Começa a 1ª fase de desconfinamento- abrange todo o país

O primeiro-ministro António Costa anunciou hoje o início do plano de desconfinamento que entra em vigor a partir do próximo domingo.
Uma das grandes novidades do plano é que o mesmo vai ser aplicado por igual em todo o país, independentemente da classificação de risco de cada concelho.
Como já era esperado, após a reunião com os especialistas que decorreu no Infarmed no início da semana, o fim das restrições à circulação e nos horários da restauração estão entre as principais medidas anunciadas hoje.
Na sua declaração, o primeiro-ministro justificou a decisão de começar o desconfinamento, pelos resultados alcançados com a vacinação contra a Covid-19 e a alta taxa de vacinação da população, que se estenderá agora aos jovens. A António Costa não faltou, no entanto, também uma mensagem de apelo à manutenção de cuidados e de destaque à responsabilidade pessoal e coletiva na contenção da pandemia, numa altura em que os internamentos continuam a subir. Nesse sentido, o governante repetiu o que já tem dito em várias ocasiões, que a implementação destas medidas está sempre dependente da evolução da pandemia em Portugal e na Europa e que o Governo não hesitará em recuar se tal for necessário.

O plano de desconfinamento – a partir de dia 1 de agosto
• Fim do recolhimento obrigatório;
• Eventos desportivos passam a ter público, consoante as regras da DGS;
• Espetáculos culturais passam a ter lotação de 66%;
• Casamentos, batizados e outras festividades semelhantes têm lotação de 50%;
• Equipamentos de diversão — onde se incluem carros de choque e feiras populares — podem voltar ao ativo, em locais autorizados cada município;
• Teletrabalho deixa de ser obrigatório para passar a ser recomendado;
• Continuam a estar encerrados bares e discotecas e continuam proibidas romarias e festas populares.

Segunda Fase -prevista para o início de setembro
• Deixa de ser obrigatório o uso de máscara na via pública — execeto ajuntamentos;
• Espetáculos culturais passam a ter lotação de 75%;
• Casamentos, batizados e outras festividades semelhantes têm lotação de 75%;
• Os transportes públicos deixam de ter limitação da sua lotação;
• Serviços públicos passam a funcionar sem marcação prévia

Terceira Fase –prevista para outubro
• Reabertura de bares e discotecas, com entrada permitida consoante apresentação de certificado digital ou teste negativo;
• Restaurantes deixam de estar sujeitos a limitações máximas de pessoas por grupos;
• Acabam as limitações de lotação dos recintos — vale para espetáculos e para casamentos e batizados;

Certificados Digitais e Testes
Serão obrigatórios para aceder aos seguintes espaços ou serviços:
• Realizar viagens por via aérea ou marítima;
• Entrar em estabelecimentos turísticos ou de alojamento local;
• Utilizar restaurantes no interior ao fim-de-semana e feriados
• Frequentar ginásios, termas, spas, casinos e bingos;
• Participar em eventos culturais, desportivos ou corporativos, com mais de 1000 pessoas ao ar livre, com mais de 500 em recinto fechado;
• Casamentos, batizados e outras festividades com mais de 10 pessoas.

Veja Também

Corte de água em Silves

A Câmara Municipal de Silves informa que, devido à necessidade de realização de trabalhos de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *