Importância de fortalecer o sistema imunitário neste regresso à rotina e ao trabalho

Depois de tantos meses em que grande parte dos portugueses passaram pelo menos uma parte do seu tempo em teletrabalho, está na hora de voltarmos a uma vida mais normal.
No final deste longo ano e meio em que estivemos muito resguardados, quase sem sair à rua, sem conviver e com a utilização obrigatória da máscara, temos de pensar em fortalecer o nosso sistema imunitário.
Mesmo com grande parte da população vacinada, a preocupação com a COVID-19 não desapareceu e existem evidências científicas que alguns suplementos podem ser benéficos para o sistema imunitário. Dos mais referidos encontram-se a Vitamina D3, a Vitamina C e o Zinco. Também na terapêutica homeopática, destacam-se o OsciloccocinumR , Silicea, Arsenicum album e Bryonia alba.
A Vitamina D3, também designada colecalciferol, apresenta evidências científicas positivas na prevenção e tratamento da infeção causada pela COVID 19 e pelo vírus influenza (gripe) devido ao seu efeito imunomodulador sobre as células do sistema
imunológico.
Também a Vitamina C, ou ácido L-ascórbico, tem vindo a ser utilizada como terapia complementar em infeções do aparelho respiratório e a sua utilização como preventivo e curativo de gripes e constipações é utilizado tradicionalmente pelos portugueses nos meses mais frios do ano.
Recentemente, sentiu-se a necessidade de se procurar outras alternativas com forte ação antiviral e destacamos o Zinco pelas suas propriedades antioxidantes e de estimulação do sistema imunológico.
Outros suplementos são amplamente reconhecidos por apresentarem uma ação direta no sistema imunitário como o alho, a Equinácea e o Própolis. O alho é tradicionalmente usado para infeções brônquicas, aparelho digestivo e circulação e apresenta
propriedades antibacterianas, antimicóticas e antivirais. A Equinácea é uma planta com ação imune-estimulante geral apresentando uma ação anti-inflamatória e antiviral. O Própolis consiste numa mistura de material resinoso e balsâmico e é produzido pelas abelhas para proteção das colmeias apresentando propriedades antifúngicas e antimicrobianas importantes.
Para quem prefira a utilização de medicamentos homeopáticos não podemos esquecer o OscillococcinumR com indicação para a prevenção e tratamento de estados gripais.
Existem ainda outros medicamentos importantes para o fortalecimento do sistema imunitário nomeadamente o Arsenicum album ou a Bryonia alba, muito utilizados para prevenção e tratamento de patologias causadas por vírus. Também a Silicea em
diluições homeopáticas pode ser usada para prevenção de infeções das vias respiratórias durante a estação fria, tanto para adultos como para crianças.
O confinamento trouxe ainda outras patologias importantes como ansiedade, cansaço, medo, falta de força e um desgaste acima do habitual. A medicação homeopática pode ajudar nestas situações, com a grande vantagem de não causar habituação nem efeitos secundários e poder ser utilizada pela população em geral incluindo crianças e idosos.
Destacam-se medicamentos homeopáticos como o Sedatif PCR para a ansiedade,hipersensibilidade emocional e irritabilidade e perturbações ligeiras do sono. Para aqueles que se sentem cansados Kalium phosphoricum pode ser a solução. Para as
nossas crianças e adolescentes que sentem o regresso às aulas com alguma ansiedade pode ser aconselhado Gelsemium sempervirens em grânulos de fácil absorção.
Aproveite para passear ao ar livre neste Outono que se avizinha mais risonho do que os anteriores. A atividade física melhora a saúde física e mental, ajuda a controlar o peso corporal, a manter a saúde das articulações e aparelho cardiovascular e de um
modo geral, a sentir-se melhor.
Peça ajuda e informe-se sobre quais são as melhores soluções para si!

Artigo de opinião assinado por
Dra. Maria Manuel Magalhães, Farmacêutica

Veja Também

Horóscopo Semanal, por Maria Helena Martins

3ª Semana/ outubro Carneiro Horóscopo Diário Ligue já! 761 101 801 Carta Dominante: O Louco, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *