Entrevista a José Paulo Sousa, candidato do Chega à Câmara Municipal de Silves

José Paulo Sousa

Candidato do CHEGA à Câmara Municipal de Silves

 

1- Quais as razões da sua candidatura?

Começo por me apresentar:

Sou José Paulo Sousa, tenho 57 anos, trinta dos quais vividos no concelho de Silves. Sou advogado de profissão e aceitei o convite do partido CHEGA para concorrer às eleições autárquicas de setembro de 2021.

Estou no partido CHEGA desde o seu início: sou o militante 89, membro da concelhia de Silves e presidente do Conselho de Jurisdição de Faro do partido.

Nos últimos oito anos tivemos a Troyka e o governo nacional do partido socialista com o apoio do BE e do Partido Comunista e sinceramente não me consigo decidir sobre o que foi menos mau.

A nível autárquico temos dois mandatos da CDU, e se no primeiro ainda se pode dar o benefício da dúvida, no segundo já não há dúvida nem benefício que foram oito anos de estagnação:

Não se criaram políticas de fixação das populações no concelho, não existiu qualquer incentivo à natalidade, nem à criação de emprego.

Os jovens continuaram a ter de abandonar as suas freguesias para encontrar emprego em Albufeira, Lagoa e Portimão.

Os centros de saúde, sem médicos e sem horários, deixaram à sua sorte os mais velhos e desfavorecidos.

Os transportes públicos cada vez mais deficitários e inexistentes.

A rede viária é o que se sabe…

Arrendamento social nem se vislumbra …

Podem dizer que algumas destas áreas não são da competência das autarquias, o que é certo! mas a pressão política é da competência da autarquia e do seu presidente! Mas para isso é necessário peso político e esse infelizmente não existe.

Perante este cenário, tinha duas posições possíveis: o ficar sentado no sofá, a criticar nas redes sociais, no conforto do lar e de uma profissão estável, ou abandonar esta estabilidade e vir para a rua defender um projeto em que acredito e que sei que tem tudo para ser vitorioso e proporcionar ao concelho de Silves aquilo que merece e não tem tido.

Resolvi por isso abandonar o sofá e vim à luta!

 

2- Que balanço faz do mandato que terminou? (O melhor e o pior)

O melhor:

Certamente terão feito algo bem, mas certamente não em prol dos silvenses, das suas necessidades e anseios.

Dito isto, o melhor deste executivo e deste mandato da CDU – Partido Comunista e Partido Ecologista os Verdes, foi indubitavelmente o departamento de propaganda existente na Câmara Municipal de Silves – às vezes até me parecia que vivia noutro concelho, pois o que lia e via não coincidia com o que os meus olhos viam na realidade do dia a dia deste concelho;

O pior, não sei se os oito mil caracteres seriam suficientes, mas serei o mais sucinto possível:

  1. Não foram resolvidos os problemas de saneamento, existentes e conhecidos no concelho. Continuam quarenta e sete anos depois de abril a existir populações sem água canalizada e sem esgoto ligado à rede pública, com a agravante de o Município não ter capacidade de resposta para este tipo de problemas.
  2. As sucessivas promessas de obras, ora adiadas, ora interrompidas, ora mal calendarizadas, ora prometidas e não cumpridas, só a título de exemplo:
    1. Mercado Municipal de São Bartolomeu Messines, apesar das muitas promessas e das muitas apresentações dos muitos projetos, obra realizada ZERO! – deliberação da Câmara de 15 de junho de 2019.
    2. Água canalizada no Monte das Pitas – São Marcos da Serra – obra prometida. Até sábado passado obra realizada ZERO! promessa feita e repetida em campanha.
  • Condenações em tribunal administrativo e fiscal, com consequentes anulações de deliberações e despachos da presidente, para além do prejuízo de terceiros.
  1. Retificações e mais retificações de concursos de relação jurídica de emprego público.
  2. Mercado de Silves, adjudicado em 25 de junho de 2020 com prazo para conclusão de obras – oito meses, deveria estar concluído em fevereiro/março de 2021 …
  3. Concurso de Conservação e Restauro da Ponte Velha de Silves, sem ter saído do Papel.
  • Requalificação do Centro Histórico de São Bartolomeu de Messines, lançado com pompa e circunstância em abril/maio de 2021 – ainda não saiu do papel e ao que consta nem os projetos estão terminados. Concurso? Vamos aguardar com paciência.
  • Concurso de Processo de Reabilitação e ampliação de EB1 de Alcantarilha, adjudicado com data prevista de início em 13 de maio de 2021, o facto de os alunos estarem em aulas não pareceu grande entrave, lá foi suspenso de aflitos, enfim …
  1. Constantes alterações ao Orçamento e grandes opções do Plano, só em 2021 já vai em 20 … ou, o orçamento foi pessimamente elaborado, ou com o aproximar das eleições existe muita obra a ter de ser lançada.

 

3- Que prioridades define para a sua atuação, em termos do concelho, caso seja eleito?

Espero, para bem do concelho que a população, aceite as minhas ideias e as da minha equipa, para que o concelho se livre de vez da maldição do Bispo e de executivos comunistas, mas em síntese aqui vai o mais resumidamente possível o que pretendo fazer:

Eu e a minha equipa, temos propostas a serem realizadas num período de quatro anos, sendo exequíveis, estando quantificadas logo realizáveis:

  • Segurança:

Criação de uma polícia municipal, para libertar os efetivos da GNR, para proteger as pessoas e o património.

Reativação do projeto de construção da Prisão regional do algarve, em São Bartolomeu de Messines.

  • Transportes:

Criação de rede de transportes públicos municipais.

  • Vias de comunicação:

Investimento e melhoramento das vias que atravessam o concelho.

Adaptação de passeios e acessos a pessoas de mobilidade reduzida.

  • Ação Social:

Criação de mecanismos de arrendamento social.

  • Educação, desporto e tempos livres:

Assumpção das delegações de competências vindas do poder central, não esquecendo nunca que todos os funcionários do município continuarão a ser funcionários do município e terão a avaliação feita pelos seus pares.

Saúde:

Negociação com as entidades competentes para o alargamento dos horários de funcionamento dos Centros de Saúde.

  • Economia:

Criação de mecanismos de atratividade para empresas e investidores.

Criação de um espaço Municipal para acolhimento de projetos inovadores e com forte componente de empreendedorismo.

  • Cultura, Património e Ambiente:

Criação de um verdadeiro Plano Municipal de Cultura, Património e Ambiente, que seja um instrumento de atração de turismo, mas suas variadas áreas, (a ser criado, pelos serviços do Município).

 

– Indique uma prioridade para cada freguesia.

São Marcos da Serra – Parque Urbano com jardim e piscina.

Armação de Pera – Um novo, moderno e funcional mercado municipal, com adaptação do existente para fins culturais.

Alcantarilha e PeraAlcantarilha – Passadiço da margem do Ribeiro até à praia, renovação das bancadas e do telhado, que contem amianto, do mercado de Alcantarilha. Pera – Novo Mercado Municipal mais moderno e funcional, com adaptação do existente para fins culturais.

Algoz e TunesAlgoz – reativação do Lavadouro público e novo mercado municipal, com adaptação do antigo para fins culturais. Tunes – criação de jardim com equipamentos que permitam a realização de eventos culturais e musicais.

São Bartolomeu de Messines – construção de um complexo de piscinas e um novo, moderno e funcional mercado municipal, com adaptação do existente para fins culturais.

Silves – Criação de um jardim, para criar um pulmão verde na cidade e compensar a destruição do jardim pré-existente. Parque rodoviário intermodal para os futuros transportes públicos municipais, autocarros de turismo, autocarros privados de transporte e parque de táxis, com serviço de ligação à estação de Silves.

 

– Complete a frase:  “Desejo que o Concelho de Silves seja…”

+ Seguro + Atrativo + solidário”

Se queres que o teu concelho seja + Seguro + Atrativo + Solidário tens no próximo dia 26 de setembro nas tuas mãos e na ponta da tua caneta a arma necessária e suficiente.

Eu, as minhas equipas, contamos contigo!

Só tu podes decidir!

 

José Paulo Sousa

 

 

Veja Também

Cursos de Língua Árabe em Silves

Estão abertas as inscrições para os cursos de Língua Árabe ( Níveis 1 e 2), …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *