Home / Arquivos Tags: João de Deus

Arquivos Tags: João de Deus

Está esgotado o concerto de Tim e António Manuel Ribeiro em Messines

A Câmara Municipal de Silves informa que  estão esgotadas as entradas para o concerto de Tim (dos Xutos e Pontapés) e António Manuel Ribeiro (dos UHF) que encerrará no próximo dia 28 de março, pelas 21h30, no Auditório Francisco Vargas Mogo (Crédito Agrícola), em São Bartolomeu de Messines, as comemorações do aniversário de nascimento de João de Deus. “Um grande número de interessados em participar nesta ação visitaram nos últimos dias a Casa-Museu João de Deus, em S. B. Messines, levantando os seus vouchers, fazendo com que a lotação do espetáculo já esteja esgotada, pelo que se informa que já …

Ler Mais »

Recordar e reviver João de Deus

  Exposição “Recordar e reviver João de Deus – 189º aniversário do seu nascimento”  Em Silves, no edifício da Câmara, encontra-se patente, no mês de março, a Exposição do Arquivo Municipal com o tema “Recordar e reviver João de Deus -189º aniversário do seu nascimento”. O Terra Ruiva publica uma versão sintetizada do texto da exposição. A versão completa, com mais documentos e imagens, pode ser consultada aqui:Expo_DM_03_2019 Poeta lírico insigne e pedagogo exemplar, João de Deus foi uma das figuras mais populares e queridas dos portugueses dos finais do século XIX, considerado à época o primeiro do seu tempo …

Ler Mais »

Comemoração do aniversário de João de Deus também no Algoz

Um Apontamento Musical e de Leitura de Poemas assinala o 189º aniversário do poeta João de Deus, num evento a decorrer no domingo, dia 17 de março, pelas 15h30, no Espaço Cultural d’ Athaíde Oliveira, no Algoz. Participam neste evento o Grupo Coral da Casa do Povo de Messines e o Grupo de Teatro Penedo Grande. A organização é da Associação Patrimonial do Algoz, com o apoio da Câmara Municipal de Silves. A entrada é livre.

Ler Mais »

Exposição Internacional “Comenius e a Arte de Ensinar”, em Messines

A exposição internacional “Comenius e a Arte de Ensinar”, que já passou por várias cidades de três países, estará, em março, em São Bartolomeu de Messines, numa ação realizada no âmbito do 189.º aniversário de nascimento de João de Deus. Esta exposição, que  já esteve nas cidades de Barcelona e Málaga, em Espanha, Bolonha, em Itália, e Porto, em solo português, destaca Comenius, pedagogo do séc. XVII e pai do ensino pictórico, pensador universalista que defendia que se deve “ensinar, tudo a todos e totalmente”, uma premissa que continua válida nos dias de hoje. A sua principal obra, «Ditacta Magna», …

Ler Mais »

Já se iniciaram as comemorações do aniversário de João de Deus

Já estão a decorrer, em São Bartolomeu de Messines, as comemorações do 189º aniversário do poeta João de Deus. Hoje – dia 8 de março – dia do aniversário do homenageado, as cerimónias tiveram início às 10h, junto à estátua do poeta, na sua terra natal. Os alunos das escolas da freguesia e a presidente da Câmara Municipal de Silves depuseram flores junto ao monumento, que se encontrava ladeado por elementos dos Bombeiros Voluntários de Messines, em parada. Aconteceram ainda momentos musicais, pelos alunos do Jardim- Escola João de Deus e pelo Clube da Batucada, da Casa do Povo de …

Ler Mais »

189º Aniversário de João de Deus com vasto programa de atividades, no mês de março

O poeta e pedagogo messinense João de Deus será destacado ao longo de todo o mês de março numa extensa programação que tem como objetivo assinalar o 189º aniversário desta ímpar figura das letras nacionais. Ao longo destes dias o poeta e pedagogo será homenageado com iniciativas desportivas, musicais e artísticas, sendo também colocadas diversas placas toponímicas e memoriais nas freguesias de São Bartolomeu de Messines, Silves, Tunes e Pêra, permitindo que a população do concelho e os visitantes acedam a informações sobre a sua vida e obra, através da introdução de um código QR. Este programa vasto de iniciativas …

Ler Mais »

Memórias Breves (14) – “Les Misérables”

Iniciei a minha leitura desta obra universal que o escritor francês, Victor Hugo publicou, a 3 de Abril de 1862. Eu era um garoto que havia feito o meu exame, na época, dito de 4.ª classe, quando o meu avô-padrinho me levou à leitura desse admirável romance. Lembro: “Vem cá. Já sabes ler. Já és um “homem”. Dito numa alegria. Fomos ao lugar de guardar o que não deveria estar à vista: num baú, cerrado, estava a sua “biblioteca” coberta de roupa. Retirou um grosso livro. Levou-me para uma pequena divisão a que se dizia ser “sala”. Eu olhei o …

Ler Mais »

Memórias Breves (8)- Três poetas cristãos e revolucionários

TRÊS POETAS CRISTÃOS E REVOLUCIONÁRIOS – Eles vêm dos séculos XIX e XX: O João, o Bernardo e o Pablo. Só o último conheci num encontro, na chamada Ilha de França, por onde o rio Sena se divide, e depois se abraça, e onde se ergue a mais antiga catedral do país: Notre Dame de Paris. Mas vamos ao “primeiro” encontro: o João, nascido em Messines, no ano de 1830. O tempo das tragédias, como os cronistas do tempo nos deixaram testemunhos em narrativas, em tragédias políticas e moralistas , como Camilo Castelo Branco, nos narra nas suas “Memórias do …

Ler Mais »

Meu Deus

Meu Deus. Calma. Não é desabafo. Este cantinho de Terra Ruiva não dá para segredos de confessionário. O meu Deus de hoje é menos celestino do que o Outro. E muito mais novo. Chama-se João. João de Deus. Deus acorda estremunhado. Ergue-se do leito marmóreo. Agarra a sua viola toeira. Desafia a Amália, o Eusébio, a Sophia, o Guerra Junqueiro, companheiros de condomínio. Festa da rija? Ali mesmo? À luz das velas? Na Igreja de Santa Engrácia, em Lisboa? Não pode, pá. E o Paddy Cosgrave, espantado, tá bem, Deus, ok, não volto a pedir para me organizarem jantares da …

Ler Mais »

Memórias Breves (5) – João de Deus = Victor Hugo

JOÃO DE DEUS: Visão futurista do ensino. Um protector dos mais pequenos em tempos complexos. VICTOR HUGO: Um Homem de todos os tempos. Um génio visionário. A voz de todos os desvalidos. Nomes ligados à cultura europeia e de destinos paralelos. Ambos viveram o século XIX, por inteiro, na intensidade do tempo de grandes transformações na pedagogia, na literatura, nas artes, nas ideias, na ciência, nas transformações ideológicas. Ambos repousam por Lisboa e Paris, nos respetivos Panteões. Mas por que trago nesta afinidade dois europeus inesquecíveis? É que ambos marcaram os Tempos! Victor Hugo, pela dimensão universal da cultura francesa. …

Ler Mais »