“O Mundo dos Porquês”, teatro para crianças em Silves

Numa iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Silves, a companhia TAFA – Teatro a Flor de Aldriz sobe ao palco do Teatro Mascarenhas Gregório, no próximo dia 16 de janeiro, pelas 15h00, com a peça de teatro infantil “O Mundo dos Porquês”.

A entrada é livre, mas sujeita a apresentação de voucher (que poderá ser levantado uma hora antes do início do espetáculo).

A peça conta a história de Mia, uma menina que vive num lugar feito de imaginação, rodeada dos seus pensamentos, dúvidas e crenças, num mundo idealizado por si, recheado de conversas inquietantes, com os seus amigos imaginários.
Bruna Silva, Sónia Ribeiro, António Silva, Sandra Sousa e Bárbara Silva são os atores que fazem parte do elenco desta peça com texto e encenação de Telma Colaço.

Classificação: M/6
SINOPSE:
Num lugar feito de imaginação vive a Mia, vive rodeada dos seus pensamentos, dúvidas e crenças, num mundo idealizado por ela, recheado de conversas inquietantes, com os seus amigos imaginários.
Onde um dia o céu poderia ser amarelo, mas alguém lhe disse que era azul, em que os sentimentos estão no coração, mas poderiam estar nos pés! E assim vive a Mia rodeada de dúvidas e porquês! Será que conseguiríamos viver neste mundo dos porquês?! Aventure-se connosco!

Ficha técnica:

Narrador (voz-off): Daniel Ferreira
Sonoplastia e luz: Bruno Couto, Pedro Moreira e José Pedrosa
Cenário: Dulce Silva e Telma Colaço
Técnico de Cenário: Paulo Ribeiro
Figurinos: Almira Lopes
Caracterização: Isabel Moreira e Telma Colaço
Design gráfico: Sandra Maia
Fotografia e Vídeo: André Guerra

O Município de Silves informa que entrada para o recinto do espetáculo implica a aceitação das presentes orientações e condições:
1. A entrada da sala a maiores de 12 anos está condicionada à apresentação de certificado de vacinação;
2. A sala de espetáculo estará delimitada e o seu acesso será condicionado e controlado;
3. Devem evitar-se aglomerações de pessoas à entrada e à saída da sala;
4. O acesso à sala será apenas para espectadores que tenham o voucher para o espetáculo;
5. Higienização das mãos à entrada e à saída;
6. Seguir pelos circuitos independentes de entrada e de saída;
7. Cumprir o período de entrada e saída de público alargado;
8. Entrada e saída de público desfasada, cumprindo as regras de distanciamento;
9. Uso obrigatório de máscara;
10. Não é permitido mudar de lugar;
11. Mantenha a distância de segurança (2 metros) sempre que deambular pelo recinto;
12. Os espaços, equipamentos, objetos e superfícies são limpos e desinfetados periodicamente, conforme a sua frequência de utilização;
13. Ao aceder e permanecer no recinto o espectador consente a captação, reprodução, publicação e identificação da sua imagem e som, em quaisquer meios, incluindo nas redes sociais, para efeitos de marketing ou promocionais, a título gratuito.
14. As condições de acesso poderão ser alvo de alteração, face a uma eventual atualização das medidas de contenção da pandemia por parte do Governo.

Veja Também

Exposição “Contágio” de Inês Cabrita, em Messines

A exposição fotográfica “Contágio”, de Inês Cabrita, pode ser vista no Café da Sociedade de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *