Mais de 200 alertas de cosméticos perigosos lançados pelo Safety Gate no primeiro trimestre de 2024

A Direção-Geral do Consumidor (DGC), enquanto autoridade pública da defesa do consumidor e ponto de contacto nacional do Safety Gate, recomenda aos consumidores para terem particular atenção nas compras na internet, porque, devido às características deste mercado, os produtos referenciados ainda podem subsistir em algumas lojas online.

O Safety Gate divulgou, no primeiro trimestre deste ano, 205 alertas relativamente a produtos cosméticos retirados do mercado e/ou cuja comercialização foi proibida por apresentarem riscos graves para a saúde.

Os produtos em causa não se encontram em conformidade com o Regulamento de Produtos Cosméticos e apresentam um risco químico ou microbiológico para os utilizadores, o que se deve, por exemplo, à utilização de ingredientes proibidos em produtos cosméticos ou à utilização de concentrações superiores às rotuladas.

Entre os produtos detetados estão, por exemplo, perfumes e desodorizantes (59), produtos para o cabelo (55), para cuidados de rosto (18) e para o banho (17).

Safety Gate é um sistema de alerta rápido da União Europeia para produtos perigosos não alimentares, onde podem ser consultados quais os produtos perigosos detetados no mercado europeu, os riscos que apresentam e as medidas tomadas em relação à retirada e/ou recolha desses produtos do mercado físico e online.

Veja Também

Município de Silves vai investir 13 milhões em habitação e procura imóveis

O Município de Silves anunciou a aprovação de uma nova Estratégia Local de Habitação, no …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *