Preço das casas sobe 6,6% em Silves, no último ano

No último ano, o preço das casas em Silves subiu 6,6 %. Apesar de continuar a ser um dos concelhos onde é mais barato comprar casa, os preços têm vindo a subir constantemente, acompanhando a subida geral. No mesmo período (setembro de 2020 a setembro de 2021), as casas no Algarve registam um aumento de 7,9%.

Segundo o portal imobiliário idealista (https://www.idealista.pt/) , no passado mês de setembro ,comprar casa na região tinha um custo de 2.527 euros por metro quadrado (euros/m2). Já em relação à variação trimestral, a subida foi de 4,4%.

Segundo o mesmo estudo, a cidade de Faro acompanha a tendência da região e regista uma subida de 7,7%, custando o preço do metro quadrado 2.098 euros. A maior subida de preços da região registou-se em Castro Marim (24,9%), seguida por Alcoutim (19,3%), São Brás de Alportel (11,7%), Loulé (9,8%) e Portimão (9,7%).
Seguem-se Albufeira (9,4%); Olhão (9,2%); Vila Real de Santo António (8,1%) e Silves (6,6%.). O concelho de Monchique regista a única descida na região, (-1,3%).

O município mais caro para comprar casa é Loulé (3.115 euros/m2), seguido por Lagos (2.747 euros/m2) e Vila do Bispo (2.707 euros/m2). Os mais económicos são Silves (2.087 euros/m2); Olhão (2.050 euros/m2), São Brás de Alportel (1.975 euros/m2) e Monchique (1.527 euros/m2).

Em comparação com o resto do país, a habitação em Portugal registou uma subida de 8,4% durante o mesmo período, situando-se em 2.266 euros/m2.

Os preços das casas aumentaram em 18 capitais de distrito, com Vila Real (30,4%), Aveiro (18,5%) e Viseu (16,9%) a liderarem a lista. Seguem-se Setúbal (15,3%), Coimbra (12,5%), Guarda (11,6%), Braga (10,3%), Funchal (8%), Castelo Branco (7,9%), Santarém (6,2%), Leiria (5,8%) e Porto (5,6%). Já em Faro a subida foi de 5,2% e em Lisboa de 3,5%.

Por outro lado, os preços desceram em apenas em duas capitais de distrito, sendo a maior descida em Ponta Delgada (-12,9%) seguida por Portalegre (-4,5%).

Lisboa continua a ser a cidade onde é mais caro comprar casa: 4.829 euros/m2. Porto (3.036 euros/m2) e Faro (2.010 euros/m2) ocupam o segundo e terceiro lugares, respetivamente. Já as cidades mais económicas são Portalegre (615 euros/m2), Guarda (711 euros/m2) e Bragança (758 euros/m2).

Veja Também

Confiança dos portugueses nas instituições melhorou, mas ainda está longe do ideal

A DECO PROTESTE, com as suas congéneres na Bélgica, em Itália e em Espanha, repetiu …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *