PSD Algarve diz que há 5000 alunos algarvios sem aulas

O PSD Algarve divulgou um comunicado chamando a atenção para a situação de milhares de alunos algarvios que, de acordo com esta nota, chegam ao fim do segundo período ainda com falta de professores.

“Nas escolas do ensino básico e secundário chegou ao fim o segundo período letivo. Já na reta final do ano letivo, pasme-se, ainda há perto de 30.000 alunos sem horários completos, isto é, com pelo menos uma disciplina sem aulas desde o princípio do ano.  Destes 30.000, cerca de 5000 situam-se no Algarve. A região tem 5% por cento do total de alunos, mas perto de 20% dos alunos sem aulas a nível nacional, perfazendo, como foi revelado publicamente, 428 turmas com horários incompletos”, afirma o PSD.

Cristóvão Norte, residente do PSD Algarve, considera que; “ Para estes alunos não há igualdade de oportunidades, nem se garantem aprendizagens essenciais para o seu futuro.  Este assunto não é novo, porém, agudiza-se de ano para ano. Uma errada política de formação de docentes que não promoveu a substituição geracional; as más condições da carreira e a rejeição do mérito como critério de progressão na carreira e de valorização da docência;  o abandono a que estão sujeitas zonas do país com custo de vida mais elevado ou mais periféricas; e um absurdo modelo de colocação de professores que prejudica a vida de professores e alunos.”

O PSD Algarve assinala” que a ausência de medidas tem agravado o problema e que ele é mais expressivo na região, até por força dos custos de habitação que são incomportáveis para muitos docentes. A questão da fixação de profissionais qualificados é uma das doenças da região, a qual sofre de inflação turística, mas não beneficia de políticas públicas desenhadas para tratar aspetos centrais da região”, conclui.

Veja Também

Fundação Calouste Gulbenkian aprova projeto de Participação Climática para Silves

A Fundação Calouste Gulbenkian aprovou 11 projetos de “Participação Climática” que irão ser desenvolvidos em …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *