Home / Paula Bravo (página 32)

Paula Bravo

Natural de S. Bartolomeu de Messines, nascida em 1963. Licenciada em Comunicação Social. Desde 1986, trabalhou em vários órgãos de comunicação nacionais e regionais. Dirigente associativa. Fundadora e diretora do Terra Ruiva desde abril de 2000.

Equipas de Futsal Feminino do Silves FC são campeãs distritais

Ver raparigas a correr atrás de uma bola ainda é um bocado estranho para algumas pessoas. Mas no Silves Futebol Clube há muitas raparigas que encontraram no Futsal o seu desporto de eleição. As duas equipas femininas sagraram-se nesta época Campeãs do Algarve e estão a competir no campeonato nacional. A existência da modalidade de Futsal em Silves deve muito a João Jóia, antigo presidente da direção do Silves FC e hoje responsável por este sector dentro do clube. “O futsal nasceu em 1999, quando eu era presidente da Direção, depois foi continuando, com altos e baixos”, conta este dirigente. …

Ler Mais »

Na secção Memórias: Entrevista ao coronel Costa Martins

 “O 25 de Abril, para mim, é uma forma de estar na vida”  (Entrevista  publicada na edição nº 34, abril de 2003. Texto e foto: Paula Bravo)      Na noite do dia 24 de Abril de 1974, o capitão Costa Martins entrou na Base Aérea de Figo Maduro, sozinho, com a sua pasta de cabedal, e algum armamento. E, durante quase uma hora, ficou sozinho “com o menino nos braços”, a pensar que avião levaria na fuga para a Argélia, se “as coisas corressem para o torto”. Mas não correram e começava aqui a “neutralização” da Força Aérea, condição …

Ler Mais »

Entre o que está e o que está por vir

É no meio de uma crise sem precedentes para a imprensa que o Terra Ruiva alcança nesta edição o seu 16º aniversário. Nos últimos dias, o maior nome da imprensa económica nacional o “Diário Económico”, o “Independent” (jornal britânico de referência, equivalente ao Público) e o Jornal do Baixo Guadiana, um mensário semelhante ao Terra Ruiva, editado pela Associação Odiana, passaram a ter apenas edições digitais. Por toda a parte tocam as campainhas de alarme. E nós por cá? O nosso aniversário é sempre uma ocasião para refletirmos sobre a imprensa e em particular sobre o papel e o futuro …

Ler Mais »

Entrevista a João Carlos Correia – “As pessoas que vêm para aqui têm de ter algo para dar”

João Carlos Correia, 44 anos, é, desde há seis anos, o presidente da Junta de Freguesia de S. Bartolomeu de Messines. Entrou na atividade política porque não se sentia bem “apenas a falar”.   Presidente caloroso e carismático foi reeleito nas últimas eleições autárquicas com cerca de 80 por cento dos votos. Reivindicativo e um eterno insatisfeito ( até consigo próprio), é também um homem de ação e os messinenses já se habituaram a ver o seu presidente a conduzir um camião ou uma máquina da Junta, ou a colocar o lixo nos contentores. Mas não é menor a sua …

Ler Mais »

Sector da Juventude da CMS a fazer “magia”

Na Câmara Municipal há um grupo de pessoas que desenvolve um trabalho para um público alvo cada vez menos definido, os jovens do concelho de Silves. Trata-se do Sector de Juventude. Mas, hoje em dia, o que é ser jovem? “Trabalhamos para um público que já não é criança mas ainda não é adulto”, diz Rute Santos, a coordenadora. Estávamos em 2008, quando foi lançado o conceito “Geração S” – “ um geração sorridente / sólida / surpreendente”. A juventude começava a ganhar visibilidade dentro da estrutura da autarquia. O objetivo era/é proporcionar aos jovens do concelho mais ferramentas para …

Ler Mais »

Ricardo Camacho – Arquiteto messinense foi finalista do prémio ArchDaily

O jovem arquiteto messinense Ricardo Camacho foi um dos finalistas do prémio ArchDaily, que atribui o Prémio Edifício do Ano. Na edição de 2016, que encerrou há poucos dias, havia sete projetos finalistas portugueses, entre os 70 finalistas selecionados para este prémio ao qual concorreram 3000 projetos de todo o mundo, distribuídos por 14 categorias. O projeto de Ricardo Camacho, o Parque Al Shaeed, no Kuwait, era um deles, inserido na categoria de Arquitetura Pública.                   Ricardo Camacho, nascido em 1979, é natural da freguesia de S. Bartolomeu de Messines, onde viveu …

Ler Mais »

História com pinças

Numa reunião para coordenar as comemorações do aniversário do poeta e pedagogo João de Deus, que animam Messines no mês de março, ouvi falar da relutância de algumas professoras em trabalharem João de Deus, com os seus alunos. Aparentemente, João de Deus é chato. Poupem-se as criancinhas! Em Silves, numa altura em que dava aulas na Escola Secundária, constatei, sem surpresa mas com tristeza, que os alunos não tinham qualquer conhecimento sobre o passado da sua cidade e sobre as diversas fases que esta atravessou, nem identificavam figuras grandes da nossa história local. Agora vou às reuniões de Câmara, reuniões …

Ler Mais »

Que futuro para o Museu da Cortiça de Silves?

Um fórum realizado em Silves, no dia 20 de fevereiro, colocou no mesmo espaço os principais intervenientes no complicado processo que envolve o Museu da Cortiça de Silves. Na essência, o debate serviu para esclarecer a situação: fazer o relato dos acontecimentos que permitem compreender como se chegou ao ponto atual; ouvir a opinião das diferentes partes e ficar a conhecer as iniciativas que cada um tem tomado. Outra importante questão ficou no ar: presumindo que se consegue salvar e recuperar o espólio do museu da cortiça de Silves, fará sentido abrir o espaço tal como está hoje? Ou é …

Ler Mais »

Jornadas do Arade convidam munícipes de Silves, Lagoa, Portimão e Monchique ( com programa)

A Teia D’Impulsos – Associação Social, Cultural e Desportiva (TDI) organiza a primeira edição das Jornadas do Arade, nos dias 12 e 13 de março, no Auditório do Museu Municipal de Portimão. “A avaliação do presente e a projeção do futuro de cada um dos municípios que constituem a Bacia do Arade podem e devem ser feitas também em conjunto, reunindo sinergias em prol da busca de respostas aos desafios atuais. Conferências, cursos de curta duração e oficinas de trabalho, debates, apresentação de posters e mesas-redondas darão corpo às Jornadas do Arade”, informa a organização. A apresentação de comunicações livres, …

Ler Mais »

É um projeto de muitos milhões… mas está suspenso

Estão concluídas as obras de modernização do regadio da Barragem do Arade que decorreram todo o ano de 2015. No entanto, esta imensa estrutura – um projeto de cerca de 8,5 milhões de euros – aguarda a sua entrada em funcionamento por não ter a devida autorização, por parte de Agência Portuguesa do Ambiente (APA) para fazer a ligação ao adutor da Barragem do Funcho. Perante este atraso, a Associação de Regantes e Beneficiários de Silves, Lagoa e Portimão ( a entidade responsável pela obra), informou entretanto “os agricultores do Bloco de Silves deste Perímetro Hidroagrícola que o atraso na …

Ler Mais »