12 passas e 12 compromissos

Terminamos 2022 com desejos pedidos através da ingestão de 12 passas de uva. Este é um ritual que se repete ano após ano. Renovamos votos e esperanças, num ano melhor, numa vida melhor, com saúde e, face ao contexto atual da Europa, com Paz, porque desta vez a guerra parece ter batido à porta. Não esqueçamos contudo, as muitas guerras que se vivem por esse mundo fora, gerando destruição, fome e morte. Todos somos seres humanos e cidadãos do mundo.

Mas antes de pedir/desejar o que quer que seja, é importante pensar em qual o sentido que isso tem para a sua vida. Qual o valor acrescentado que traz à felicidade individual ou familiar, comunitária, …. Por vezes corremos atrás de coisas que nada acrescentam àquilo que verdadeiramente importa. E depois estranha-se o vazio persistente na vida, apesar da constante acumulação de bens materiais. Que vazios se tentam preencher afinal?

Todos sabemos bem que não basta comer as 12 passas e pedir os 12 desejos. É necessário um sentido e um compromisso. Então para cada desejo pedido, perceber qual o sentido dele e  qual o compromisso que se está disposto a assumir? Que mudanças se pretendem? Que compromissos implicam? É necessário esforço e empenho, mas podemos criar uma vida mais livre e aberta a novas possibilidades e realizações.

Sem mudança de comportamentos e de atitudes, não se alcança a verdadeira mudança e continuamos a sentir exatamente a mesma coisa. Cada novo ano dá-nos 365 novas oportunidades de fazer diferente. Cabe a cada um aproveitar cada uma delas, estando consciente que é possível mudar, mas é preciso estar disposto a fazer essa escolha.  Iniciar um novo caminho assusta, mas depois de se ganhar a coragem de dar o primeiro passo e persistir, percebemos que era bem pior permanecer parado à espera que a mudança acontecesse vinda de fora. Quando espero que o outro faça para eu fazer, quando opto por tomar um comprimido para me sentir melhor, para ter energia, para emagrecer, para dormir, … estou a dar o controlo a algo externo, do qual fico dependente.

Analise de novo os seus desejos de Ano Novo, veja os que realmente vão impactar a sua vida de forma positiva, os que vão fazer a diferença, assuma os compromissos inerentes a cada um deles, crie um plano de ação realista, passo a passo, com tempo alocado na sua agenda e tenha a coragem de dar o primeiro passo e persista. Se no caminho precisar de ajuda não deixe de a pedir. Muna-se dos recursos necessários. Com esforço e compromisso vai conseguir.

 

“A gente vive esperando que as coisas mudem, que as pessoas mudem…Até que um dia a gente muda e percebe que nada mais precisa mudar.” (Jhone Remidf)

Bom Ano 2023 para todos!

Partilhe as suas opiniões, reflexões, ….helenamapinto@gmail.com

Veja Também

COVID-19: Maiores de 18 anos já podem agendar a vacina

Os utentes com 18 ou mais anos já podem agendar no Portal do SNS o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.