Arquivos Tags: toponímia

Toponímia de Silves e de Alcantarilha e Pêra está em Consulta Pública

 Encontra-se em consulta pública, desde o passado dia 16 de janeiro e pelo prazo de 30 dias úteis, as propostas para atribuição de toponímia na Freguesia de Silves – Cerro de S. Miguel e Estação de Silves e na União de Freguesias de Alcantarilha e Pêra – Pêra – Encosta Dourada e Pêra Sul, propostas pela Comissão Restrita de Toponímia. Os interessados poderão apresentar, durante o período de consulta pública, por escrito, sugestões sobre quaisquer questões que possam ser consideradas relevantes, endereçados à Presidente da Câmara Municipal de Silves, Largo do Município, 8300 -117 Silves, ou ainda através do e …

Ler Mais »

Município de Silves disponibliza online informação sobre toponímia e números de polícia

A Câmara Municipal de Silves passou a disponibilizar online “toda a informação referente a toponímia, aprovada pela Comissão Municipal de Toponímia, e a numeração de polícia objeto de definição e/ou redefinição resultantes do processo de revisão integral dos números de polícia para todos os arruamentos do concelho com lacunas ou deficiências estruturais identificadas”. Esta já pode ser consultada no site do Município de Silves em https://www.cm-silves.pt/pt/menu/1827/toponimia-e-numeracao-de-policia.aspx. “De referir que a atribuição de toponímia e de numeração de polícia constitui um procedimento fundamental no âmbito do ordenamento territorial, não só por razões de referenciação espacial mas, também, para garantir um registo …

Ler Mais »

A toponímia nas sedes de freguesia do concelho de Silves – III

A 26 de abril de 1965, e pelo período de oito anos, Salvador Gomes Vilarinho assumiu a presidência da Câmara Municipal de Silves e por sua proposta Armação de Pêra ganhou novos topónimos, tendo sido deliberado “dar o nome Rua Dr. Oliveira Salazar à Rua III”, “dar o nome de Rua D. Afonso III a uma rua existente a norte da Praceta D. Elisa Santos Gomes que por ter uma curta existência ainda não lhe tinha sido atribuído”  e “dar à actual Rua II o nome de D. João II” . Os últimos topónimos do período do Estado Novo foram …

Ler Mais »

A toponímia nas sedes de freguesia do concelho de Silves – II

As décadas de 1950 e 1960 ficaram marcadas por um crescente desenvolvimento urbanístico de Armação de Pêra e como tal o aparecimento de diversos arruamentos o que originou a atribuição de quatro dezenas de topónimos. Por conseguinte, a 31 de agosto de 1956, a edilidade silvense aceitou a proposta da Junta de Freguesia de Armação, deliberando “dar-se ao largo em frente da Fortaleza a designação de “Largo Comandante Henrique Tenreiro”” , todavia este largo é conhecido e denominado como Largo da Fortaleza. No ano seguinte, a Junta de Turismo de Armação de Pêra apresentou à Câmara as sugestões “de dar …

Ler Mais »

A toponímia nas sedes de freguesia do concelho de Silves – I

A toponímia, que etimologicamente se define como o estudo histórico ou linguístico da origem dos nomes próprios dos lugares, é primordial como princípio de identificação, orientação, comunicação e localização de imóveis. A designação toponímica assume particular importância na preservação da memória e identidade cultural das gentes, perpetuando nomes, factos, costumes e eventos, dando-nos a conhecer a evolução histórica dos lugares e respetivas populações, além de facilitar a localização de geográfica. Durante séculos a toponímia nasceu espontaneamente da convivência quotidiana dos moradores com os lugares, não tinha outro fim senão servir de referência a uma rua, largo ou sítio e adotada …

Ler Mais »

A toponímia na cidade de Silves – Após a Revolução de Abril

4. Toponímia criada após a Revolução de Abril O 25 de Abril, data marcante da história portuguesa que devolveu a liberdade ao país, também se fixou em muitas artérias de Silves, através dos topónimos que o evocam. Foi assim um pouco por todo o país, trazendo para as ruas das localidades nome do movimento e de personalidades que combateram pela democracia e pela liberdade, acabando por eliminar as referências ao antigo regime. Na primeira reunião ocorrida após a revolução, a 7 de maio, o anterior presidente, Carlos da Conceição Pinto, colocou à disposição o mandato de toda a Câmara e …

Ler Mais »

A toponímia de Silves no Estado Novo

3. A toponímia no Estado Novo A 28 de maio de 1926 deu-se o golpe sob o comando do general Gomes da Costa, que instituiu a Ditadura Militar, um regime autoritário que substituiu a I República e a partir do qual se estruturou o Estado Novo. Em Silves, no que respeita à denominação das artérias da cidade, o Estado Novo não fez grandes mudanças toponímicas a nível ideológico, como na I República, mas avançou, essencialmente, com a reposição de alguns topónimos tradicionais e a valorização de um cunho historicista, registado na celebração de diversas figuras históricas e de grande relevo …

Ler Mais »

PS critica inação da Câmara de Silves relativamente à toponímia no concelho

O Partido Socialista considera “lamentável” a forma como a Câmara Municipal de Silves  faz “total descaso de um assunto de enorme importância em qualquer concelho, como é a toponímia”. Em comunicado, a Comissão Concelhia do PS/Silves, cita o seu presidente, Luís Guerreiro que lembra que este tema foi debatido em setembro, na Assembleia Municipal, “mas nada aconteceu desde então”. “Existem por todo o concelho, ruas às quais falta atribuir nomes; outras já têm nome, mas ainda não foram colocadas as respetivas placas. De acordo com a informação disponibilizada no site da Junta de Freguesia de Armação de Pêra, e refiro …

Ler Mais »

A toponímia na cidade de Silves – A republicanização da toponímia

Em Silves, no edifício da Câmara, encontra-se patente, até ao final do mês de outubro a Exposição do Arquivo Municipal com o tema «A toponímia na cidade de Silves – II- A republicanização da toponímia em Silves». O Terra Ruiva colabora com esta iniciativa do Arquivo Municipal publicando um resumo da exposição. A versão integral, com o texto e as imagens, está disponível aqui: Expo_DM_10_2020 A toponímia na cidade de Silves – De finais do século XIX à revolução de Abril 2. A republicanização da toponímia de Silves Após a revolução de 5 de outubro, a 11 de janeiro de …

Ler Mais »

A toponímia na cidade de Silves: I – Silves e a toponímia até à I República

Em Silves, no edifício da Câmara, encontra-se patente,  a Exposição do Arquivo Municipal com o tema «A toponímia na cidade de Silves”., que se desenrola até ao mês de  novembro. O Terra Ruiva colabora com esta iniciativa do Arquivo Municipal publicando um resumo da exposição. A versão integral, relativa ao mês de setembro, com o texto e as imagens, esta disponível aqui: A toponímia na cidade de Silves – I – Silves e a toponímia atá à I República A toponímia, que etimologicamente se define como o estudo histórico ou linguístico da origem dos nomes próprios dos lugares, constitui um …

Ler Mais »