Natal e Passagem de Ano ultrapassam faturação de 2020 e 2019, mas turismo continua abaixo

A REDUNIQ, a maior rede nacional de aceitação de cartões nacionais e estrangeiros e marca da UNICRE, acaba de divulgar os dados mais recentes sobre a faturação com cartão alcançada pelos negócios em Portugal durante o período compreendido entre 1 de dezembro e 2 de janeiro, em comparação com os valores alcançados em 2020 e 2019. De acordo com o acquirer português, a faturação nesta época festiva registou um aumento de 17% face a 2019 e de 25% face a 2020.

No período em análise, os dias 22 e 23 de dezembro registaram os valores de faturação mais elevados, com o dia 23 a registar um aumento de 68% face à média dos restantes dias da época festiva. Em comparação com 2019, o dia 22 apresentou um crescimento de 24% na faturação, e de 17,5% face ao mesmo período em 2020. Já o dia 23 registou um aumento de 20% face a 2019, e de 20,7% em comparação a 2020. Na semana seguinte, o dia 30 registou mais 16% de faturação face a 2019, e 6% face a 2020, enquanto o último dia do ano superou os valores de faturação registados em 2019 em 10%, e em 16% em relação a 2020.
No entanto, o valor médio de cada compra no período em análise diminuiu em relação aos dois anos anteriores, fixando-se nos 34,8€. Em 2019, o valor de cada compra rondou em média os 37,4€, e 36,9€ em 2020.

Apesar do cenário otimista, o setor da Hotelaria e Atividades Turísticas continua a sentir o impacto da pandemia e, mais recentemente, das medidas de contenção da variante Ómicron, registando uma quebra de faturação na ordem dos 23% em comparação com 2019, último final de ano em pré-pandemia. Em decréscimo esteve também a faturação das Papelarias/Livrarias e a Moda, que caíram 14% e 4% face a 2019.

Por outro lado, setores como as Lojas de Brinquedos, Gasolineiras e os Eletrodomésticos e Tecnologia registaram uma performance positiva face ao mesmo período de 2019, apresentando um crescimento de 35%, 10% e 5%, respetivamente.

Numa análise a nível geográfico, verifica-se que todos os distritos registaram desempenhos positivos face ao mesmo período de 2019, tendo os Açores alcançado um crescimento de 64% na faturação, a par da região da Madeira, com mais 32% de faturação. Por sua vez, os distritos de Faro, Lisboa e Porto, registaram um aumento de 20%, 14% e 12% respetivamente.
Por fim, a REDUNIQ analisou ainda os valores da faturação estrangeira, que continuam a refletir as consequências da pandemia, com uma variação de cerca de 6% abaixo dos valores registados em 2019 no período em análise.
Os dados recolhidos têm como base o REDUNIQ Insights, a solução de conhecimento que analisa as transações registadas pela rede de aceitação de pagamentos da REDUNIQ.”

Veja Também

DECO Informa: “Foi proibido o corte dos serviços públicos essenciais até 31 de março de 2022?”

Delegação Regional do Algarve Consultório do Consumidor / DECO “Foi proibido o corte dos serviços …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *