Home / Paula Bravo (página 31)

Paula Bravo

Natural de S. Bartolomeu de Messines, nascida em 1963. Licenciada em Comunicação Social. Desde 1986, trabalhou em vários órgãos de comunicação nacionais e regionais. Dirigente associativa. Fundadora e diretora do Terra Ruiva desde abril de 2000.

Memórias: Celas interpôs providência cautelar contra Câmara de Silves ( publicada em maio de 2005)

Na edição de maio de 2005, o Terra Ruiva publicava esta notícia que marcava o inicio de um conflito judicial que se arrastou no tribunal durante vários anos. Em causa estava a cedência do edifício do ex-Matadouro Municipal, uma questão que não se encontra ainda totalmente esclarecida.  Em causa está o edifício do Matadouro Municipal O edifício do ex- Matadouro Municipal está a ser palco de uma polémica que teve este mês um novo desenvolvimento, já que o CELAS – Centro de Estudos Luso Árabes, interpôs uma providência cautelar reivindicando o direito ao edifício para sua sede e desenvolvimento de …

Ler Mais »

Ermidas em risco: Sant’Ana, Senhora da Saúde e Senhora do Pilar

A Ermida de Sant’Ana, na freguesia de S. Bartolomeu de Messines encontra-se desde meados de novembro sem uma parte do telhado que ruiu. A situação foi denunciada ao Terra Ruiva que se deslocou ao local comprovando a deplorável situação desta ermida erigida a alguns quilómetros da Vila. O telhado, que já se encontrava em mau estado, terá acabado por ruir aquando das fortes intempéries que se registaram este inverno, estando agora o interior da pequena igreja exposto aos elementos climatéricos.       Em Messines outra situação requer uma atenção urgente: a ermida da Nossa Senhora da Saúde corre o …

Ler Mais »

Sector da Cultura da Câmara de Silves- “Dar asas às associações e estimular a criatividade”

Quando se fala de cultura acontece aquilo que acontece quando se fala de futebol… toda a gente tem uma opinião! Mas quem faz do trabalho cultural o seu dia a dia, sabe que este é um trabalho exigente, difícil, e para o qual a recompensa tarda em surgir. Na Câmara Municipal de Silves há agora um Sector da Cultura que o Terra Ruiva foi conhecer, no decorrer de uma conversa com os seus intervenientes. No ano de 1991 nasceu na Câmara Municipal de Silves, a Divisão Sócio- Cultural, na qual “a cultura” estava integrada. Com o passar dos anos alterou-se …

Ler Mais »

Especial 25 de abril – “O Meu 25 de abril”, por Paula Bravo

O 25 de Abril de 1974 apanhou-me quando andava no 1º ano do ciclo, nuns barracões improvisados que durante muitos anos fizeram de escola em Silves. À hora que saíra de Messines, no autocarro de manhã bem cedo, nada fazia prever o magno acontecimento que irrompeu a meio da manhã: não havia mais aulas, os alunos que fossem para casa. Por entre o natural contentamento, queríamos saber o porquê deste feriado tão inesperado. Mas das professoras, agrupadas em torno do rádio do minúsculo carro da professora Sol, não saía nenhuma explicação. A mais plausível foi-me dada ainda nessa manhã, pelo …

Ler Mais »

Equipas de Futsal Feminino do Silves FC são campeãs distritais

Ver raparigas a correr atrás de uma bola ainda é um bocado estranho para algumas pessoas. Mas no Silves Futebol Clube há muitas raparigas que encontraram no Futsal o seu desporto de eleição. As duas equipas femininas sagraram-se nesta época Campeãs do Algarve e estão a competir no campeonato nacional. A existência da modalidade de Futsal em Silves deve muito a João Jóia, antigo presidente da direção do Silves FC e hoje responsável por este sector dentro do clube. “O futsal nasceu em 1999, quando eu era presidente da Direção, depois foi continuando, com altos e baixos”, conta este dirigente. …

Ler Mais »

Na secção Memórias: Entrevista ao coronel Costa Martins

 “O 25 de Abril, para mim, é uma forma de estar na vida”  (Entrevista  publicada na edição nº 34, abril de 2003. Texto e foto: Paula Bravo)      Na noite do dia 24 de Abril de 1974, o capitão Costa Martins entrou na Base Aérea de Figo Maduro, sozinho, com a sua pasta de cabedal, e algum armamento. E, durante quase uma hora, ficou sozinho “com o menino nos braços”, a pensar que avião levaria na fuga para a Argélia, se “as coisas corressem para o torto”. Mas não correram e começava aqui a “neutralização” da Força Aérea, condição …

Ler Mais »

Entre o que está e o que está por vir

É no meio de uma crise sem precedentes para a imprensa que o Terra Ruiva alcança nesta edição o seu 16º aniversário. Nos últimos dias, o maior nome da imprensa económica nacional o “Diário Económico”, o “Independent” (jornal britânico de referência, equivalente ao Público) e o Jornal do Baixo Guadiana, um mensário semelhante ao Terra Ruiva, editado pela Associação Odiana, passaram a ter apenas edições digitais. Por toda a parte tocam as campainhas de alarme. E nós por cá? O nosso aniversário é sempre uma ocasião para refletirmos sobre a imprensa e em particular sobre o papel e o futuro …

Ler Mais »

Entrevista a João Carlos Correia – “As pessoas que vêm para aqui têm de ter algo para dar”

João Carlos Correia, 44 anos, é, desde há seis anos, o presidente da Junta de Freguesia de S. Bartolomeu de Messines. Entrou na atividade política porque não se sentia bem “apenas a falar”.   Presidente caloroso e carismático foi reeleito nas últimas eleições autárquicas com cerca de 80 por cento dos votos. Reivindicativo e um eterno insatisfeito ( até consigo próprio), é também um homem de ação e os messinenses já se habituaram a ver o seu presidente a conduzir um camião ou uma máquina da Junta, ou a colocar o lixo nos contentores. Mas não é menor a sua …

Ler Mais »

Sector da Juventude da CMS a fazer “magia”

Na Câmara Municipal há um grupo de pessoas que desenvolve um trabalho para um público alvo cada vez menos definido, os jovens do concelho de Silves. Trata-se do Sector de Juventude. Mas, hoje em dia, o que é ser jovem? “Trabalhamos para um público que já não é criança mas ainda não é adulto”, diz Rute Santos, a coordenadora. Estávamos em 2008, quando foi lançado o conceito “Geração S” – “ um geração sorridente / sólida / surpreendente”. A juventude começava a ganhar visibilidade dentro da estrutura da autarquia. O objetivo era/é proporcionar aos jovens do concelho mais ferramentas para …

Ler Mais »

Ricardo Camacho – Arquiteto messinense foi finalista do prémio ArchDaily

O jovem arquiteto messinense Ricardo Camacho foi um dos finalistas do prémio ArchDaily, que atribui o Prémio Edifício do Ano. Na edição de 2016, que encerrou há poucos dias, havia sete projetos finalistas portugueses, entre os 70 finalistas selecionados para este prémio ao qual concorreram 3000 projetos de todo o mundo, distribuídos por 14 categorias. O projeto de Ricardo Camacho, o Parque Al Shaeed, no Kuwait, era um deles, inserido na categoria de Arquitetura Pública.                   Ricardo Camacho, nascido em 1979, é natural da freguesia de S. Bartolomeu de Messines, onde viveu …

Ler Mais »