As razões da minha candidatura – Rosa Palma

A minha recandidatura a Presidente da Câmara Municipal de Silves é o cumprimento de um dever cívico, mas também o prosseguimento de uma missão de serviço público em prol das nossas populações, perante a necessidade de consolidar a continuidade do volumoso trabalho que tem sido realizado ao longo de quase 8 anos de mandato autárquico, à frente de uma equipa competente, coesa e solidária, e de abraçar os novos desafios que se colocam ao concelho de Silves neste período tão sensível e importante para todos nós, atendendo à situação excepcional que atualmente enfrentamos.

A população não compreenderia outra decisão.

Conto, uma vez mais, com o apoio da Coligação Democrática Unitária (CDU) – poderoso espaço unitário de intervenção, envolvendo o PCP, o Partido Ecologista “Os Verdes”, o movimento “Intervenção Democrática”, e muitos independentes sem qualquer filiação partidária -, com provas dadas e assinalável reconhecimento público.

A visão global e integrada do nosso território, da Serra ao Mar, apoiada nas políticas públicas que temos vindo a implementar para torná-lo mais atrativo, coeso, dinâmico, competitivo, inovador, desenvolvido e sustentável, sendo o primeiro e único do Algarve com um PDM de 2.ª Geração, permite-nos identificar e concretizar os investimentos públicos de natureza estruturante para o concelho de Silves, mediante a construção de novos equipamentos públicos municipais, a reabilitação do património cultural e dos nossos centros históricos e a requalificação do meio urbano, com o reforço e beneficiação de infraestruturas básicas, designadamente no domínio do abastecimento de água, saneamento e drenagem de águas pluviais, da limpeza e higiene urbana, e das vias de comunicação, assim como continuar a atrair, incentivar e apoiar o investimento privado e favorecendo a dinamização da economia local, com a criação de emprego e a fixação de população.

 

É-nos igualmente desafiante e estimulante concretizar os projetos inovadores e pioneiros em curso e em que nos envolvemos desde a primeira hora, como é o caso, no litoral, da criação da “Área Marinha Protegida de Interesse Comunitário”, com foco na Baía de Armação de Pêra, visando conciliar a adopção de medidas eficazes que garantam a conservação, gestão e salvaguarda dos valores ambientais, dos ecossistemas, da biodiversidade e dos seus recursos mais sensíveis e ameaçados, e, simultaneamente, a valorização social e cultural da pesca artesanal local e doutras actividades de cariz económico, contribuindo, assim, para qualificar Armação de Pêra como destino turístico, afirmando-o e projetando-o como local distintivo e de eleição. No interior, promovemos a criação do “Geoparque Algarvensis”, através da sua candidatura à Organização das Nações Unidas para a Ciência, Educação e Cultura (UNESCO), procurando promover os territórios de baixa densidade, através do seu património geológico e paleontológico. Na sede do concelho, promovemos a criação do Centro Interpretativo do Lince Ibérico na encosta norte do Castelo de Silves, com a ambição de dinamizar a imagem cultural e turística do concelho de Silves, associando-o à marca “lince” e ao Centro Nacional de Reprodução do Lince Ibérico sedeado no nosso território.

Insistiremos em dotar as Freguesias e Uniões de Freguesias do concelho de Silves de melhores condições para servir as populações no âmbito das competências municipais delegadas, através da transferência e repartição equitativa dos meios financeiros e materiais necessários, sem deixar de explorar complementaridades e sinergias, com base na estreita e leal cooperação que deve nortear o relacionamento entre o Município de Silves e aquelas outras autarquias locais.

Apoiaremos sem hesitação a acção insubstituível na comunidade das coletividades, clubes, associações e paróquias do concelho de Silves.

Bater-nos-emos pelo relançamento do projeto de Desassoreamento do Rio Arade, promessa eternamente adiada pelos sucessivos governos, obra que a concretizar-se, desencadearia efeitos indutores extraordinários na economia, no desenvolvimento local e regional. Bater-nos-emos igualmente junto do governo pela construção do Estabelecimento Prisional Regional na Portela de Messines,  projeto impactante para a economia local.

Prosseguiremos com o desenvolvimento de projetos no plano da eficiência energética e com o trabalho estruturante e estratégico do combate às perdas de água, modernização tecnológica e consolidação do setor de abastecimento de água, que se apresenta como contributo nuclear e indispensável no combate e mitigação dos efeitos das alterações climáticas.

É propósito da Candidatura CDU aprofundar e melhorar o nível do desempenho autárquico em todos os domínios que são da sua competência, não deixando de pressionar o governo a cumprir com as suas obrigações, designadamente no âmbito dos serviços públicos essenciais, na saúde, educação, segurança social e segurança das populações.

 É por todas estas razões, e por muito mais, porquanto existe uma carteira de projetos, outros em elaboração, obras por lançar, obras em curso, desafios do presente e do futuro por abraçar e objetivos por concretizar, e porque temos dado provas que reunimos espírito de missão e conhecimento aprofundado da temática autárquica, porque sabemos por e para onde ir, porque temos uma ideia e um rumo, uma visão global e integrada do nosso território e linhas de orientação estratégica, que me recandidato à Presidência da Câmara Municipal de Silves, para consolidar o concelho de Silves, da Serra ao Mar, no caminho do progresso e do desenvolvimento, transformando-o numa terra melhor para se viver e trabalhar, em prol do bem-estar e da melhoria da qualidade de vida das nossas populações.

 Consolidar, alargar, aprofundar, desburocratizar e inovar em toda a intervenção municipal, são a razão última desta candidatura.

NR: O texto e a imagem são da responsabilidade do candidato, a quem o Terra Ruiva endereçou um convite para apresentar as razões da sua candidatura.

 

 

Veja Também

Entrevista a José Paulo Sousa, candidato do Chega à Câmara Municipal de Silves

José Paulo Sousa Candidato do CHEGA à Câmara Municipal de Silves   1- Quais as …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *