Estratégia de Desenvolvimento para as freguesias de Messines e S. Marcos da Serra foi aprovada

A parceria estabelecida para levar a cabo a Estratégia de Desenvolvimento Local designada “Algarve Central 2030” foi qualificada para a segunda fase do concurso, sendo reconhecida como Grupo de Ação Local, cuja entidade gestora é a Associação In Loco.

A estratégia e o território propostos, que abrange as freguesias de São Bartolomeu de Messines e de São Marcos da Serra, também foram aprovados pela Comissão de Seleção do PEPAC.

Segundo informa a associação In Loco “no âmbito do Desenvolvimento Local de Base Comunitária, esta estratégia permitirá que este território aceda a verbas no âmbito do Plano Estratégico da Política Agrícola Comum (PEPAC) no período 2023-2027, para investimentos no sector”.

Esta estratégia resultou de um trabalho iniciado há 3 anos onde foram ouvidos diversos atores e a população do território abrangido e foca-se nestes eixos: Governação e Participação; Eficiência e transição de modelo de Desenvolvimento; Economia Local; Equidade.

Esta parceria pretende um “Algarve Central”, do interior ao litoral, um território integrado capaz de ultrapassar assimetrias e de responder aos desafios das alterações climáticas, da transição energética e digital e do desenvolvimento sustentável.

É constituída por mais de 40 entidades do território, desde os municípios a associações de artesanato, de produtores do sector agroalimentar e pecuário, representantes do sector florestal, do ambiente, da cultura, gastronomia, turismo, área social, ambiente, economia e os empreendedores e agentes económicos.

 

Veja Também

Conferência XXI na Mostra da Laranja para discutir recursos hídricos e a agricultura

A “Conferência XXI”, que terá lugar a partir das 14h30 do dia 16 de fevereiro, …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *