Arquivos Tags: Vem bater à minha porta

Projeto “Vem bater à minha porta” esteve na Azilheira

O projeto de animação comunitária “Vem bater à minha porta”, dinamizado pelo Município de Silves, foi até à Azilheira, freguesia de São Marcos da Serra, visitar Maria Fernanda Messias. “A rua, um ambiente de plena tranquilidade, foi o local escolhido para partilhar as histórias da D. Maria, e outros temas que atraíram a sua mãe a participar na conversa. Ambas, no final da conversa, partilharam como ocupam o seu dia-a-dia, com a lida da casa e do campo”. A autarquia relembra que o projeto “pretende estimular a memória e dar resposta ao isolamento da população mais idosa do concelho, através …

Ler Mais »

“Vem bater à minha porta”, foi à casa de Maria Emília Águas, em Silves

O projeto de animação comunitária “Vem bater à minha porta”, dinamizado pelo Município de Silves, foi até à freguesia de Silves, visitar a D. Maria Emília Águas. “Numa tarde marcada pela partilha de experiências e memórias de outros tempos, ficámos a conhecer as várias profissões que a simpática senhora de 78 anos exerceu, assim como ocupa os tempos livres, através da costura e trabalhos manuais”, conta a autarquia. “Recorde-se que o projeto “Vem bater à minha porta”, dinamizado através de visitas domiciliárias, tem como principal objetivo estimular a memória e dar resposta ao isolamento da população mais idosa no concelho, …

Ler Mais »

Projeto “Vem bater à minha porta” foi a Pêra

O Município de Silves continua a promover o projeto de animação comunitária “Vem bater à minha porta”. Desta vez, rumou até Pêra para uma tarde de partilha com a D. Guilhermina da Assunção Pina. “A conversa foi marcada pelas memórias vividas em família, com quem partilha uma grande cumplicidade”, informa a Câmara Municipal de Silves. A autarquia tem vindo a desenvolver o projeto “Vem bater à minha porta”, dinamizado através de visitas domiciliárias, tem como principal objetivo estimular a memória e dar resposta ao isolamento da população mais idosa no concelho, exercitando as suas capacidades intelectuais e de expressão. “O projeto …

Ler Mais »

“Vem bater à minha porta” foi a Pêra

O projeto de animação comunitária “Vem bater à minha porta”, dinamizado pelo Município de Silves, foi até à freguesia de Pêra, visitar a D. Maria Helena Mota. “Numa tarde marcada pela partilha de experiências e memórias de outros tempos, ficámos a conhecer a forma como a simpática senhora de 84 anos ocupa os tempos livres, a tratar das plantas e a ver televisão, fazendo questão de todos os dias sair um pouco de casa”, escrevem as técnicas da Câmara Municipal de Silves dinamizadoras deste projeto que “pretende estimular a memória e dar resposta ao isolamento da população mais idosa do …

Ler Mais »

Programa de animação comunitária “Vem Bater à Minha Porta” – a combater a solidão

A D. Lucília Sacramento, de Silves, e a D. Odete Santos, da Cumeada, foram as primeiras pessoas a abrir a porta à iniciativa promovida pelo Município de Silves. Seguiu-se a D. Anabela Viegas, de Corte Mourão. O projeto de animação comunitária “Vem bater à minha porta” dinamizado através de visitas domiciliárias, tem como principal objetivo” estimular a memória e dar resposta ao isolamento da população mais idosa no concelho; através da dinamização de jogos com imagens temáticas de tempos livres, animais de estimação, memórias e de curiosidades, exercitando assim, as suas capacidades intelectuais e de expressão”. Neste contexto, na primeira …

Ler Mais »

Projeto “Vem bater à minha porta”, combate a solidão dos idosos

A Câmara Municipal de Silves implementou através dos Polos de Educação ao Longo da Vida, o projeto “Vem bater à minha porta”. Esta iniciativa tem como objetivo estimular a memória e dar resposta ao isolamento da população mais idosa no concelho. “Trata-se de um novo projeto de animação comunitária, dinamizado através de visitas domiciliárias, onde será trabalhado o desgaste neurológico dos mais idosos, através de jogos com imagens de tempos livres, de animais de estimação, de memórias e de curiosidades, pondo assim, em funcionamento as capacidades intelectuais e de linguagem dos participantes”, informa a autarquia. Para beneficiar deste projeto, deve …

Ler Mais »