COVID-19- Surto na Associação Humanitária de São Marcos da Serra

São 18 as pessoas, entre utentes, colaboradores e membros da Direção, que testaram positivo à Covid-19, na Associação Humanitária de São Marcos da Serra, instituição que gere o Centro de Dia para idosos.

Esta situação foi confirmada ao Terra Ruiva, por Márcio Coelho, diretor técnico da Associação. O mesmo acrescentou que são dois os dirigentes que testaram positivo, entre os quais ele próprio, mais uma colaboradora e 15 utentes. À exceção da referida colaboradora, que apresenta alguns sinais de doença mais fortes, os restantes encontram-se no domicílio, assintomáticos ou com sintomas ligeiros.

 

Numa informação divulgada entretanto, por parte de Márcio Coelho, afirma-se que “o primeiro caso detetado foi de uma funcionária, que se encontrava desde segunda-feira passada em casa e que de imediato lhe foi transmitido para continuar em casa.
Posteriormente um elemento da Direção, e o Diretor Técnico do Estabelecimento de Apoio Social – Márcio Coelho – ainda que assintomáticos, foram fazer o teste, os mesmos com resultados positivos.
Estes dirigentes ficaram em casa desde então, ambos em teletrabalho, estando estes a ser apoiados no terreno pelos serviços de coordenação da nossa Técnica Superior de Animação Sociocultural – Inês Pomba e pelas colaboradoras.
Nesta altura, um utente teve necessidade de se deslocar ao hospital de Portimão, por um problema que não era relacionado com Covid 19, mas no hospital, ao fazer o teste de despistagem, como é normal, detetaram que este doente, também estava positivo.
Note-se que, todos os dias as funcionárias controlam os utentes e estão atentas a sinais de possíveis contaminações, mas até então não havia sinais.”

No mesmo comunicado, acrescenta-se que “perante estes factos, entramos de imediato em contacto com a Srª. Drª. Delegada de Saúde, solicitamos que requisitassem testes de despistagem para todo o pessoal, funcionários e utentes, o que de imediato aconteceu. Os resultados dos testes foram: os funcionários todos negativos, os utentes, 15 positivos, dos quais, 12 assintomáticos, sem qualquer queixa.”

Neste momento, os utentes da Associação Humanitária de São Marcos da Serra encontram-se em casa, quer os positivos quer os negativos, recebendo apoio domiciliário a partir desta instituição, à exceção de seis utentes que apresentaram resultados negativos e que “não têm suporte familiar e condições habitacionais”.

O diretor técnico da Associação Humanitária de São Marcos da Serra sublinha ainda que todos os colaboradores e utentes desta instituição se encontravam vacinados contra a Covid-19.

E acrescenta que a instituição se encontra em contacto permanente com a Delegada de Saúde de Silves, Câmara Municipal de Silves, Proteção Civil Municipal e Junta de Freguesia de São Marcos da Serra e “em parceria com as instituições atrás mencionadas, a fazer todos os possíveis para manter a situação controlada, e resolvê-la o mais rápido possível, sem danos de maior”.

Veja Também

COVID-19 – Algarve tem 41 novos casos

O Algarve regista hoje 41 novos casos de Covid-19, o que faz um total acumulado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *