Dia do Município de Silves: Homenagens, exposições, concertos e inauguração em Alcantarilha

O Dia do Município de Silves, no dia 3 de setembro, foi assinalado com a inauguração do Centro de Exposições de Alcantarilha. Não faltou a habitual  homenagem a atletas que se distinguiram na passada época desportiva e a várias personalidades do concelho, nas áreas da literatura, arte e música.

As comemorações do Dia do Município tiveram início no dia 1 de setembro, com o concerto comemorativo dos 90 anos da Banda da Sociedade Filarmónica Silvense, ocorrido no Dia Nacional das Bandas Filarmónicas.

Banda da Sociedade Filarmónica Silvense

No dia 2, o Castelo de Silves recebeu a homenagem aos atletas, com o acompanhamento musical do Projeto Amaro.

No dia 3 de setembro, as celebrações tiveram início na Biblioteca Municipal de Silves, com a inauguração da exposição “Arvoredos e Canaviais, de Jorge Santos.

Seguiu-se a inauguração, em Alcantarilha, do novo Centro de Exposições de Alcantarilha, no espaço do antigo mercado municipal que se encontrava desativado há vários anos.

À noite, pelas 21h, o Castelo de Silves foi palco da habitual homenagem a personalidades do concelho.

A cerimónia culminou, às 22h, com o concerto de Reflect, com a Banda da Sociedade Filarmónica Silvense, num espetáculo que assinalou os 20 anos de carreira deste músico armacenense  e que contou com a participação de Dino Santiago e Áurea, entre outros convidados.

 

Atletas Homenageados

Nesta cerimónia foram destacados atletas de 11 clubes, praticantes de atividades desportivas que ao longo do último ano se sagraram campeões em diferentes categorias e modalidades: Mérito Desportivo Regional (atletismo, bodyboard, ciclismo/BTT, ginástica, natação, patinagem, voleibol feminino, voleibol masculino e xadrez); Mérito Desportivo Nacional (atletismo, ciclismo/BTT, flat track, tiro desportivo e surf); Mérito Desportivo Internacional (andebol em cadeira de rodas, atletismo, capoeira e kickboxing).

Alguns dos atletas homenageados

Destacam-se os títulos nacionais e internacionais conquistados por: Jethro Duarte-Holman; José Alves, Luis Carraquio, Marco Gomes, Nuno Miguel Botelho, Rui Loia, Ruben Macedo, Daniela Simão, Raquel Dias, Micael Rodrigues, Tiago Ramos, Tiago Cantigas, Rui Rodrigues, Teófilo José Marques Trindade, André Filipe Gonçalves Felícia ; Fábio Cristino Gonçalves Felícia; Mara Matias; Isabel Gonçalves; Suri Soesbergen Rodrigues.

 

Personalidades Homenageadas

Na cerimónia do dia 3 de setembro, o Município de Silves atribuiu três distinções a personalidades do concelho que se distinguiram em diversas áreas.

Manuel Neto dos Santos

O Prémio Literatura foi entregue a Manuel Neto dos Santos, natural de Alcantarilha, com uma vasta obra poética publicada. Estreou-se em 1988 com a recolha de poemas “O fogo, a luz e a voz”, editado pela Associação de Poetas do Alentejo e Algarve e tem atualmente 37 títulos editados.

Colaborador assíduo de inúmeras revistas de poesia, tanto em Portugal como em Espanha.

Prémio Artes (entregue postumamente)

O Prémio Artes distinguiu Jorge Filipe dos Reis Santos, (1974-2022), artista plástico, nascido em Silves, licenciado em Artes Plásticas pela Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha. O seu percurso artístico passou pela pintura, escultura, vídeo, fotografia e gravura, com o seu trabalho a ser apresentado tanto em Portugal como no estrangeiro e estando representado em relevantes colecções privadas internacionais e nacionais.

Reflect (Pedro Pinto)

O Prémio Música foi entregue a Reflect (Pedro Pinto) que este ano comemora 20 anos de carreira Reflect, filho de Armação de Pêra e fundador da editora algarvia Kimahera. O seu álbum de estreia “Duelo Mortal” saiu em 2007 e após esse trabalho consagrou-se como um grande músico/ autor do Hip Hop.

 

“Celebrar o que nos une”

Na cerimónia protocolar do dia 3 de setembro, a presidente do Município de Silves, Rosa Palma abordou, no seu discurso, a essência desta comemoração, afirmando que o mais do que a conquista da cidade, pretende-se “celebrar as novas e notáveis conquistas que diariamente, ano após ano, se renovam e reinventam com o empenho e contributo de todos aqueles que, de forma individual ou coletivamente, tão orgulhosamente, se têm destacado e feito deste – um concelho ainda melhor.”

Rosa Palma

“O propósito deste Dia do Município é assim celebrar aquilo que somos, o que nos une, a força de que somos feitos e a coragem com que enfrentamos cada desafio”, destacou a presidente Rosa Palma.

Enumerando algumas das dificuldades atuais que se colocam à gestão autárquica, decorrente sobretudo da instabilidade social e dos constrangimentos financeiros, Rosa Palma realçou o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelo Executivo que lidera, procurando a melhoria da qualidade de vida das populações, aprofundando “o desenvolvimento sustentável, assegurando, ao mesmo tempo, a coesão, a solidariedade, a igualdade de oportunidades e a justiça social.”

Esta – a missão do Executivo – “abraçamo-la com o maior sentido de responsabilidade e compromisso com o serviço público”, mas o seu sucesso constrói-se com o contributo de todos”, disse. Nesse sentido, a presidente focou-se também no agradecimento às associações e instituições do concelho que colaboram neste esforço, não deixando de lançar o desafio aos cidadãos para que “olhem para cada rua, cada caminho, cada edifício público como se fosse vosso, colaborem com as instituições e, na medida do possível, sejam munícipes pró-ativos, com respeito e elevação, para que, simultaneamente consigamos construir uma sociedade melhor, mais respeitadora e solidária, como legado aos nossos vindouros.

Contamos convosco e agradeço a todos aqueles que, individual ou coletivamente, têm abraçado e trabalhado para valorizar, ainda mais, Silves”, afirmou Rosa Palma.

 

Veja Também

Teatro do Elétrico na Escola EB1 da Portela, em Messines

O Teatro Elétrico está a fazer uma digressão por escolas no Algarve, e passa no …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *