Arquivos Tags: Paula Bravo

Tertúlia em Silves debate política cultural

“Política cultural em Silves, que desígnios de futuro” é o tema da tertúlia que terá lugar no dia 23 de fevereiro, pelas 21 h, no Teatro Mascarenhas Gregório, em Silves. A tertúlia terá como convidados, os professores Paulo Penisga e António Guerreiro, a presidente da Sociedade Filarmónica Silvense,  Maria Fernanda Silva e o ator Dinis Gomes. A moderadora será Paula Bravo, diretora do Terra Ruiva. A organização é da Associação Grupo dos Amigos de Silves, com a colaboração da Câmara Municipal de Silves.

Ler Mais »

Conferência XXI na Mostra da Laranja para discutir recursos hídricos e a agricultura

A “Conferência XXI”, que terá lugar a partir das 14h30 do dia 16 de fevereiro, na Sala de Colóquios da Fissul,  integrada na 8.ª Mostra Silves Capital da Laranja, reunirá diversos especialistas em temas relacionados com os recursos hídricos e a citricultura. Este ano, com um formato diferente, a conferência divide-se em dois painéis, com o objetivo de discutir a “Gestão de Recursos Hídricos e Outros” e “A rega como futuro da agricultura”. O programa da conferência é o seguinte: Mesa de abertura Rosa Palma (Presidente CMS) José Apolinário (Presidente CCDR Algarve) André Gomes (Presidente RTA) Pedro Coelho (Diretor Regional …

Ler Mais »

Milhões não fazem chover

No dia em que esta edição sair para a rua (7 de fevereiro), terá acontecido mais uma concentração junto ao Hospital de Portimão, convocada pela Comissão de Utentes do Serviço Nacional de Saúde. Pessoalmente (mea culpa) nunca fui a nenhuma concentração em Portimão, ao hospital que mais serve a nossa população. Mas já estive em protestos em São Bartolomeu de Messines, Silves, Alcantarilha. Em todos o mesmo cenário: os protestos todos mais do que justos, as necessidades mais do que muitas… mas uma fraca participação popular. Uns dizem que não sabiam, outros não podiam àquela hora, ou que estavam a …

Ler Mais »

2024

No início de cada ano, torna-se quase inevitável trazer para assunto de destaque os balanços e as antevisões. O ano de 2024, já todos o percebemos, adivinha-se particularmente complexo pelas incertezas que arrasta de 2023. Por um lado, temos de lidar com as consequências e as incertezas provocadas por guerras que se refletem na nossa vida do dia a dia. A escalada e a duração destes conflitos ditarão – e muito – o desenrolar do ano de 2024. A nível internacional também não ficaremos imunes aos resultados, sejam eles quais forem, das eleições europeias ou americanas, e estas últimas, em …

Ler Mais »

Os outros – Margarita e Said

Encontrei-me com a Margarita e o Said, pela última vez, em 1986. Era agosto, estávamos em Atenas, tínhamos percorrido o circuito turístico e assistido ao Festival do KKE (um festival semelhante à Festa do Avante, organizado pelo Partido Comunista Grego) e escutado algumas das vozes gregas mais poderosas da altura. Ao nos despedirmos, tínhamos a convicção de que nunca mais nos veríamos e que a Margarita, companheira quase diária dos últimos três anos, não voltaria a alegrar os meus dias com o seu riso alto e com as expressões gregas que eu repetia, imitando a sonoridade. E sabíamos que não …

Ler Mais »

Morra a tradição, viva a tradição

Dois assuntos me puxam para o título deste texto, o estado das feiras anuais e dos mercados municipais do concelho. A propósito das feiras de São Bartolomeu de Messines (Feira de Setembro) e de Silves (Feira de Todos os Santos) ouve-se um lamento/queixa geral de que ambas estão em declínio. Quando era miúda esperava pela Feira de Setembro com impaciência. Também a Feira de Silves, no Dia de Todos os Santos, era aguardada. Sendo feriado e dia de aniversário da minha mãe, era na Feira de Silves que passeávamos e comprávamos iguarias. Nos outros dias, a Feira, instalada junto às …

Ler Mais »

A “trollice” da Internet

Hoje faço uma reflexão dedicada à “trollice” que reina no vasto mundo das redes sociais. E quando me refiro a “trollice” leia-se comportamento de troll, que, “na gíria da Internet, designa uma pessoa cujo comportamento tende sistematicamente a desestabilizar uma discussão e a provocar e enfurecer as pessoas nela envolvidas.” Há poucas semanas, uma breve notícia publicada na nossa edição online dava conta do casamento do cantor Diogo Piçarra, na Quinta do Paço, no Algoz. A notícia foi também publicada na nossa página no Facebook. E aqui começaram as complicações: – Ponto nº 1: a frase sublinhada foi rebatida, gozada …

Ler Mais »

Cuidados paliativos

Terminaram os dias de agosto e no coletivo dos habitantes do Algarve há assim como que um suspiro e um sentimento de que voltamos à nossa vidinha tranquila… Este suspiro, curiosamente, é partilhado por muitos dos que se sustentam do sector do turismo, empregados ou patrões. Porque agosto é demais. Sim, em todos os sectores. A questão é: e não seria possível evitar uma parte do caos que se instala na região? Tomo como exemplo a questão do lixo. Foi de tal forma neste mês que obrigou várias autarquias, como Silves, Portimão e Albufeira, a tomarem uma posição pública criticando …

Ler Mais »

O peso da história ou a necessidade de estimar

Por vezes encontro pessoas que me dizem não compreender a importância (e o espaço) que o Terra Ruiva dedica a assuntos da história local. Respondo que em parte é porque gosto muito de história, uma das disciplinas preferidas, um interesse em conhecer o antes de nós, os caminhos que se percorreram até chegar ao presente. Mas, independentemente do meu gosto pessoal, não nos seria possível desenvolver esta temática se não tivéssemos colaboradores de excelência, como o Aurélio Nuno Cabrita e o José Manuel Vargas, que têm feito um extraordinário trabalho de pesquisa e divulgação da história do concelho. Alguns me …

Ler Mais »

Mostra-me a conta

Muitas são as vozes que se têm insurgido contra o facto do edifício do Cineteatro Silvense se encontrar à beira da ruína, bem no meio da cidade, colocando já em causa a segurança pública. E ainda são mais aqueles que se lembram e recordam com nostalgia os filmes e espetáculos que por ali passaram e que marcaram épocas das suas vidas… O futuro do Cineteatro Silvense esteve há dias em discussão, numa tertúlia em Silves, na qual várias pessoas defenderam que a Câmara Municipal tem obrigação de recuperar o edifício e transformá-lo num novo pólo cultural na cidade. O que …

Ler Mais »