são protegidas pela legislação nacional. Assim, os mesmos pretendem abater 335 sobreiros, garantindo que como medida de compensação serão plantados 1.105 sobreiros na zona Este da propriedade. Para este abate, que a lei só autoriza na presença de um “empreendimento de imprescindível utilidade pública”, será necessária a autorização do ICNF.

Vista geral do terreno onde será instalada a Central

Além de sobreiros, a propriedade tem ainda pinheiros mansos, eucaliptos, olival e carrascos, além de outra vegetação, mas o Estudo de Incidências Ambientais não detetou a presença de espécies de flora ou fauna que tenham estatuto de conservação especial. Também não foram detetadas incidências patrimoniais, com valor arqueológico.

No caso de ser aprovada, a construção irá iniciar-se ainda este ano e tem um prazo de 12 meses para a sua conclusão. Está previsto que a mesma crie dois postos de trabalho em permanência.

A Declaração de Incidências Ambientais deverá ser emitida pela CCDR Algarve até 11 de junho de 2019 e a entidade licenciadora é a Direção Geral de Energia e Geologia.

Silves o concelho com maior área

Segundo os referidos documentos, com a aprovação desta Central Fotovoltaica de Silves e da Central Fotovoltaica do Foral (também na freguesia de São Bartolomeu de Messines), o concelho de Silves passará a ser o concelho do Algarve com a maior área de produção fotovoltaica, cerca de 836 hectares, e com a maior potência instalada, cerca de 47 MWp.

Já o distrito de Faro, que atualmente ocupa a terceira posição, com 19 centrais em funcionamento, passará para a segunda posição.
É referido ainda que este “projeto contribuirá anualmente para a não emissão de 6.968 toneladas /ano de C02, para a atmosfera”, tendo um “impacte positivo muito significativo ao nível da independência energética e ao nível da produção de energia limpa”.

Veja Também

Museu do Traje em Messines fechado para desinfestação

O Museu do Traje e das Tradições, localizado em São Bartolomeu de Messines, estará encerrado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *