Autoridade Marítima Nacional monitoriza grutas e faixas de risco das zonas balneares em Silves e Lagoa

A Autoridade Marítima Nacional, em articulação com a Agência Portuguesa do Ambiente e com os Serviços Municipais de Proteção Civil de Lagoa e de Silves, efetuaram, no dia 20 de abril, a avaliação anual de situações de risco no litoral algarvio, nomeadamente nas grutas e faixas de risco das zonas balneares na área de jurisdição da Capitania do Porto de Portimão.

“Estes trabalhos de avaliação e monitorização têm como objetivo fazer o levantamento do estado geológico das grutas e arribas da costa com o objetivo de identificar fendas ou anomalias que possam colocar em risco a segurança de pessoas, embarcações marítimo-turísticas e de particulares”, informa esta Autoridade.

“Estas ações de avaliação e monitorização das zonas de risco são realizadas anualmente após o inverno, período onde se verificam os picos de atividades dos agentes mesológicos, nomeadamente precipitação intensa ou concentrada agitação marítima de tempestade”.

A ação de inspeção às grutas foi realizada pelo terceiro ano consecutivo.

 

Veja Também

Fim de semana com muitos eventos, em Armação, Silves e Alcantarilha

Em Armação de Pêra, a Câmara Municipal de Silves e a Junta de Freguesia de …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *