Helena Pinto

Psicóloga Clínica e Psicoterapeuta Formadora da Ordem dos Psicólogos Portugueses (Situação profissional dos Psicólogos; Ética e Deontologia, Intervenção em Situação de Emergência e catástrofe) e Membro do Conselho de Representantes da Ordem dos Psicólogos Portugueses. Consultora da área da Gestão de Carreira

Compromisso pessoal de mudança

(cont. partilha de Janeiro, Fevereiro e Março) Este é o mês em que comemoramos a Revolução de Abril que nos trouxe a mudança, a construção de alternativas de vida novas. É assim, o mês apropriado para concluirmos o nosso tema falando de novas alternativas de comportamento, da possibilidade de construção de um presente e de um futuro melhor. Estamos a falar da etapa cinco do processo pessoal de mudança. Etapa Cinco – Criar novas alternativas de comportamentos. Nesta etapa, é preciso gerar novas alternativas de conduta para substituir o comportamento inadequado. Se não colocar um comportamento adequado e adaptativo no …

Ler Mais »

Compromisso Pessoal de Mudança III

Compromisso Pessoal de Mudança III (cont. partilha de Janeiro e Fevereiro) Como combinado, continuaremos neste número a conversar sobre as questões da mudança pessoal. Já falámos da importância de definir o comportamento a mudar, da necessidade de analisar e entender esse comportamento inadequado e qual a sua função/papel, de identificar os ganhos secundários que obtém com esse comportamento. Este mês gostaria de partilhar com os leitores algumas ideias sobre a necessidade de especificação e definição da importância da mudança de determinado comportamento para o próprio. Estamos a falar da etapa três do processo de mudança. Etapa Três – Especificar a …

Ler Mais »

Compromisso pessoal de mudança II

Dando continuidade ao tema de partilha do mês anterior, recordo algumas ideias aí referidas. Para realizar um processo de mudança pessoal é preciso entender este mecanismo e criar uma estratégia para substituição do comportamento inadequado por outros hábitos que sejam válidos para a pessoa como um todo, e que satisfaçam as necessidades inconscientes que possam existir. É necessário que a pessoa realize um esforço de autoconhecimento, análise e meditação. Através deste processo, o individuo poderá percorrer um caminho que o levará a operar as mudanças necessárias na sua vida. Identifiquemos então algumas etapas que é necessário identificar e ultrapassar: Etapa …

Ler Mais »

Compromisso Pessoal de Mudança

A todos os leitores, antes de mais, quero desejar um bom Ano 2016! Que este seja um ano de conquistas e renovações, na construção de um caminho de felicidade. Todos os anos, ao começar um novo ano, ouvimos frequentemente dizer “Ano Novo Vida Nova!”. Contudo, nem sempre se passa do pensamento à prática, pois o processo de mudança pessoal é provavelmente uma das tarefas mais difíceis de realizar pelo ser humano. Vamos iniciar as nossas partilhas do ano falando sobre o compromisso de mudança que necessitamos de fazer connosco próprios para conseguirmos dar o salto das boas intenções para a …

Ler Mais »

A importância do sono ( cont.)

Como conversado na edição anterior, a qualidade do sono que dormimos é de uma extrema importância para o crescimento, para a memória, para a aprendizagem, para a nossa saúde em geral. Como referi, nesta edição e dando continuidade ao tema, vou partilhar com os leitores algumas ideias sobre os efeitos do uso/abuso das tecnologias, nomeadamente o seu efeito sobre a qualidade do sono. A tecnologia pode ser um inimigo do bom sono. Um estudo publicado no Brasil pelo IPOM apontou que 82% dos jovens avaliados dormem com o telemóvel ligado ao lado da cama. Os sinais sonoros enviados pelas mensagens, …

Ler Mais »

Acreditar e Agir

Caros leitores hoje gostaria de partilhar convosco uma pequena história, que deixo para reflexão: “Um viajante caminhava pelas margens de um grande lago de águas cristalinas e imaginava uma forma de chegar até o outro lado, onde era seu destino. Suspirou profundamente enquanto tentava fixar o olhar no horizonte. A voz de um homem de cabelos brancos quebrou o silêncio momentâneo, oferecendo-se para transportá-lo. Era um barqueiro. O pequeno barco envelhecido, no qual a travessia seria realizada, era provido de dois remos de madeira de carvalho. O viajante olhou detidamente e percebeu o que pareciam ser letras em cada remo. …

Ler Mais »

O papel da Afetividade no processo de ensino e aprendizagem

Na maioria dos contextos, a relação professor e aluno é vista apenas no que se refere à transmissão de conhecimentos, mas este quadro vem mudando depois que se percebeu a relevância da afetividade no processo de ensino e aprendizagem. Vamos falar da afetividade, na perspetiva pedagógica do termo, tendo em vista a relação professor-aluno, independentemente da idade do aluno. Quando pensamos no papel do professor dentro da sala de aula é importante ressaltar que algumas das suas atribuições são: incentivar o aluno, orientá-lo, tirar as suas dúvidas, saber ouvi-lo, entre outras. O estabelecimento de vínculos afetivos dentro de uma sala …

Ler Mais »