Enraizar

Enraizar é o ato ou efeito de criar ou fazer criar raízes. Quando nos sentimos mais no ar, com os pensamentos dispersos, falta ou dificuldade de concentração, podemos captar as energias da Terra em nós, para que seja possível focar a atenção no “aqui e agora”, no momento presente, de forma a alcançar o equilíbrio. Através da intenção irá encontrar o fluxo de energia no seu corpo.
Uma vez adquirida esta técnica poderá observar a sua vida mais facilitada.
No decorrer do nosso dia-a-dia, certas vezes damos por nós com dificuldade de “vir à terra”, de estar presentes. Os pensamentos vagueiam sem se afirmarem na realidade, podendo até gerar a sensação de que não somos bem-vindos, aceites, compreendidos. Nestes momentos necessitamos de vir à terra, pois a nossa energia encontra-se estagnada, não permitindo o seu fluxo. Neste caso, principalmente, no chakra de raiz, que fica localizado na base da coluna vertebral, que é responsável pela energização do nosso organismo.
É a partir deste ponto que nos conectamos à terra, ao meio mundano e à nossa sobrevivência.
Aqui é controlado também o nosso sistema gênito-urinário, os impulsos mais externos como a fome, o sono, vícios e os aspetos ligados à saúde.

Enraizar consiste numa técnica que com a sua prática adquirida desenvolverá, e dará continuidade, ao fluxo energético necessário para um equilíbrio pleno em si, dando mais concentração, atenção e moderação nas atitudes.

Praticar o enraizamento é o que nos permite estar ligados à terra, à nossa fonte. É a forma que o nosso corpo energético tem para captar a energia que vem da terra, cuja entrada é feita pelos pés, pernas, ancas, até ao encontro no chakra raiz. Servindo também para escoarmos o excesso de energia que temos retida ou estagnada em nós.
O enraizamento funciona pela intenção. Quando colocamos a nossa intenção em enraizar é isso mesmo que estamos a fazer.
Para que possa enraizar pode fazê-lo de várias formas, tal como andar descalço, abraçar uma árvore, caminhar na natureza ou através de visualizações. Nesta última, sentado ou de pé, imagine raízes de luz a saírem dos seus pés e a penetrarem o fundo da terra, visualize um percurso de raízes grandes e profundas, onde poderá descarregar todas as energias pesadas, negativas, bloqueadas e que posteriormente a natureza se encarregará de transmutar para o seu bem. Sempre que proceder através destas visualizações, recolhas as raízes que depositou na terra, faça o percurso inverso até si, podendo recolhê-las até ao seu umbigo, que é a sua primeira ferida sarada.
Certo é que através da meditação e do yoga também é possível encontrar a prática da técnica do enraizamento.
O que é necessário é sentir o fluxo de energia a fluir no seu corpo, do seu corpo para fora e do seu corpo para dentro.
É sempre a busca profunda sobre o seu ser, a sua essência. Onde você se pode descobrir, rasgar-se das entranhas até florescer. É o modo mais bonito de se sentir pleno no todo.
Do eixo da terra até à superfície, onde a luz se entranha e se expande sem envolvência, apenas canais de entrada e saída, onde a luz se emerge sem interrupção. Absorve, entranha e emana.

Descubra-se!

Veja Também

Horóscopo Semanal, por Maria Helena Martins

2ª semana abril Carneiro Horóscopo Diário Ligue já! 761 101 801 Carta Dominante: O Dependurado, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *