Baja de Lagos, com emoção até ao final

O regresso das competições de todo-terreno ao barlavento algarvio teve o seu epílogo com terceiro e último dia de competição da Baja de Lagos, terminando na aldeia de São Marcos da Serra, depois de atravessar parte do concelho de Silves.

Num dia marcado por sol mas também alguma chuva, Martim Ventura (Husqvarna) confirmou a boa forma do fim-de-semana, voltando a ser o mais rápido no setor seletivo, bisando assim a vitória na prova algarvia. Seguiu-se lhe António Maio (Yamaha) e Bruno Santos (Husqvarna), que suplantou Micael Simão (Gas-Gas) neste segundo dia. Bernardo Megre (Kawasaki) foi o mais rápido nas TT1.

Créditos fotográficos: Francisco Silva/CAAL

Nos quads João Vale voltou a ser o mais rápido no setor seletivo e confirmou assim o triunfo na Baja de Lagos, sendo seguido por Tiago Jorge Gomes (KTM) e Tiago Teixeira (Yamaha). Já nos SSV, a luta pela vitória foi intensa entre os três primeiros classificados do dia de ontem, com Pedro Pinha/Joaquim Dias (Can-Am) a levar a melhor sobre Nelson Caxias/João Rodrigues (Can-Am) por meros 7.8 segundos, seguindo-se Sérgio Baptista, também em Can-Am. Nota também para Pedro Santinho Mendes/Duarte Santos que foram os mais rápidos no setor seletivo, vingando assim o azar de ontem.

Quanto aos Autos, avizinhava-se uma grande luta entre o Can-Am T3 de João Dias/João Miranda e a Toyota de Tiago Reis/Valter Cardoso, havendo também a expetativa se João Ferreira/Filipe Palmeiro (Mini) conseguiam recuperar a desvantagem do primeiro setor seletivo. O campeão nacional conseguiu passar para a liderança virtual da prova mas seria forçado a parar ao quilómetro 135. Por outro lado, João Ferreira vinha a ser o mais rápido em todos as cronometragens parciais e viria a suplantar João Dias por 3.6 segundos! O pódio foi fechado por Francisco Barreto/Carlos Silva (Toyota), à frente dos primeiros T4, a dupla Gonçalo Guerreiro/José Sá Pires (Polaris. e nota ainda para os azares de Armindo Araújo/Pedro Ré e Bernardo Sousa/Hugo Magalhães, duas duplas que vinham exibir um bom andamento. Quanto às categorias, nos T1 a vitória pertenceu a Miguel Casaca/João Luz (Volkswagen), nos T2 venceram Tomás Gameiro/António Saraiva (Toyota), nos T8 Cláudio Carapeta/Sérgio Inocêncio (Bowler) e nos T9, Sérgio Mourato/José Pereira (Nissan). Entre as senhoras, a mais rápida foi Maria Luís Gameiro (Mini).

A Baja de Lagos 2024 foi uma organização do Clube Automóvel do Algarve, sob a égide da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting e da Federação de Motociclismo de Portugal, tendo também o selo de Ecoevento da Algar. A prova conta com o apoio do Município de Lagos e ainda dos seus congéneres de Aljezur, Monchique, Portimão e Silves, contando também com o patrocínio da Solverde Casinos e Hotéis, InternacionalCar, Strongmedia e Medronhito do Caldeirão.

 

Fonte: CAAL

Veja Também

Caminhada ao Marco Geodésico da Parreirinha e Açor, em Silves

A Sociedade de Instrução e Recreio Messinense organiza, no dia 26 de maio, mais uma …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *