Home / Economia & Emprego / Empresas / Jazz nas Adegas tem nova edição, de janeiro a abril

Jazz nas Adegas tem nova edição, de janeiro a abril

Face ao enorme êxito da 1ª edição Jazz nas Adegas que no ano passado esgotou todos os concertos, a autarquia de Silves decidiu retomar esta iniciativa em 2018, com um programa alargado, com mais concertos e mais adegas.

O referido programa foi apresentado no Castelo de Silves, no Dia Europeu do Enoturismo e é o seguinte:

-Low Tech Groove- 13 de janeiro, 21h- Quinta João Clara, Alcantarilha
-Jazz à Capela- 20 de janeiro, 21h- Convento do Paraíso, Quinta do Lagar, Silves
-Chustinatra- 10 de fevereiro, 21h- Quinta do Francês, Silves
-Power Trio- 24 de fevereiro, 21h- Quinta do Barradas, Sítio da Venda Nova, Silves
-P.L.I.N.T. Trio- 10 de março, 21h- Quinta do Barranco Longo, Alcantarilha
-Badalo Quarteto- 17 de março, 21h- Quinta da Vinha, Sítio da Vala, Silves
-Alexandre Dahmen trio- 07 de abril, 21h- Quinta do Outeiro, Silves
-Yanina Mantuano- 14 de abril, 21h- Quinta da Malaca, Pêra

O ciclo de concertos em adegas nasceu de uma candidatura que o Município de Silves apresentou à Secretaria de Estado do Turismo e Secretaria de Estado da Cultura, no âmbito do programa «365 Algarve». Este ano, a Câmara Municipal prossegue o mesmo objetivo: “dinamizar culturalmente os locais onde se produzem os vinhos de Silves”, proporcionando ao público um ambiente pouco usual para um concerto de jazz.

 

Quem desejar participar deve obrigatoriamente efetuar reserva, tendo o ingresso, para cada sessão, o custo de 10,00€ (inclui, para além do concerto, prova de vinhos do produtor, voucher de visita ao Castelo e Museu Municipal de Arqueologia e a oferta de uma garrafa de vinho). O período de reservas inicia-se um mês antes da data da sessão. O evento destina-se a maiores de 18 anos.

 Reservas: Sector de Turismo da CMS | tel.: 282 440 800 | email: turismo@cm-silves.pt; Quem efetuar reservas deverá chegar meia hora antes da hora de início da atividade para levantar o seu bilhete.

Veja Também

Central de Lamas em Messines, projeto esteve parado durante anos mas vai avançar agora

O projeto de construção de uma central de tratamento das lamas produzidas pelas ETAR do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *